header_search header_signed-out header_signed-in header_cart sharefilled circlex circleexclamation iherbleaf
checkoutarrow
BR
O produto foi adicionado ao carrinho
Total:
Desconto:
Junto:
Quantidade:
Cart Total:
Finalizar
Clientes também compraram:
Ajuda 24 horas
beauty2 heart-circle sports-fitness food-nutrition herbs-supplements
Condições

Dores de cabeça induzidas por medicamentos

7 Junho 2017

O objetivo dos medicamentos para dor de cabeça não é identificar e eliminar a causa, mas, simplesmente, aliviar os sintomas da dor. De modo muito interessante, estudos clínicos têm sugerido que em aproximadamente 70 por cento dos pacientes com dores de cabeça crônicas diárias, elas são de fato causadas pelos próprios medicamentos ingeridos para tratar as dores de cabeça. Na realidade, quando essas pessoas interromperam sua ingestão, suas dores de cabeça sumiram.

Em um estudo mais antigo, publicado na edição de 1993 da Neurology, 52 por cento dos 200 pacientes que sofriam de dores de cabeça rebote de analgésico (que ocorre quando o efeito do analgésico passa) viram melhoras após descontinuar suas medicações. A maioria dos pacientes no estudo tomava aspirina ou paracetamol – de 28 a 52 tabletes por semana. No entanto, 40 por cento dos pacientes tomavam uma média de 28 tabletes de codeína por semana. Além da redução dos episódios e da severidade das dores de cabeça, os participantes do estudo também viram melhoras no bem-estar geral e sono, tiveram mais energia e ficaram menos irritados e deprimidos.

 Embora algumas dores de cabeça possam estar associadas a uma condição médica séria, a maioria não é motivo para preocupação. Dores de cabeça podem ser causadas por uma variedade de fatores, mas a esmagadora maioria é cefaleia tensional ou enxaqueca. Uma maneira rápida de diferenciar as duas é prestar atenção à natureza da dor. Uma cefaleia tensional geralmente é uma dor constante, persistente e maçante, que se inicia na parte de trás da cabeça ou na testa e se espalha pela cabeça inteira, dando a sensação da pressão de uma morsa aplicada ao crânio. Em contraste, as enxaquecas são dores de cabeça vasculares, caracterizadas por uma dor forte latejante ou golpeante.

 O alívio dos sintomas deve ser o objetivo principal de qualquer tratamento, mas não deve vir ao preço de causar mais mal do que bem. É importante pensar nos sintomas como um apito que nos alerta sobre problemas mais profundos. Quando o apito é silenciado, não necessariamente significa que o problema mais profundo foi sanado. Os sintomas nos oferecem informações valiosas para que possamos fazer mudanças que acarretarão uma saúde melhor.

Cefaleias tensionais podem ser aliviadas usando técnicas de redução de estresse ou indo a um quiroprático ou fisioterapeuta. No caso das enxaquecas, muitos estudos têm demonstrado que a alergia alimentar pode ser a principal culpada. Além de identificar alergias alimentares, há também várias vitaminas e ervas que podem ajudar a tratar naturalmente as enxaquecas, incluindo a riboflavina, magnésio e butterbur (Petasites hybridus).

Artigos Relacionados

Ver tudo

Condições

15 formas de se manter saudável ao viajar com diabetes

Condições

Como viajar com hipertensão

Condições

Abordagens naturais para melhorar os níveis de testosterona masculina