header_search header_signed-out header_signed-in header_cart sharefilled circlex circleexclamation iherbleaf
checkoutarrow
BR
O produto foi adicionado ao carrinho
Total:
Desconto:
Junto:
Quantidade:
Cart Total:
Finalizar
Clientes também compraram:
Ajuda 24 horas
beauty2 heart-circle sports-fitness food-nutrition herbs-supplements
Bem-estar

Dicas de sobrevivência da sua pele no verão

2 Junho 2017

Cuide da sua pele neste verão com as seguintes dicas.

O verão é cheio de diversões ao sol, mas também pode causar estragos na sua pele. A exposição intensa aos raios de sol pode deixar a sua pele lesionada e queimada. Felizmente, existem precauções que você pode tomar para ficar protegido sem deixar de aproveitar tudo o que um dia ensolarado tem a oferecer.

Bloqueador vs. protetor solar

As medidas de proteção mais comuns são o bloqueador solar e o protetor solar. Apesar de parecerem semelhantes, o bloqueador e o protetor solar são na verdade duas coisas diferentes. O bloqueador solar repousa sobre a superfície da sua pele de modo a criar uma barreira que bloqueia os raios ultravioleta nocivos. O protetor solar não repousa sobre a superfície da sua pele, mas, ao invés disso, é absorvido por ela. Tanto o protetor quanto o bloqueador solar possuem aspectos positivos e negativos que variam conforme as suas necessidades. Não importa qual deles você use, assegure-se de adquirir um produto que tenha o FPS adequado para as suas necessidades.

O que é o FPS?

O fator de proteção solar, ou FPS, é uma classificação do quanto o protetor solar protegerá a sua pele dos raios ultravioletas. Esses raios causam queimaduras solares e podem lesionar a epiderme, que é a região onde os tipos mais comuns de câncer de pele se desenvolvem. O número do FPS indica o quanto você está protegido desses raios ultravioleta nocivos. Por exemplo, quando um protetor solar possui "FPS 30," isso significa que 1/30 dos raios ultravioleta irão atingir a pele. Para funcionar de maneira correta, no entanto, o protetor solar deve ser aplicado conforme indicado no frasco. A maior parte dos especialistas recomenda utilizar o protetor ou bloqueador solar com FPS 30 ou superior para proteção adequada do sol de verão. Você pode até mesmo adquirir protetores ou bloqueadores solares com FPS 75.

Confira o prazo de validade

Antes de aplicar um protetor ou bloqueador solar, assegure-se de verificar o prazo de validade. Caso tenha ultrapassado o prazo de validade ou tenha sido exposto a temperaturas altas, ele pode não ser capaz de proporcionar a proteção para a qual foi destinado. Se você estiver retirando o protetor solar do ano passado de dentro do armário para usar no verão recém-chegado, há uma boa chance de que ele esteja vencido. Não arrisque; jogue os frascos antigos no lixo, adquirindo um frasco novo antes de sair para o sol. 

Quando e como aplicar de maneira adequada

Ao aplicar o bloqueador solar ou o protetor solar, leia e siga o processo recomendado de aplicação conforme indicado no frasco. Uma boa regra geral é aplicar o protetor ou bloqueador solar cerca de 15 minutos antes de sair. Aplique a loção ou o creme de maneira uniforme por todas as partes expostas do corpo, incluindo as orelhas bem como as costas dos pés e as pernas. Você também deve aplicar um protetor solar labial que tenha um FPS de pelo menos 15. Reaplique o protetor ou bloqueador solar a cada duas horas pelo menos. Ele deve ser imediatamente reaplicado depois de você nadar ou caso tenha suado excessivamente. Se por acaso estiver em dúvida sobre a necessidade de reaplicá-lo, simplesmente passe mais protetor solar no corpo por segurança e evite uma queimadura de sol.

 Tenha em mente que, embora dias ensolarados sejam o momento em que as queimaduras mais comumente ocorrem, os raios de sol podem ser prejudiciais até mesmo em um dia nublado. Por causa disso, você sempre deve tomar as medidas preventivas necessárias para proteger a sua pele todas as vezes que sai de casa. Isso pode parecer exagerado para algumas pessoas, mas você ficará satisfeito de ter tomado esse cuidado adicional quando não tiver de lidar com as consequências graves associadas aos raios ultravioleta.

Preste atenção aos ingredientes

Muito embora o protetor e o bloqueador solar possam funcionar satisfatoriamente para proteger a sua pele, você não deve simplesmente retirar um frasco da prateleira e ignorar os ingredientes ou o que eles podem fazer com a pele enquanto você os aplica abundantemente em seu corpo. Os ingredientes químicos desnecessários e muitas vezes nocivos que se encontram nos protetores e bloqueadores solares podem ser absorvidos pela sua pele, causando reações potenciais de longo prazo e crises alérgicas. Além disso, pesquisas conduzidas pelo Grupo de Trabalho Ambiental sugerem que alguns ingredientes químicos em protetores e bloqueadores solares comuns são desreguladores endócrinos, que podem interferir em alguns processos hormonais tais como os da tireoide. Isso não quer dizer que você não deva usar protetores ou bloqueadores solares, mas que deve prestar mais atenção aos ingredientes antes de besunta-los em sua pele. O site do GTA pode oferecer mais informações sobre quais ingredientes devem causar desconfiança.

Vista roupas apropriadas

 Roupas protegem as partes expostas da pele de raios solares nocivos, mas nem todas as roupas são feitas da mesma maneira. Você deve vestir calças compridas e blusas de mangas compridas que tenham sido tecidas de maneira justa para obter o máximo de proteção contra os raios ultravioleta. Além do mais, roupas molhadas protegem menos do que as secas, e cores escuras podem proporcionar mais proteção do que as de tons claros.

 Um chapéu é outra excelente alternativa para se proteger do sol sem precisar ficar confinado dentro de casa. Para obter os melhores resultados, vista um chapéu de aba larga. Ele sombreará não apenas a sua cabeça, mas também o seu rosto, pescoço e orelhas. Quando estiver fazendo isso, aproveite e coloque óculos escuros que tenham sido projetados para bloquear raios UVA e UVB; quanto maior a porcentagem bloqueada, melhor. 

Procure lugares com sombra e beba muita água

 Quando estiver debaixo do sol, certifique-se de que esteja fazendo intervalos regulares em lugares com sombra. Isso é especialmente importante durante os horários de meio-dia quando o sol está mais intenso. Não se esqueça de beber muita água para manter o seu corpo hidratado. Essas duas medidas simples contribuirão muito no sentido de ajudar a prevenir queimaduras solares a mantê-la saudável.

 Considere usar bronzeadores sem sol 

O bronzeamento é uma atividade popular realizada sob o sol que pode ser prejudicial para a saúde da sua pele. Antes de sujeitar a sua pele aos raios agressivos do sol de verão, considere a possibilidade de usar um bronzeador sem sol. O uso de bronzeadores sem sol proporciona os mesmos resultados que se estirar sob o sol, porém sem os efeitos colaterais prejudiciais. Bronzear-se sob o sol aumenta as chances de rugas e envelhecimento precoce, além de deixar você com marcas de sol que podem ser inconvenientes. Você não precisará passar por isso com bronzeadores sem sol. Esses produtos também são úteis para cobrir manchas, esconder cicatrizes e varizes, além de igualar diferentes tons de pele.

Medicamentos para queimaduras solares

Queimaduras solares não são nem um pouco agradáveis e podem tornar até mesmo as tarefas diárias mais simples dolorosas e incômodas. Felizmente, existem diversas medicações naturais para o alívio das queimaduras solares que podem ser feitas dentro de sua própria casa com produtos baratos e prontamente disponíveis.

Amido de milho / bicabornato de sódio

Se você tiver amido de milho ou bicabornato de sódio em sua despensa, deposite um pouco dentro de um recipiente para mistura e agite com um pouco de água fria. Continue colocando água fria até que se forme uma pasta grossa. Espalhe a pasta de aliviar queimadura suavemente e deixe ela repousar sobre a pele até que a dor ou o calor tenha diminuído. Quando isso ocorrer, remova a pasta suavemente com água fresca. 

Hortelã e chá verde 

Outra medicação para queimaduras solares é usar folhas frescas de hortelã e chá para aliviar a dor ao enquanto se busca curar a pele lesionada. A hortelã é conhecida por sua capacidade natural de aliviar a refrescar, ao passo que a teobromina e o ácido tânico contidos no chá verde agem como analgésicos e cicatrizantes. Para preparar esta medicação, coloque cinco saquinhos de chá verde – certificando-se de remover as etiquetas e barbantes – e 3 xícaras com folhas de hortelã em uma tigela ou panela grande. Despeje aproximadamente um litro de água fervente sobre o chá e a hortelã, e cubra com uma tampa. Deixe a mistura repousar por cerca de uma hora. Remova e jogue fora os saquinhos de chá e a hortelã antes de resfriar o chá na geladeira. Quando o preparo estiver pronto para ser usado, embeba um pano macio com o chá e aplique-o diretamente sobre a queimadura conforme necessário.

 Hamamélis

 A hamamélis pode ter um nome esquisito, mas vem sendo usada há séculos para tratar inúmeras enfermidades diferentes. A hamamélis contém taninos em estado natural, que podem ajudar a reduzir inchaços, proteger contra bactérias e recuperar a pele lesionada pelo sol. Tudo o que você precisa para usar este medicamento é embeber um pano em hamamélis. Apenas passe o pano suavemente sobre a região afetada conforme necessário. 

Vinagre de maçã

 O vinagre também é um recurso útil que deve se tornar parte do seu kit para alívio de queimaduras solares. O vinagre não é só um desodorizante, desengordurante e purificador totalmente natural, como também pode ajudar a curar queimaduras solares. No entanto, você não pode simplesmente usar o vinagre branco destilado comum; ao invés disso, será necessário usar o vinagre de maçã. Preencha um frasco pulverizador com cerca de uma xícara de vinagre de maçã. Se estiver disposto, espere até tomar um banho só de água e pulverize suavemente o vinagre sobre a região que sofreu queimadura. Reaplique conforme necessário.

Produtos de aloe e calêndula

Caso não queira preparar a sua própria medicação para queimaduras solares, não se preocupe. Existem diversos produtos prontos disponíveis no supermercado ou farmácia mais próxima. Esses produtos normalmente contêm aloe vera ou calêndula. Aloe vera é uma planta popular frequentemente conhecida como a “planta de queimaduras” devido a sua capacidade de aliviar e curar a pele lesionada. A calêndula é uma flor dourado-alaranjada que contêm antioxidantes naturais. Ela vem sendo usada há muitos anos para aliviar e nutrir a pele lesionada pelo sol.

 No final… 

Tomar as medidas necessárias de prevenção contra os raios nocivos do sol é a melhor defesa contra as consequências lesivas que eles podem ter sobre a sua pele. Você não prefere gastar um pouco mais de tempo para evitar as queimaduras do que tentar lidar com elas depois de já estar sofrendo as suas consequências? Como diz o velho ditado: “uma pessoa prevenida vale por duas”. Lembre-se disso antes de sair de casa para desfrutar um dia ao sol. 

Referências: 

  1. Zamora, Dulce. "How Your Skin Can Survive Summer." Web MD. Accessed 3/20/2017.
  2. "EWG’s Sunscreen Guide: A Decade of Progress, but Safety and Marketing Concerns Remain." EWG website. Accessed 3/20/3017.

Artigos Relacionados

Ver tudo

O que é o biohacking? Como se beneficiar de escolhas mais conscientes
Bem-estar

O que é o biohacking? Como se beneficiar de escolhas mais conscientes

Gengibre: a raiz poderosa
Bem-estar

Gengibre: a raiz poderosa

Açafrão: uma abordagem natural para as doenças neuropsiquiátricas
Bem-estar

Açafrão: uma abordagem natural para as doenças neuropsiquiátricas