checkoutarrow
BR
Ajuda 24 horas
beauty2 heart-circle sports-fitness food-nutrition herbs-supplements
Bem-estar

Um guia para repelentes de insetos infantis

1 Agosto 2018

Veja este guia rápido para usar repelentes de insetos com segurança em crianças.

Repelentes de insetos para crianças

O clima quente que acompanha a primavera e verão leva as pessoas para o ar livre. Infelizmente, muitas pragas artrópodes, como pernilongos, são mais ativas, e as crianças tendem a sofrer reações mais graves a picadas de insetos.

De acordo com a American Academy of Pediatrics, repelentes de insetos contendo ingredientes químicos como DEET, ou Picaridina são seguros para uso em crianças a partir de 2 meses de idade. Tais ingredientes também têm a vantagem da longevidade, então não precisam ser reaplicados muitas vezes.

Alguns pais, porém, preferem evitar químicos nocivos usados nos repelentes tradicionais e ao invés usam repelentes de insetos naturais para bebês e crianças. Repelentes podem ser caseiros ou vêm em várias formas, como sprays, bálsamos ou faixas repelentes. Faixas repelentes têm um espaço para um pellet que contém vários óleos essenciais, como citronela, que repelem pernilongos.

Repelentes naturais contra insetos

Um repelente natural de insetos normalmente é feito com óleos essenciais e um óleo carregador. Os ingredientes são, às vezes, descritos como de grau alimentar ou totalmente não-tóxicos. As várias opções de uso têm as vantagens de permanecer eficientes por dias e fornecer proteção completa. Os pais também não precisam se preocupar em esquecer algum ponto ao passar o spray em uma criança agitada. Alguns repelentes naturais são até feitos de ingredientes como óleo de hortelã, que tem cheiro agradável. Ainda que muitos sprays naturais precisem ser reaplicados com frequência, há alguns que duram tanto quanto os comprados em loja.

Dicas para o uso de repelentes de insetos em bebês e crianças

Escolha o repelente de insetos correto para a situação; o que funciona em pernilongos pode não ser eficiente contra carrapatos, ou vice-versa. Leia o rótulo e preste atenção particular a instruções e avisos.

Seja completo ao aplicar o repelente, pois os pernilongos podem encontrar o ponto que foi esquecido. Finalmente, não use misturas de repelentes de insetos e protetor solar, pois o protetor solar tende a precisar ser reaplicado com mais frequência do que o repelente de insetos.

Artigos Relacionados

Ver tudo

Bem-estar

8 tipos de vitaminas do complexo B e seus benefícios para a saúde

Bem-estar

Produtos Tóxicos Em Sua Rotina de Lavar Roupas

Bem-estar

Monolaurina: Por que a suplementação com este antimicrobiano natural?