beauty2 heart-circle sports-fitness food-nutrition herbs-supplements

Melhore seus Movimentos e a Saúde das Articulações com Estes 3 Nutrientes

Por Jake Boly

Neste artigo:


À medida que passamos pela vida, especialmente se somos ativos, as articulações começam a sofrer com desgastes e danos, devido ao acúmulo de estressores por longos períodos. 

A deterioração natural pode ser causada por múltiplos fatores, como a necessidade de recuperação do corpo entre períodos de atividade pesada, o acúmulo de fadiga nas articulações devido ao seu uso excessivo ou insuficiente, e a diminuição da produção de compostos naturais pelo corpo, quando comparada à produção durante a juventude. Combine estes fatores com a osteoartrite, que afeta milhões de pessoas, e você terá articulações que podem se tornar dolorosas, rígidas e causando desconforto no dia a dia. 

Já que não há como escapar do processo natural de envelhecimento, é nossa tarefa combater o desconforto das articulações com uma estratégia que alinhe nossas necessidades, vontades e objetivos. Neste artigo, discutiremos o que causa o desconforto nas articulações, porque exercícios e dieta são importantes para a saúde das articulações, e três suplementos que podem ajudar com a dor.

O que Causa o Desconforto nas Articulações que Ocorre com a Idade? 

No final de cada articulação, você encontra um tecido conjuntivo homogêneo e elástico chamado de cartilagem. Cada articulação tem sua respectiva quantidade de cartilagem e cada indivíduo terá diversas quantidades ao redor de cada articulação. A quantidade de cartilagem que existe ao redor das suas articulações é baseada em fatores como genética e estilo de vida. 

A deterioração das cartilagens que ocorre com o envelhecimento é um processo chamado de osteoartrite quando progride além de determinado nível. A osteoartrite é considerada uma doença degenerativa das cartilagens, e seu nível de severidade pode variar de pessoa para pessoa. 

De maneira geral, o que acontece quando o desconforto nas articulações está presente é a inflamação e produção excessiva de fluidos pela sinóvia (uma membrana presente nas articulações que produz fluidos para mantê-las saudáveis). Isso resulta em inchaço, rigidez e dor nas articulações. Se você já ficou com o joelho inchado, é provável que tenha vivenciado este processo.

Como Exercícios e Dieta Têm Impacto Sobre o Desconforto nas Articulações

Exercícios regulares e dieta são cruciais para promover a saúde das articulações. Um plano de exercícios bem estabelecido ajudará o corpo a manter uma amplitude de movimentos natural e saudável. Em momentos em que a amplitude de movimentos fica limitada, ou falta força de modo geral, o corpo tenta compensar os padrões de movimento insuficientes, acumulando estresse nas articulações.  

Por isso é muito importante continuar ativo com a idade, respeitando os limites de cada pessoa. Treinos gerais de força e exercícios aeróbicos podem ser ferramentas úteis para garantir que o corpo esteja se movimentando adequadamente e mantendo a conservação das articulações. 

Além dos exercícios, a dieta também pode ter um papel considerável na saúde das articulações. Já foi sugerido que alguns alimentos podem ajudar com o desconforto das articulações, mas em geral a regra é simplesmente ter uma dieta equilibrada e natural que forneça os micronutrientes que precisamos diariamente. 

Consumir alimentos naturalmente abundantes em vitaminas e minerais como vitamina Kcálciovitamina D, e muitos outros pode ajudar a garantir a saúde das articulações.

3 Nutrientes para Reforçar a Saúde das Articulações 

Além de dieta e exercícios, você pode usar alguns suplementos para apoiar as articulações e controlar a dor associada a elas de modo geral. Assim como a dieta e exercícios, suplementos devem ser tomados como parte de uma estratégia geral de reforço da saúde, com a compreensão das necessidades de cada pessoa.

1. Glucosamina 

Um dos suplementos naturais mais populares e práticos para o desconforto nas articulações e osteoartrite é a glucosamina

A glucosamina é um composto natural encontrado nas cartilagens do corpo. É frequentemente consumida na forma de suplemento para diminuir a dor e o desconforto geral nas articulações. As pesquisas sobre os efeitos a longo prazo da glucosamina ainda são um pouco escassas, mas em geral, estudos confirmam que ela pode ter efeitos na preservação e apoio das cartilagens.  

Uma metanálise publicada em 2018 no Journal of Clinical Rheumatology analisou os efeitos da glucosamina sobre a saúde e preservação das cartilagens das articulações. Os pesquisadores incluíram diversos estudos que isolaram a suplementação com glucosamina em populações com diversos níveis de osteoartrite. 

Em sua análise, eles notaram um ligeiro benefício da suplementação com glucosamina comparada a um placebo. É válido notar que os autores sugerem que o tipo de glucosamina é importante para a absorção, além do momento em que é consumida. Em sua discussão, eles notaram que em geral, 12 semanas é tempo suficiente para começar a ver um leve benefício da glucosamina sobre as dores nas articulações. Porém pesquisas com este tempo de suplementação ainda são escassas e tratamentos mais longos provavelmente terão melhores resultados. 

Tipicamente, a glucosamina é suplementada junto com a condroitina, uma outra substância vital encontrada naturalmente nas cartilagens, e isso leva ao nosso próximo suplemento.

2. Condroitina 

Assim como a glucosamina, a condroitina é encontrada naturalmente nas cartilagens e tem um papel na preservação e reparo deste tecido conjuntivo. 

Frequentemente, a suplementação com condroitina para reduzir a dor nas articulações é feita em combinação com a glucosamina. Semelhante à glucosamina, as pesquisas ainda são um pouco ambivalentes sobre o uso da condroitina para reduzir a osteoartrite e as dores nas articulações. 

Por exemplo, uma metanálise publicada em 2018 no Journal of Orthopedic Surgery and Research analisou os efeitos da glucosamina, condroitina e a combinação de ambas em populações com osteoartrite. 

Após analisar 26 estudos que cumpriram o critério que estabeleceram, os pesquisadores notaram que a glucosamina apresentava um ligeiro benefício para limitar a rigidez das articulações, enquanto sugeriam que a condroitina apresentava benefícios para limitar a dor. Os autores do estudo apontam que o uso dos dois combinados ainda é muito limitado para indicar sugestões práticas. 

Em outra revisão publicada em 2018 no World Journal of Orthopedics, os autores analisaram a eficácia da glucosamina e condroitina no tratamento da osteoartrite. De maneira similar à metanálise acima, os pesquisadores apontaram que estudos de alta qualidade com o uso destes suplementos são escassos de certo modo. 

Eles notaram que alguns dos estudos desenvolvidos com estes suplementos são limitados pelas populações utilizadas (alguns utilizam animais), pesquisas tendenciosas (feitas por empresas) e pela qualidade dos suplementos. Enquanto eles apontam que os benefícios da condroitina e glucosamina não são claros, seu uso geralmente é seguro e elas demonstram alguns benefícios gerais quando comparadas a um grupo placebo.

3. Cálcio 

O último suplemento para diminuir a dor nas articulações que iremos discutir é provavelmente o mais conhecido, que é o  cálcio

O cálcio é usado em diversos processos no corpo e a maioria das pessoas sabe que ele é essencial para ter ossos fortes, já que 90% do cálcio do corpo pode ser encontrado nos ossos e dentes. Porém, o cálcio também pode ter um papel nas articulações. Este papel pode ser pequeno, porém é muito importante. 

Um estudo publicado em 2014 no Journal of Orthopaedic Surgery and Research sugeriu que o gluconato de cálcio era um suplemento potencialmente viável, funcionando como um agente protetor contra a osteoartrite após a operação do ligamento cruzado anterior (LCA) e meniscectomia parcial.  

Além de se mostrar promissor como agente protetor, é importante notar que este estudo foi conduzido em ratos, então o efeito pode ser diferente em humanos, e ocorreu após uma cirurgia específica. 

Em relação à suplementação com cálcio, se você tem tendência a apresentar deficiência deste mineral, talvez seja uma boa ideia analisar opções potenciais para garantir que você obtenha mais do que somente o reforço das articulações.

Consulte um Médico

Antes de adicionar qualquer suplemento à sua rotina diária, é sempre uma boa idéia consultar o seu médico, para garantir que não existam contraindicações com outros medicamentos que esteja tomando ou condições que possa apresentar.

Referências: 

  1. Thomas, S., Browne, H., Mobasheri, A., & Rayman, M. (2018). What is the evidence for a role for diet and nutrition in osteoarthritis?. Rheumatology, 57(suppl_4), iv61-iv74. doi:10.1093/rheumatology/key011
  2.  Ogata, T., Ideno, Y., Akai, M., Seichi, A., Hagino, H., & Iwaya, T. et al. (2018). Effects of glucosamine in patients with osteoarthritis of the knee: a systematic review and meta-analysis. Clinical Rheumatology, 37(9), 2479-2487. doi:10.1007/s10067-018-4106-2
  3. Zhu, X., Sang, L., Wu, D., Rong, J., & Jiang, L. (2018). Effectiveness and safety of glucosamine and chondroitin for the treatment of osteoarthritis: a meta-analysis of randomized controlled trials. Journal Of Orthopaedic Surgery And Research, 13(1). doi:10.1186/s13018-018-0871-5
  4. Vasiliadis, H., & Tsikopoulos, K. (2017). Glucosamine and chondroitin for the treatment of osteoarthritis. World Journal Of Orthopedics, 8(1), 1. doi:10.5312/wjo.v8.i1.1

Artigos Relacionados

Ver tudo

Fitness

7 suplementos a se considerar ao se exercitar ao ar livre

Fitness

Um Coach de Fortalecimento Compartilha Dicas Para Otimizar os Exercícios Com o Peso do Próprio Corpo

Fitness

3 suplementos úteis para exercícios de alta intensidade