beauty2 heart-circle sports-fitness food-nutrition herbs-supplements
Bem-estar

Suplementos para otimizar a saúde no clima mais quente

22 Julho 2019

Eric Madrid MD

Neste texto:

O tempo sob o sol fornece uma variedade de benefícios à saúde, incluindo a exposição à Acredita-se que a vitamina D, enquanto atividades comuns ao clima quente, como natação, esqui aquático e caminhadas, podem fornecer benefícios à saúde do coração e do cérebro. 

Além de ser ativo(a), existem certos suplementos que podem ser considerados para ajudar a otimizar a saúde e o bem-estar. Alguns desses suplementos são especialmente importantes quando temperaturas mais quentes fazem com que as pessoas suem e percam eletrólitos cruciais. É importante manter níveis adequados de minerais, como magnésio, o cálcio e outros.

Magnesium 

O magnésio está envolvido em mais de 350 reações bioquímicas. Porém, muitas pessoas ao redor do mundo apresentam uma deficiência desse mineral. O suor, certos medicamentos prescritos – como diuréticos para a pressão arterial ou antiácidos – podem reduzir os níveis de magnésio. O consumo de álcool persistente também pode reduzir o nível de magnésio. Sinais de baixos níveis de magnésio incluem cãibras musculares, contrações dos olhos e, algumas vezes, até palpitações do coração. Tomar um suplemento de magnésio pode ser benéfico. 

Cálcio 

O cálcio é um dos minerais mais comuns no corpo e no planeta. Ele é responsável pela saúde dos ossos e dos músculos, incluindo contrações musculares e cardíacas. Quando uma quantidade suficiente de cálcio não é consumida na dieta, costuma-se considerar um suplemento. Ele deve ser equilibrado com o magnésio.

Multivitamínicos 

Em minha opinião, todas as pessoas deveriam consumir um multivitamínico de qualidade, pois eles ajudam a garantir níveis adequados de vitaminas e minerais comuns, que são frequentemente deficientes, principalmente em pessoas que levam uma vida muito estressante. Além disso, quando viajamos, a dieta costuma não ser a mais saudável, e um multivitamínico ajuda a garantir que os valores diários recomendados (VD), uma quantidade mínima de vitaminas e minerais, estão sendo atingidos. 

Proteínas 

O whey protein ou uma proteína da ervilha são ótimos substitutos de refeições, e podem ser úteis para que se alcance o corpo desejado para a praia. O whey protein também é útil para fornecer a desintoxicação do fígado. Ele também contém caseína, uma proteína à qual algumas pessoas podem ser sensíveis. Porém, para vegetarianos e pessoas que simplesmente desejam uma alternativa vegetal, a proteína da ervilha pode ser considerada. 

Sementes de chia

Ricas em ácidos graxos ômega-3 e fibras, sementes de chia são uma ótima adição ao mingau de aveia, ao iogurte ou à sua bebida favorita. Quando consumidas, as sementes de chia podem ajudar com a hidratação e criar uma sensação duradoura de saciedade. Isso pode ser muito útil para a perda de peso e a regulação dos movimentos intestinais. 

Prevenção de queimaduras solares

Proteger a pele e evitar queimaduras solares é importante para muitas pessoas, principalmente aquelas com uma quantidade mínima de pigmento, ou melanina, na pele. Minimizar o tempo sob o sol é crucial para evitar queimaduras que, em algumas pessoas, podem aumentar o risto de certas doenças de pele.

Porém, garantir um tempo adequado sob o sol também é importante para otimizar os níveis de Acredita-se que a vitamina D. Esse é, verdadeiramente, um ato de equilíbrio.  

Primeiro, você deve se dar conta de que uma dieta rica em frutas frescas e vegetais, que são ricos em antioxidantes, pode ser útil na prevenção das queimaduras. Quando isso não for possível, um pó vegetal deve ser considerado, além dos suplementos a seguir. 

Astaxantina

A astaxantina é um carotenoide vermelho-alaranjado encontrado principalmente em frutos do mar, como salmão, camarão, krill, crustáceos, leveduras e certas algas. É ela que dá a cor vermelha ao salmão, ao camarão e à lagosta. Um estudo de 2011 discutiu os benefícios de proteção da pele da astaxantina, enquanto um estudo de 2013 também demonstrou essa capacidade antioxidante para ajudar a prevenir doenças crônicas quando tomado regularmente.  Dose sugerida: Conforme indicado no rótulo.

O extrato de casca de pinheiro protege a pele

O extrato de casca de pinheiro, ou picnogenol, ajuda a proteger a pele enquanto auxilia o corpo a reconstruir os tecidos. Seu grande poder antioxidante pode ajudar a proteger contra os danos da luz solar, quando tomado oralmente e aplicado de forma tópica no rosto. As propriedades antioxidantes ajudam a proteger o colágeno e o tecido elástico dos danos oxidativos, a principal causa de envelhecimento da pele. Esse dano oxidativo é mais comum durante os meses mais quentes, quando o sol brilha mais. Dose sugerida: Suplementos orais, conforme sugerido no rótulo. Picnogenol tópico, aplicado diretamente à pele, conforme indicado no rótulo. 

Vitamina B3 (nicotinamida)

A nicotinamida tem um papel significativo no reparo dos danos da pele. Um estudo de 2017 demonstrou que o consumo regular de vitamina B3 reduziu o risco de desenvolvimento de queratose actínica, um precursor de uma doença de pele crônica. Um estudo de 2010 também apoiou o benefício da vitamina B3 na proteção da pele. É importante notar que algumas pessoas podem apresentar vermelhidão da pele ao tomar vitamina B3. Dose sugerida: Conforme indicado no rótulo. 

Vitamina D3 (colecalciferol)

Acredita-se que a vitamina D, normalmente chamada de vitamina D3, possa ter vários benefícios para a saúde. Estudos demonstraram que pessoas com níveis adequados de vitamina D apresentam menor risco de terem várias doenças crônicas.

Em muitos lugares ao redor do mundo, incluindo em minha clínica no sul da Califórnia, quatro em cada cinco pessoas apresentam deficiência de vitamina D. Sabe-se que os protetores solares, que bloqueiam a luz UV-A, também impede que a pele produza uma quantidade adequada de vitamina D na presença de luz solar. De certa forma, o protetor solar também é um bloqueador da vitamina D. Para pessoas que requerem um protetor solar para evitar queimaduras solares, um suplemento de vitamina D, que ajudará a otimizar os níveis sanguíneos, deve ser considerado. 

Ácidos graxos ômega-3

Acredita-se que os ácidos graxos ômega-3 não só têm benefícios para a saúde como, de acordo com estudos, também podem ter efeitos de combate a doenças de pele. Os ácidos graxos ômega-3 consistem principalmente de ácido eicosapentaenoico (EPA) e ácido docosahexaenoico (DHA)

Um estudo de 2014, publicado no Nutrition Journal, demonstrou que a maioria dos norte-americanos não consome uma quantidade suficiente de óleos essenciais com ômega-3. Outras pessoas na Europa, na Rússia e na Ásia também estão em risco, principalmente se alimentos ricos em ômega-3 são raramente consumidos. Essas fontes alimentares incluem peixe (cavalinha, bacalhau e salmão estão entre os mais ricos), sementes de chia, linhaça, sementes de cânhamo, nozes e natto.

Um estudo de 2016, publicado no Journal of Clinical Medicine, concluiu que há uma evidência considerável de que a suplementação com ômega-3 pode ajudar a reduzir anormalidades de células basais e células de pele escamosas (não houve efeitos no câncer de pele, melanoma, que é mais perigoso). Porém, um estudo de 2014 demonstrou que pessas com níveis mais altos de ômega-3 apresentavam um menor risco de desenvolver melanoma. Mais estudos ainda são necessários. Dose sugerida: 1.000 mg até duas vezes por dia.

Vitamina C

A vitamina C, ou ácido ascórbico, é uma das vitaminas mais pesquisadas. Ela é hidrossolúvel, o que significa que qualquer excesso de vitamina consumida será excretada na urina, se não for necessária. A vitamina C é um potente antioxidante encontrado em muitas frutas e vegetais frescos, incluindo: 

  • Pimentões
  • Brócolis
  • Repolho
  • Goiaba
  • Kiwi
  • Laranja
  • Mamão
  • Pimentas
  • Abacaxi
  • Morango

Consumir uma dieta rica em vitamina C é uma boa forma de otimizar esse importante antioxidante. A vitamina C, quando consumida oralmente, também tem muitos benefícios para a pele. Um estudo de 2018, no qual suplementos de vitamina C foram tomados pela boca, em conjunto com o colágeno , demonstrou uma melhora significativa na saúde da pele depois de apenas 12 semanas. 

Além disso, aplicações de vitamina C tópica diretamente no rosto e em outras partes do corpo são úteis para proteger a pele contra danos solares, de acordo com estudos. Dore oral sugerida: 500 mg a 1.000 mg duas vezes por dia. Vitamina C tópica, conforme indicado no rótulo.

Tratamento após uma queimadura solar

A maioria das pessoas com uma queimadura solar acaba ficando com a pele descascando — na verdade, isso é o que os médicos chamam de queimadura de primeiro grau. Se você desenvolver inchaço e bolhas, isso seria consistente com uma queimadura de segundo grau. Além dos suplementos acima, reduzir a exposição ao sol e aplicar um protetor soar também podem ser opções úteis para ajudar a prevenir uma queimadura.

Se você tiver uma queimadura solar, alternativas tópicas naturais com babosa podem ser úteis para aliviar os sintomas de uma queimadura dolorosa. Se você tiver acesso à planta da babosa, espremer o gel que está dentro dela e aplicá-lo diretamente à queimadura pode trazer um alívio. Existem fórmulas comerciais disponíveis se você não tiver acesso à planta.

Alguns médicos naturopatas recomendam adicionar lavanda ao gel de babosa. Isso fornece um benefício adicional. Alguns médicos naturopatas também recomendam usar pastilhas de beladona homeopática, e dissolvê-las sob a língua três vezes por dia até atingir o alívio.

Probióticos 

Quando se fala em probióticos, normalmente pensamos no intestino, não na pele. However, 70 to 80 percent of our immune system actually resides in our gut. Portanto, otimizar a saúde intestinal é importante para manter o sistema imunológico forte. Como a maioria das doenças crônicas têm a ver com danos excessivos ocorrendo em algum lugar do corpo, além de um reparo e uma resposta imunológica inadequada, é muito importante otimizar a resposta do sistema imunológico. Um sistema imunológico saudável pode ajudar a prevenir problemas de saúde de todos os tipos. Além disso, um sistema imunológico saudável ajuda a prevenir o crescimento de bactérias prejudiciais da pele, o que pode ser especialmente crítico depois de uma queimadura. 

Referências:

  1. Yuan J.P., Peng J., Yin K., Wang J.H. Potential health-promoting effects of astaxanthin: A high-value carotenoid mostly from microalgae. Mol. Nutr. Food Res. 2011;55:150–165. doi: 10.1002/mnfr.201000414. 
  2. Rao A.R., Sindhuja H.N., Dharmesh S.M., Sankar K.U., Sarada R., Ravishankar G.A. Effective inhibition of skin cancer, tyrosinase, and antioxidative properties by astaxanthin and astaxanthin esters from the green alga Haematococcus pluvialis. J. Agric. Food Chem. 2013;61:3842–3851. doi: 10.1021/jf304609j
  3. Hautarzt. 2017 May;68(5):354-358. doi: 10.1007/s00105-017-3980-x.
  4. Photochem Photobiol Sci. 2010 Apr;9(4):578-85. doi: 10.1039/b9pp00146h.
  5. Papanikolaou Y, Brooks J, Reider C, Fulgoni VL. U.S. adults are not meeting recommended levels for fish and omega-3 fatty acid intake: results of an analysis using observational data from NHANES 2003–2008. Nutrition Journal. 2014;13:31. doi:10.1186/1475-2891-13-31.
  6. Black HS, Rhodes LE. Potential Benefits of Omega-3 Fatty Acids in Non-Melanoma Skin Cancer. Brown L, Rauch B, Poudyal H, eds. Journal of Clinical Medicine. 2016;5(2):23. doi:10.3390/jcm5020023.
  7. Clin Cosmet Investig Dermatol. 2018 Apr 30;11:195-201. doi: 10.2147/CCID.S150269. eCollection 2018.
  8. Al-Niaimi F, Chiang NYZ. Topical Vitamin C and the Skin: Mechanisms of Action and Clinical Applications. The Journal of Clinical and Aesthetic Dermatology. 2017;10(7):14-17.

Artigos Relacionados

Ver tudo

Bem-estar

L-Serina: uma nova abordagem radical para a ELA, o mal de Parkinson e o mal de Alzheimer

Bem-estar

Mude sua saúde carregando suas mitocôndrias

Bem-estar

L-teanina, benefícios à saúde e à função cognitiva