header_search header_signed-out header_signed-in header_cart sharefilled circlex circleexclamation iherbleaf
checkoutarrow
BR
O produto foi adicionado ao carrinho
Total:
Desconto:
Junto:
Quantidade:
Cart Total:
Finalizar
Clientes também compraram:
Ajuda 24 horas
beauty2 heart-circle sports-fitness food-nutrition herbs-supplements
Bem-estar

Os 13 Principais Óleos Essenciais e Como Eles Podem Beneficiar a Sua Saúde

30 Outubro 2017

por Eric Madrid, Médico

Desde o início da civilização humana, as pessoas têm procurado os benefícios dos óleos essenciais. Os egípcios usavam óleos essenciais durante o processo de mumificação e em cerimônias de celebração. Os óleos eram muito valorizados e com frequência eram dados de presente e até mesmo usados como moeda de troca. Na Bíblia, os Três Reis Magos levaram ao bebê Jesus os presentes de ouro, franquincenso e mirra – os dois últimos eram óleos essenciais.

Os óleos essenciais eram utilizados por nossos antepassados em fragrâncias e perfumes. Além do aroma agradável, a maioria também tem benefícios para a saúde. Os óleos essenciais são muito usados em difusores de ar, um aparelho que transforma a mistura de água e óleo em aerossol e a libera no ar. O uso tópico na pele é comum, assim como adicionar algumas gotas à água do banho. Alguns óleos essenciais também podem ser ingeridos.

Confira os 13 principais óleos essenciais e seus benefícios para a saúde e a beleza.

Neste Artigo: 

1. Lavanda (Lavandula officinalis)

O doce aroma da lavanda é provavelmente um dos óleos essenciais mais famosos e reconhecidos de todos. Esse óleo vem sendo usado há milhares de anos por culturas em todo o mundo.  Segundo os registros históricos, os primeiros povos a utilizarem esse óleo foram os gregos e os romanos. A lavanda pode ser utilizada para as seguintes finalidades:

  • Redução do estresse – A inalação da lavanda pode ajudar a reduzir os níveis de estresse físico e mental;
  • Insônia – Ajuda a melhorar a qualidade do sono se for inalada e se forem feitas aplicações tópicas;
  • Pressão arterial – Um estudo de 2017 constatou que a lavanda reduziu a pressão arterial após uma cirurgia cardíaca, enquanto que um estudo de 2015 também constatou benefícios para a pressão arterial;
  • Repelente de insetos – Embora o aroma seja agradável para os seres humanos, os insetos não gostam dele;
  • Mordidas de insetos – Ajuda a minimizar o risco de infecção e reduz a coceira quando aplicada no local afetado;
  • Queimaduras leves – Ajuda a reduzir a dor das queimaduras. Aplique diretamente ou misture com óleo de coco;
  • Eczema – Aplique diretamente sobre a pele seca ou misture com óleo de coco para aliviar os sintomas;
  • Náusea – Ajuda a amenizar os efeitos das náuseas. Coloque uma gota atrás das orelhas ou pingue uma gota na boca ou em um copo com um pouco de água;
  • Acne – Aplique na área afetada para ajudar a evitar o agravamento da acne;
  • Analgésico – Ajuda a aliviar dores musculares e articulares quando é aplicada durante uma massagem;
  • Alívio da dor durante uma cirurgia – Estudos demonstram que o uso da lavanda reduz a dor durante a cirurgia;
  • Síndrome do Túnel do Carpo – Um estudo de 2017 no periódico Journal of Hand Therapy constatou que a lavanda reduzia a dor com aplicações tópicas;
  • Crescimento capilar – Estudos com modelos animais constatam que o óleo de lavanda pode estimular o crescimento capilar;
  • Digestão – Auxilia no processo digestivo.

O óleo essencial de lavanda se mistura bem com os óleos de cravo-da-índia e de alecrim.

2. Alecrim (Rosmarinus officinalis)

O alecrim é uma erva comum que é frequentemente cultivada em jardins. Foi constatado que essa erva tem muitos benefícios para a saúde e, de acordo com um artigo publicado no New York Times, o alecrim tem um papel importante na alimentação de uma das populações mais saudáveis e mais velhas do planeta: as pessoas que residem em Acciaroli, na Itália. O alecrim pode ser utilizado para as seguintes finalidades:

  • Memória – Um estudo de 2017 concluiu que "a inalação do óleo essencial de alecrim melhorou a memorização de números";
  • Trauma cranioencefálico (TCE) – Um estudo de 2016 com animais constatou melhora na função cerebral em indivíduos feridos;
  • Queda de cabelo – Um estudo de 2015 constatou mais crescimento capilar quando eram feitas aplicações tópicas do alecrim no couro cabeludo.  No entanto, demorou seis meses para a diferença ser notada;
  • Infecções das vias respiratórias superiores – A inalação de uma mistura de ervas com alecrim atenua os sintomas da infecção;
  • Espasmos musculares – O óleo essencial ajuda a relaxar os músculos quando é usado durante uma massagem;
  • Proteção antioxidante – O alecrim é um potente antioxidante, de acordo com estudos;
  • CUIDADO: Algumas pessoas podem ser sensíveis a esse óleo essencial e algumas tiveram reações na pele.

O alecrim se mistura bem com os óleos de lavanda e de hortelã-pimenta.

3. Melaleuca (Melaleuca alternifolia)

Este óleo essencial é obtido das folhas da árvore do chá, encontrada principalmente na Austrália.  O aroma do óleo de melaleuca é descrito como medicinal e refrescante. O óleo de melaleuca tem muitos benefícios:

  • Antifúngico – Estudos demonstraram que esse óleo tem propriedades antifúngicas. Eu aconselhei muitas vezes o uso dele para os pacientes que procuram um tratamento de primeira linha da micose de unha.  Recomendo aplicar uma a duas vezes por dia na unha. Tenho visto bons resultados quando é aplicado de forma consistente.  O óleo também pode ser aplicado na pele para ajudar a tratar o pé-de-atleta, conhecido pelos médicos como tinea pedis;
  • Antibacteriano – Um estudo de 2017 em camundongos constatou que a inalação do óleo de melaleuca pode ser útil para combater a pneumonia.  São necessárias mais pesquisas antes que seja utilizado em pessoas para este fim;
  • Um estudo de 2017 realizado em Roma, na Itália, constatou que enxaguar a boca com óleo de melaleuca era bom para quem tinha inflamação provocada pela gengivite;
  • Cicatrização – Aplique no local afetado para ajudar a evitar infecções;
  • Ajuda a controlar a caspa – Aplique diretamente no couro cabeludo para ajudar a reduzir a caspa;
  • Repelente – Quando aplicado na pele, ajuda a afastar os insetos.

O óleo de melaleuca se mistura bem com os óleos de lavanda e de mirra.

4. Limão (Citrus limonum)

O aroma do limão é muito familiar: ao mesmo tempo doce e azedo. Esse óleo essencial tem muitas utilidades. É amplamente utilizado em produtos de beleza devido às suas propriedades antioxidantes.

  • Indigestão – Ingerido com um copo d'água, pode estimular o processo digestivo;
  • Repelente – Quando aplicado na pele, ajuda a afastar os insetos;
  • Desinfetante – Misturado com água, pode ser usado para limpar suavemente as superfícies;
  • Dor de garganta – As propriedades antioxidantes ajudam a matar os vírus presentes na garganta;
  • Cuidados com a pele – Misturado com óleo de coco e aplicado à pele, ele ajuda a proteger contra a oxidação.            

O limão se mistura bem com o óleo de eucalipto.

5. Hortelã-pimenta (Mentha piperita)

A hortelã-pimenta é uma erva e um óleo essencial bem conhecido. Na realidade, trata-se de um híbrido da hortelã-da-água e da hortelã-comum. Seu aroma é forte e fresco, e um de seus principais componentes é o mentol.  Ultimamente ela tem sido usada como aromatizante em gomas de mascar. A hortelã-pimenta é nativa da Europa e tem inúmeros benefícios para a saúde.  

  • Síndrome do intestino irritável (SII) – O óleo de hortelã-pimenta ajuda a atenuar os sintomas em pacientes com SII;
  • Dor de cabeça – Pode ajudar a aliviar cefaleias de tensão;
  • Aromatizante alimentar – Pode ser adicionada a alimentos para dar um toque a mais de sabor;
  • Infecção de unha – Aplicada diretamente no local afetado, ela pode ajudar a combater as infecções fúngicas;
  • Infecção da pele – Um estudo de 2012 demonstrou proteção contra infecções da pele;
  • Infecção das vias respiratórias superiores – A inalação de uma mistura de ervas com hortelã-pimenta atenua os sintomas da infecção;
  • Coceira provocada pela gravidez – Aplicada diretamente na pele, a hortelã-pimenta ajuda a atenuar a coceira provocada pela gravidez, segundo estudos. Evite o consumo por via oral;
  • Eczema – A aplicação tópica ajuda a atenuar a irritação da pele;
  • Crescimento capilar – Um estudo de 2014 publicado em Toxicological Research demonstrou que, com aplicações tópicas da hortelã-pimenta, ela era capaz de ajudar com o crescimento capilar.

A hortelã-pimenta se mistura bem com os óleos de lavanda, de alecrim e de eucalipto.

6. Eucalipto (Eucalyptus globulus, Eucalyptus sideroxylon e Eucalyptus  torquata)

O eucalipto é nativo da Austrália, onde os aborígenes têm usado essa planta para ajudar a tratar sinusites, infecções respiratórias e dor.  Evite o consumo do óleo por via oral.  

  • Infecção das vias respiratórias superiores – A inalação de uma mistura de ervas com eucalipto atenua os sintomas da infecção, segundo estudos;
  • Antibacteriana – Um estudo de 2012 demonstrou sua capacidade de proteção contra infecções bacterianas da pele quando eram feitas aplicações tópicas;
  • Antifúngico – O eucalipto pode matar fungos quando é aplicado diretamente no local afetado;
  • Propriedades antitumorais – Estudos constatam que o eucalipto é capaz de matar células tumorais em laboratório;
  • Desodorante natural – Aplique diretamente nas axilas.  

O eucalipto se mistura bem com os óleos de lavanda e de limão.

7. Cravo-da-índia (Syzygium aromaticum)

Obtido do craveiro, o cravo-da-índia é nativo do Sudeste Asiático e da Indonésia e tem inúmeros benefícios para a saúde, de acordo com um estudo de 2014. Confira alguns dos benefícios:

  • Propriedades antibacterianas – Quando aplicado sobre as feridas, pode ajudar a prevenir a infecção;
  • Alívio da dor – Estudos demonstram propriedades de alívio da dor após a aplicação tópica nas articulações e nos músculos doloridos;
  • Dores de dente – Utilizado no século 13 para o alívio da dor;
  • Repelente – Quando aplicado na pele, ajuda a afastar os insetos;
  • Candidíase oral – O óleo de cravo-da-índia pode ser usado para tratar a candidíase oral.

8. Camomila (Anthemis nobilis)

A camomila é muito consumida como chá de ervas por quem quer ter uma boa noite de sono.   Ela tem um aroma doce e frutado. Como óleo essencial, ela também tem inúmeros benefícios para a saúde.

  • Ansiedade – tem um efeito calmante;
  • Depressão – um estudo com animais demonstra que a inalação de camomila tem efeitos antidepressivos;
  • Benefícios para alergias e asma;
  • Anti-inflamatória – aplique diretamente na área afetada;
  • Cicatrização de feridas – estudos constatam que a aplicação tópica ajuda a cicatrizar e a prevenir a infecção de feridas cutâneas;
  • Insônia;
  • Eczema – aplicação tópica;
  • Espasmos musculares – aplicação tópica.

A camomila se mistura bem com óleos de jasmim e de rosa.

9. Franquincenso (Boswellia carterii)  

Talvez mais conhecido como um presente dado pelos Três Reis Magos, o franquincenso era usado com frequência em perfumes.  Ele tem um aroma balsâmico e amadeirado. Hoje em dia ele é comumente utilizado em cerimônias religiosas, inclusive as da Igreja Católica. O franquincenso também é conhecido como boswellia para os indianos e africanos, que o utilizam para fins medicinais, e era comercializado na Somália há 5.000 anos. Ele tem os seguintes benefícios para a saúde:

  • Previne infecções fúngicas – Estudos demonstram que o franquincenso pode matar a levedura patogênica;
  • Efeito calmante – Pode ajudar a acalmar a mente, especialmente na forma de aerossol;
  • Dores articulares – Estudos demonstram que a boswellia pode aliviar a dor associada à artrite reumatoide e à osteoartrite. Considere esfregar o óleo na articulação acometida ou tomar a boswellia como suplemento oral;
  • Asma – Ajuda a reduzir a inflamação em asmáticos, segundo estudos;
  • Doença de Crohn – A boswellia pode ser útil para pessoas com essa doença, de acordo com um estudo de 2001.

O franquincenso se mistura bem com os óleos de lavanda e de rosa.

10. Mirra (Commiphora mirra)

A mirra é um óleo essencial usado na Antiguidade e que também foi mencionado 152 vezes na Bíblia, no Antigo Testamento e no Novo Testamento. Além disso, na Índia, é frequentemente usada na medicina ayurvédica para tratar de dores nas costas e no corpo.

  • Antioxidante – Protege o corpo contra os danos da oxidação;
  • Propriedades antibacterianas;
  • Proteção antiviral;
  • Proteção antifúngica.

A mirra se mistura bem com os óleos de franquincenso, de gerânio e de cravo-da-índia.

11. Toranja (Citrus paradisi)  

A toranja originou-se em Barbados, uma ilha no Caribe. A toranja é um híbrido da laranja e do pomelo. A China é atualmente a maior produtora mundial de toranja, enquanto que os Estados Unidos são o segundo. O óleo essencial da toranja é extraído do fruto.

  • Estresse e ansiedade – Um estudo de 2017 publicado em Complementary Therapies in Medicine mostrou que as pessoas submetidas a uma colonoscopia sentiram menos ansiedade quando se utilizou o óleo essencial de toranja;
  • Acne – O óleo de toranja tem propriedades antimicrobianas, de modo que a aplicação tópica é uma ótima maneira de ajudar a limpeza da pele;
  • Feridas e queimaduras – Ajuda a proteger feridas e queimaduras contra infecções.

12. Orégano (Origanum vulgare)

O orégano é uma planta florífera originária do Mediterrâneo. Ele tem sido usado há séculos e tem inúmeros benefícios para a saúde.

  • Recomenda-se a aplicação tópica para fazer uso das propriedades anti-inflamatórias;
  • Doença cardíaca – Estudos mostram que evita aterosclerose ou entupimento das artérias;
  • Digestão – Ajuda com problemas digestivos;
  • Intestino permeável – Protege o intestino contra danos e ajuda a criar uma barreira intestinal saudável;
  • Propriedades antiparasitárias;
  • Protege contra o câncer;
  • Protege contra infecções fúngicas, de acordo com uma pesquisa publicada em Scientific Reports.

13. Gengibre (Zingiber officinale)

Esta erva é usada em alimentos, mas também como um óleo essencial. O gengibre tem muitos benefícios para a saúde.

  • Anti náusea – Muito utilizado por mulheres grávidas e pessoas submetidas a quimioterapia para ajudar a controlar as náuseas;
  • Alívio da dor – A aplicação tópica na articulação acometida tem propriedades anti-inflamatórias;
  • Efeito laxante – Ajuda a promover o trânsito intestinal.

Referências:

  1. Salamati A, Mashouf S, Mojab F. Effect of Inhalation of Lavender Essential Oil on Vital Signs in Open Heart Surgery ICU. Iranian Journal of Pharmaceutical Research : IJPR. 2017;16(1):404-409.
  2. Complement Ther Med. 2015 Jun;23(3):331-8. doi: 10.1016/j.ctim.2014.12.001. Epub 2014 Dec 11.
  3. Complement Ther Clin Pract. 2016 Nov;25:75-80. doi: 10.1016/j.ctcp.2016.08.002. Epub 2016 Aug 3.
  4. J Hand Ther. 2017 Aug 10. pii: S0894-1130(16)30251-4. doi: 10.1016/j.jht.2017.07.004. [Epub ahead of print]
  5. Lee BH, Lee JS, Kim YC. Hair Growth-Promoting Effects of Lavender Oil in C57BL/6 Mice. Toxicological Research. 2016;32(2):103-108. doi:10.5487/TR.2016.32.2.103.
  6. https://www.nytimes.com/2016/10/20/world/what-in-the-world/rosemary-and-time-does-this-italian-hamlet-have-a-recipe-for-long-life.html?_r=0
  7. O.V. Filiptsova, L.V. Gazzavi-Rogozina, I.A. Timoshyna, O.I. Naboka, Ye.V. Dyomina, A.V. Ochkur, The essential oil of rosemary and its effect on the human image and numerical short-term memory, In Egyptian Journal of Basic and Applied Sciences, Volume 4, Issue 2, 2017, Pages 107-111.
  8. Neurosci Lett. 2016 May 27;622:95-101. doi: 10.1016/j.neulet.2016.04.048. Epub 2016 Apr 22.
  9. Skinmed. 2015 Jan-Feb;13(1):15-21. Rosemary helps hair growth
  10. Pathophysiology. 2017 Sep 14. pii: S0928-4680(17)30005-6. doi: 10.1016/j.pathophys.2017.08.002. [Epub ahead of print]
  11. J Pharm Pharmacol. 2017 Aug 15. doi: 10.1111/jphp.12788. [Epub ahead of print]
  12. SALVATORI C, BARCHI L, GUZZO F, GARGARI M. A comparative study of antibacterial and anti-inflammatory effects of mouthrinse containing tea tree oil. Oral & Implantology. 2017;10(1):59-70. doi:10.11138/orl/2017.10.1.059.
  13. Phytomedicine. 2012 Aug 15;19(11):969-76. doi: 10.1016/j.phymed.2012.05.014. Epub 2012 Jun 26.
  14. Ben-Arye E, Dudai N, Eini A, Torem M, Schiff E, Rakover Y. Treatment of Upper Respiratory Tract Infections in Primary Care: A Randomized Study Using Aromatic Herbs. Evidence-based Complementary and Alternative Medicine : eCAM. 2011;2011:690346. doi:10.1155/2011/690346.
  15. Akhavan Amjadi M, Mojab F, Kamranpour SB. The Effect of Peppermint Oil on Symptomatic Treatment of Pruritus in Pregnant Women . Iranian Journal of Pharmaceutical Research : IJPR. 2012;11(4):1073-1077.
  16. Oh JY, Park MA, Kim YC. Peppermint Oil Promotes Hair Growth without Toxic Signs. Toxicological Research. 2014;30(4):297-304. doi:10.5487/TR.2014.30.4.297.
  17. Phytomedicine. 2012 Aug 15;19(11):969-76. doi: 10.1016/j.phymed.2012.05.014. Epub 2012 Jun 26.
  18. Cancer Biol Ther. 2008 Mar;7(3):399-403. Epub 2007 Dec 2. (Eucalyptus has antifungal and cancer properties)
  19. Cortés-Rojas DF, de Souza CRF, Oliveira WP. Clove (Syzygium aromaticum): a precious spice. Asian Pacific Journal of Tropical Biomedicine. 2014;4(2):90-96. doi:10.1016/S2221-1691(14)60215-X.
  20. Sci China Life Sci. 2017 Jun;60(6):647-655. doi: 10.1007/s11427-016-9034-8. Epub 2017 May 16.
  21. Srivastava JK, Shankar E, Gupta S. Chamomile: A herbal medicine of the past with bright future. Molecular medicine reports. 2010;3(6):895-901. doi:10.3892/mmr.2010.377.
  22. van Vuuren S. F., Kamatou G. P. P., Viljoen A. M. Volatile composition and antimicrobial activity of twenty commercial frankincense essential oil samples. South African Journal of Botany. 2010;76(4):686–691. doi: 10.1016/j.sajb.2010.06.001
  23. Planta Med 2006; 72(12): 1100-1116 Boswellic Acids in Chronic Inflammatory Diseases
  24. Kimmatkar N, Thawani V, Hingorani L, Khiyani R.  Efficacy and tolerability of Boswellia serrata extract in treatment of osteoarthritis of knee-a randomized double blind placebo controlled trial  Phytomedicine 2003; 10: 3-7  
  25. Gupta I, Gupta V, Parihar A, Gupta S Ludtke R, Safayhi H. et al . Effects of Boswellia serrata gum resin in patients with bronchial asthma: results of a double-blind, placebo-controlled, 6 week clinical study.  Eur J Med Res. 1998;  3 511-4
  26. Gupta I, Parihar A, Malhorta P, Gupta S, Ludtke R, Safayhi H. et al . Effects of gum resin of Boswellia serrata in patients with chronic colitis.  Planta Med. 2001;  67 391-5
  27. Journal of Medicinal Plants Research Vol. 5(8), pp. 1382-1389, 18 April, 2011 Available online at http://www.academicjournals.org/JMPR
  28. http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0278691510001754
  29. Hong-kui Wei, Gang Chen, Ruo-Jing Wang, Jian Peng, Oregano essential oil decreased susceptibility to oxidative stress-induced dysfunction of intestinal epithelial barrier in rats, In Journal of Functional Foods, Volume 18, Part B, 2015, Pages 1191-1199
  30. Puškárová A, Bučková M, Kraková L, Pangallo D, Kozics K. The antibacterial and antifungal activity of six essential oils and their cyto/genotoxicity to human HEL 12469 cells. Scientific Reports. 2017;7:8211. doi:10.1038/s41598-017-08673-9.

Artigos Relacionados

Ver tudo

Bem-estar

Mix de óleos essenciais inspirados pelo amor

Bem-estar

Raiz de ouro – Adaptógeno anti-idade para energia, função cerebral e mais

Bem-estar

Os benefícios de produtos e alimentos naturais para animais de estimação