header_search header_signed-out header_signed-in header_cart sharefilled circlex circleexclamation iherbleaf
checkoutarrow
BR
O produto foi adicionado ao carrinho
Total:
Desconto:
Junto:
Quantidade:
Cart Total:
Finalizar
Clientes também compraram:
Ajuda 24 horas
beauty2 heart-circle sports-fitness food-nutrition herbs-supplements
Nutrição

Levedura nutricional: o substituto vegano

20 Fevereiro 2019

A levedura nutricional é um substituto vegano que tem recebido muita atenção recentemente, mas o que ela realmente é? A levedura nutricional pode servir como um substituto ao queijo para veganos que queiram adicionar um pouco de sabor aos seus pratos favoritos.

O substituto também tem ganhado atenção dentre não-veganos, principalmente com as pessoas que seguem a dieta cetogênica. Muitos consumidores estão usando o substituto vegano como uma forma de ajudar a equilibrar a cetose, para melhorar o sistema imunológico e fornecer vitaminas e minerais, mas e quanto ao seu uso nos alimentos?

O que é a levedura nutricional?

A levedura nutricional é um produto alimentar produzido com a utilização de fungos inativos, que se tornou popular devido ao seu perfil de sabor semelhante ao do queijo. Leveduras têm sido usadas por milênios para fazer pão, mas a utilização de levedura nutricional é um pouco diferente, pois essa forma de candida albicans é inativa.

Para as pessoas que procuram sabores semelhantes ao queijo em uma dieta que não utiliza produtos ou subprodutos de origem animal, a levedura nutricional pode parecer um produto milagroso. De fato, com a levedura nutricional, os sabores de parmesão, muçarela e até de molhos à base de queijo, como o alfredo, podem ser simulados.

O substituto também tem alguns benefícios importantes para a saúde. Além do fato de que ela tem uma variedade de vitaminas do complexo B, proteínas e zinco, ela também é conhecida por proteger contra danos oxidativos, e pode até reduzir o colesterol, e é por isso que ela tem se tornado cada vez mais popular. O substituto ainda é rico em aminoácidos, o que o torna uma boa opção para pessoas que querem melhorar a musculatura e a resistência. Ele também é conhecido por seus efeitos no sistema imunológico e suas propriedades de combate ao câncer.

Por que a levedura nutricional é diferente das outras leveduras

Para começar a levedura nutricional é uma variedade de levedura desativada. Apesar de boa parte das leveduras ser derivada da candida albicans, a levedura nutricional é produzida usando materiais doces. Por exemplo, não é incomum utilizar cana-de-açúcar, melaço e açúcar de beterraba para produzir esse tipo de levedura. Como resultado desse método de cultura, alcança-se o sabor de nozes e queijo, que deixa a levedura nutricional tão boa para muitas receitas. Como a levedura é desativada, ela não deixa os alimentos espumando, e não cresce em algumas condições que fariam o fermento comum crescer.

Além disso, ao contrário da outra forma de levedura desativada – a da cerveja – a levedura nutricional não tem um sabor amargo nem retrogosto.

Qual a semelhança com o queijo?

Para as pessoas que se perguntam quão parecido com o queijo é esse substituto, em comparação com produtos reais derivados do queijo, a levedura nutricional pode ser usada em quase qualquer receita que use laticínios de queijo. A levedura pode até simular sabores do creme amargo e facilitar algumas receitas, como o molho pesto usado no macarrão. Em muitos casos, usa-se apenas uma pequena quantidade de levedura nutricional e cozimento, para fazer molhos como o de queijo nacho, e os resultados serão perfeitos para usar nos nachos ou para fazer burritos.

Como usar a levedura nutricional na vida cotidiana

Adicionar esse componente a uma dieta diária não requer necessariamente processamento e misturas durante o preparo. Existem algumas formas de incorporá-lo a uma dieta sem muito esforço.

Como cobertura

Esse substituto pode ser comido como uma cobertura Por ter um sabor de queijo, ele é perfeito para pipocas e salgadinhos.

Cobrindo vegetais assados

Assim como muitas pessoas adicionam queijo ao brócolis e à couve-flor, a levedura nutricional pode adicionar muito sabor a vegetais assados ou cozidos.

Como suplemento

Atualmente, existem muitos suplementos que usam a levedura nutricional, porém, é necessário um pouco de pesquisa para encontrar aqueles com a melhor efetividade. Algumas gomas e pílulas contêm levedura nutricional.

Receitas com a levedura nutricional

Apesar da levedura nutricional ser um dos substitutos veganos mais versáteis disponíveis, ainda pode ser difícil descobrir e usar as melhores receitas. Abaixo, você encontrará algumas receitas que usam esse substituto vegano como uma forma de melhorar o sabor de queijo.

Omelete de queijo vegano

Apesar da maioria dos veganos considerar ovos no café da manhã algo completamente proibido, é possível fazer uma omelete usando levedura nutricional, húmus e tofu.

Ingredientes:

Instruções:

  1. Pré-aqueça o forno a 190 graus Celsius.
  2. Corte o alho finamente.
  3. Em uma panela ou frigideira, aqueça o azeite de oliva e adicione o alho. Cozinhe por cerca de dois minutos.
  4. Depois que o alho dourar, passe-o para um processador de alimentos e bata-o com os outros ingredientes, incluindo tofu, húmus, amido de milho, sal, pimenta e levedura nutricional. Se a mistura parecer fina, adicione algumas colheres de chá de água.
  5. Na panela ou frigideira, refogue a cebola e as fatias de pimentão e adicione o sal e a pimenta.
  6. Retire os vegetais da panela e reaplique o azeite, se necessário.
  7. Adicione um quarto dos vegetais de volta para a panela, e retire a mistura da omelete para a panela, cobrindo finamente a base da panela.
  8. Use uma espátula ou colher para garantir que a omelete não tenha pedaços, exceto pelos vegetais.
  9. Em fogo médio, cozinhe a omelete por cinco minutos. Quando as pontas começarem a dourar, ele estará pronto para o próximo passo.
  10. Transfira a panela para o forno e cozinhe por mais 12 a 15 minutos.
  11. Retire do forno e dobre as omeletes usando uma espátula, e sirva com os vegetais refogados restantes.

Chips de queijo vegano com couve

Esta é uma opção muito nutritiva, que combina as propriedades ricas em vitaminas da couve com as propriedades nutritivas desse tipo de levedura. Além disso, esse lanche é tão crocante quanto as batatas chips assadas, sem o excesso de óleo, subprodutos animais ou o glúten, que podem ser encontrados nesses tipos de lanches.

Ingredientes:

Instruções:

  1. Pré-aqueça o forno a 90 graus Celsius.
  2. Em duas assadeiras, espalhe duas tiras de papel manteiga ou papel alumínio.
  3. Bata o azeite extra virgem com as castanhas usando um processador de alimentos, até que a mistura engrosse.
  4. Depois, adicione os ingredientes restantes e bata até que tudo se misture.
  5. Adicione a mistura de queijo a uma tigela e, usando as mãos, certifique-se de que a couve está completamente coberta.
  6. Coloque a couve na assadeira e cozinhe por uma hora, ou até que não haja mais umidade nos chips.
  7. Coloque os chips de couve assados em uma tigela e sirva depois que esfriarem.

Macarrão ao molho alfredo com parmesão vegano

A cozinha italiana costuma utilizar ingredientes ricos e não-veganos, como ovos, queijo e creme, porém, com o uso da levedura nutricional, é possível fazer pratos semelhantes aos italianos, como o macarrão, sem perder nenhum dos sabores tradicionais. Este prato também leva parmesão de levedura nutricional, para realçar o sabor de queijo.

Ingredientes para o macarrão:

Instruções:

  1. Misture a couve-flor, o caldo vegano, a levedura e todos os outros ingredientes em uma panela grande.
  2. Cozinhe os ingredientes por cerca de três minutos, ou até que a couve-flor amoleça.
  3. Adicione o molho alfredo em um liquidificador, e bata até que ele atinja uma consistência cremosa, similar ao molho alfredo tradicional.
  4. Enquanto isso, prepare o macarrão seguindo as instruções do rótulo.
  5. Despeje o molho do liquidificador sobre o macarrão e sirva com o parmesão vegano.

Ingredientes para o parmesão vegano:

Instruções:

  1. Misture todos os ingredientes em um processador de alimentos e bata até atingir uma consistência semelhante ao queijo parmesão.
  2. Sirva o parmesão sobre o macarrão e guarde o restante, colocando-o em um recipiente hermético e refrigerando-o. Esse aditivo com sabor de nozes e queijo pode ser usado na pizza e outros pratos com massas.

Artigos Relacionados

Ver tudo

Nutrição

Abasteça sua manhã com estas receitas de muffins proteicos

Nutrição

Biscoitos amanteigados fáceis e sem glúten

Nutrição

Um guia para substitutos não-transgênicos para a culinária