As suas preferências desta sessão foram atualizadas. Para alterar permanentemente as configurações da sua conta, acesse
Lembre-se de que é possível atualizar o país ou o idioma de sua preferência a qualquer momento em
checkoutarrow
BR
beauty2 heart-circle sports-fitness food-nutrition herbs-supplements

Óleo MCT — O ingrediente definitivo da dieta Keto

Por Dr. Josh Axe, DC, DNM, CNS

Neste artigo:


Quando alguém segue a dieta cetogênica (keto), o objetivo é aumentar consideravelmente a ingestão de gordura e, ao mesmo tempo, minimizar bastante a quantidade de carboidratos ingeridos. Isso permite ao seu corpo converter as gorduras da dieta em corpos cetônicos, que são então usados como “combustível” para fornecer a energia de que você precisa. 

Considerando que esse óleo é gordura pura, a suplementação com um  óleo MCT  de alta qualidade é uma maneira conveniente de aumentar a ingestão de gordura e pode ajudá-lo a permanecer em cetose. Na verdade, o óleo MCT é muitas vezes denominado de a "gordura cetogênica definitiva"

Considerado como essas gorduras são usadas de forma tão eficiente pelo corpo para produzir cetonas, adicionar óleo MCT à dieta cetogênica pode se traduzir em benefícios maiores, como ajudar no controle do apetite e no controle de peso, e menos efeitos colaterais da “gripe cetônica”. 

‌‌O que é o óleo MCT?

O "MCT" no  óleo MCT significa triglicerídeos de cadeia média, que são ácidos graxos saturados. 

MCTs, às vezes também chamados de “MCFAs”, ou seja, ácidos graxos de cadeia média, são encontrados naturalmente em alimentos que contêm gordura, incluindo  óleo de coco e laticínios integrais - no entanto, o óleo MCT é a fonte mais concentrada dessas gorduras especiais.

‌‌O que é a dieta Keto? 

A dieta keto ou dieta cetogênica, é diferente de qualquer outra dieta, porque requer que você coma muitas gorduras. O estado de cetose (quando o corpo está produzindo altos níveis de cetonas para energizá-lo, em vez de usar carboidratos) é associado a benefícios que incluem suporte a níveis saudáveis de energia, controle do apetite e ajuda no controle de peso - no entanto, para colher esses benefícios, você precisa manter a ingestão correta de macronutrientes.  

Embora não seja 100% necessário usar o óleo MCT para aumentar a ingestão de ácidos graxos, esse com certeza é um jeito popular e fácil de fazer isso. Ele também é uma fonte de gordura fácil de digerir e simples de usar em bebidas e outros líquidos, uma vez que quase não tem sabor.

‌‌Como os MCTs funcionam exatamente para apoiar a cetose? 

Devido à sua estrutura química, acredita-se que os MCTs sejam mais facilmente convertidos em cetonas porque o corpo tem que trabalhar menos para quebrar suas ligações de carbono, em comparação com outros tipos de gorduras, como triglicerídeos de cadeia longa. 

Os benefícios de consumir o óleo MCT ao seguir a dieta cetogênica podem incluir:

  • Reforças sua capacidade de produzir cetonas e entrar em cetose mais facilmente. Quando em estado de cetose, o óleo MCT também pode te ajudar a continuar nele.
  • Ajudar no controle de peso saudável. O óleo MCT e outras gorduras ajudam a diminuir a fome e auxiliam no controle de calorias quando a pessoa segue a dieta cetônica.
  • Reforçar os níveis de energia da saúde. Consumir gorduras suficientes é importante durante a dieta keto, pois isso resulta na produção de cetonas que são usadas como combustível, ajudando a diminuir a fadiga.
  • Promover um metabolismo saudável, ajudando a manter sua taxa metabólica alta. A ingestão de gorduras sinaliza para o cérebro que o corpo está recebendo energia adequada, reforçando, portanto, a saúde da tireoide e a queima de calorias em geral.
  • Ajudar a aumentar a resistência e o desempenho durante exercícios.
  • Reforçar o funcionamento cognitivo e a saúde mental (aumento do foco, resistência mental e concentração).
  • Auxiliar pessoas que praticam jejum intermitente. As cetonas ajudam a controlar a fome e a ânsia de comer, tornando mais fácil prolongar e manter-se confortável em seu período de jejum.

‌‌Melhores tipos de óleo MCT

O óleo MCT puro geralmente é extraído de cocos ou de frutos da palmeira. Não é possível obter MCTs puros de qualquer outra fonte de alimento e, portanto, tomá-los na forma de óleo é a melhor opção.

Os óleos MCT podem diferir um pouco, dependendo dos tipos específicos de MCTs que contêm. Existem quatro tipos diferentes de MCTs que podem ser encontrados no óleo de MCT: os ácidos caproico, caprílico, cáprico e láurico. Os ácidos caprílico (C8) e cáprico (C10) são geralmente considerados os melhores tipos para promover a produção de cetonas devido à sua estrutura química específica. Portanto, procure por eles ao escolher um óleo.

Ao selecionar um produto de óleo MCT cetogênico, é ideal escolher um que seja orgânico, sem OGMs e puro (sem enchimentos). 

‌‌Como usar o óleo MCT durante a dieta Keto

A grande vantagem de usar o óleo MCT para ajudar a entrar em estado de cetose é a facilidade com ele pode ser adicionado à sua dieta. Seu sabor e cheiro são neutros, quase sempre imperceptíveis, e sua textura é tipicamente cremosa (especialmente quando batidos no liquidificador)

  • Experimente adicionar óleo MCT a líquidos como café, vitaminas ou shakes. Isso não deve mudar muito o sabor, a menos que óleos aromatizados sejam usados de propósito.
  • Ele também pode ser adicionado a chás, molhos para salada, marinadas ou, se desejar, pode ser usado para cozinhar.
  • Tome-o diretamente na colher para um estímulo rápido. Isso pode ser feito a qualquer hora do dia que seja conveniente para você, incluindo logo pela manhã, ou antes ou depois do treino.
  • Muitos gostam de tomar MCTs antes das refeições para ajudar a distrair a fome. 
  • Outra opção é usar MCTs como suporte durante períodos de jejum.
  • Batidos no liquidificador é especialmente recomendado se você usar óleo MCT “não emulsificado” para melhorar a textura. O óleo MCT emulsificado mistura-se muito facilmente em qualquer temperatura e em bebidas como o café.

‌‌Em que quantidade o óleo MCT deve ser consumido? 

Comece com uma pequena quantidade, como uma ou duas colheres de chá por dia. Isso dá ao seu corpo tempo para se acostumar a ingerir quantidades maiores de MCT. Depois, vá aumentando gradualmente sua quantidade diária ao longo de uma semana ou mais para uma colher de sopa, ou talvez duas ou três se você estiver respondendo bem e os MCTs estiverem te ajudando a permanecer em cetose.

‌‌Óleos MCTs podem ser usados para cozinhar? 

Em geral, o óleo MCT é tratado mais como um suplemento do que como óleo de cozinha. A maioria das pessoas prefere cozinhar com  óleo de coco, manteiga ou outras gorduras e simplesmente tomar o óleo MCT em colheradas ou adicioná-lo a bebidas, como o café. Um dos motivos é que o óleo MCT pode ser caro e, além disso, você pode querer monitorar quanto está consumindo. 

Dito isso, o óleo MCT pode ser levado em fogo baixo a médio, portanto, se desejar, você pode usar óleo de coco e óleo MCT para cozinhar carne no fogão, refogar, fritar, etc., sem que as gorduras fiquem rançosas ou oxidem com muita facilidade. O óleo MCT apresenta um ponto de fumaça de 160 °C (320 °F), um pouco mais baixo que o óleo de coco, cujo ponto de fumaça é de 176 °C (350 °F) Isso significa que é melhor não usar o óleo MCT em fritadas, assados ou grelhados.

‌‌MCTs podem ser obtidos de óleo de coco?

Embora MCTs sejam encontrados naturalmente no coco, o  óleo MCT contém diferentes proporções dessas gorduras. O óleo de coco é particularmente rico em ácido láurico, que exige um pouco mais de trabalho para ser decomposto do que outros MCTs. Isso significa que usar óleo de coco para produção de cetonas em geral é menos eficiente; no entanto, ele ainda é geralmente recomendado durante a dieta cetogênica.

Além do óleo de coco e do óleo MCT, os MCTs também podem ser encontrados em menores quantidades em alimentos que contenham gorduras saturadas, incluindo óleo de palma, manteiga, queijos, leite integral e iogurte integral produzidos de animais alimentados com ervas.

Lembre-se de que, embora o óleo MCT possa ajudá-lo a obter resultados durante o estado ceto e a evitar os efeitos colaterais, ainda é importante se concentrar em uma dieta limpa, com alto teor de gordura e baixo teor de carboidratos para apoiar seu metabolismo e saúde geral.

Artigos Relacionados

Ver tudo

Nutrição

Reforce a Saúde com Estas Três Receitas Fáceis de Shots para Bem-estar

Nutrição

7 Alimentos e Suplementos Anti-inflamatórios que Você Deve Conhecer

Nutrição

Um Médico Naturopata Compartilha 8 Alimentos Essenciais da iHerb