beauty2 heart-circle sports-fitness food-nutrition herbs-supplements
Bem-estar

O guia de uma pediatra sobre vitaminas

25 Março 2019

Por Cherilyn Cecchini, MD

Como uma pediatra certificada, as pessoas costumam me perguntar quais suplementos ou multivitamínicos eu recomendo para manter a saúde dos bebês e das crianças. Existem algumas vitaminas essenciais que eu sempre recomendo, e eu criei este guia para ajudar você a dar à sua criança os melhores suplementos para complementar sua dieta.

Vitamina D

Como os níveis de exposição solar necessários para produzir a vitamina D podem aumentar o risco de câncer de pele, e como as fontes alimentares de vitamina D são limitadas, a suplementação de vitamina D é essencial para bebês, crianças e adolescentes. Ela é especialmente importante para bebês que se alimentam exclusivamente ou parcialmente de leite materno. A recomendação atual da American Academy of Pediatrics afirma que todos os bebês e crianças devem receber 400 unidades internacionais de vitamina D por dia, começando pouco depois do nascimento.

Fórmulas infantis vendidas nos Estados Unidos têm, no mínimo, essa quantidade recomendada de vitamina D, logo, nenhuma suplementação é necessária se o seu bebê está bebendo pelo menos 1 litro de fórmula por dia. Para outras crianças, eu sugiro usar gotas de vitamina D3 California Gold Nutrition, pois são livres de transgênicos, glúten e soja, além de serem feitos com óleo de coco fracionado e natural. Essas gotas não contêm conservantes indesejados, além de serem seguras e efetivas. Ao usar as gotas de vitamina D3, você pode ajudar a proteger sua criança contra o raquitismo, um problema causado pelo consumo inadequado de vitamina D e exposição solar reduzida, que é caracterizado pelo enfraquecimento e amolecimento dos ossos.

Vitamina C

A vitamina C, também conhecida como ácido ascórbico, tem um papel importante na saúde imunológica, assim como a recuperação de ossos e ferimentos. Ela é um antioxidante e ajuda com a absorção de ferro. Crianças que comem uma dieta variada e equilibrada têm uma probabilidade muito baixa de terem deficiência de vitamina C, porém, a fumaça do tabaco e a exposição à nicotina podem aumentar a exigência de vitamina C em até 40%, o que é algo importante de se lembrar. O limite diário recomendado de vitamina C varia por idade e aumenta quando a criança chega aos 14 anos de idade. A deficiência de vitamina C, apesar de rara, resulta em uma doença chamada de escorbuto, que leva a uma baixa recuperação de doenças, dor nas articulações e, algumas vezes, sangramento nas gengivas. Se você e seu pediatra decidirem que sua criança pode estar em risco de uma deficiência de vitamina C, eu recomendo usar a vitamina C infantil California Gold Nutrition. O sabor natural de laranja é chamativo para as crianças, o que é importante. Além disso, essa fórmula é livre de glúten e transgênicos. Sempre se certifique de discutir a dosagem apropriada com seu pediatra, para que você não dê uma quantidade acima do consumo diário recomendado.

DHA

O DHA, ou ácido docosaexaenoico, é um ácido graxo ômega-3 que é essencial para a função cerebral normal. Apesar dos estudos ainda serem limitados, pesquisadores apresentaram melhorias na cognição e no comportamento como resultado da suplementação com DHA. Se você e seu pediatra decidirem que a suplementação com DHA pode ser benéfica para a criança, certifique-se de conferir as vitaminas infantis mastigáveis da California Gold Nutrition no sabor de morango com limão. A California Gold Nutrition também tem um suplemento combinado de vitamina D3 e DHA para bebês, que é particularmente útil se sua criança requer uma suplementação com vitamina D e você também gostaria de começar a dar DHA para ela.

Multivitamínicos

Começar a dar um multivitamínico quando a criança está mais velha é uma forma efetiva de continuar a garantir uma nutrição adequada. A maioria das crianças que tem uma dieta equilibrada não requer uma suplementação de vitaminas, porém, para aquelas que têm dificuldade para comer ou que não gostam de beber leite, um multivitamínico pode ser extremamente benéfico. Os multivitamínicos infantis para crianças California Gold Nutrition são uma ótima opção que eu sempre recomendo para pais, pois não contêm gelatina ou glúten. Eu sempre lembro aos pais de terem essas vitaminas armazenadas em local seguro, e de sempre lembrarem a criança de que as vitaminas são remédios, e não doces. Dosagens excessivas de vitaminas podem ser tóxicas, portanto, é extremamente importante monitorar sua criança quando ele ou ela estiver tomando seus multivitamínicos diários.

Referências:

  1. http://pediatrics.aappublications.org/content/122/5/1142
  2. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3738999

Artigos Relacionados

Ver tudo

Bem-estar

Spirulina e Chlorella: algas com benefícios para a saúde

Bem-estar

Benefícios da arnica montana para a saúde

Bem-estar

9 Benefícios da Coenzima Q10 para a Saúde