"A beleza vem de dentro." Você concorda? Não importa o quão cara seja a sua base ou quantas vezes você aplica os últimos produtos de skincare de maneira tópica, se faltarem os nutrientes apropriados no corpo seu cabelo, pele e unhas eventualmente revelarão os danos. 

Embora as necessidades do nosso corpo possam ser preenchidas com fontes alimentares naturais, às vezes não seguimos uma dieta balanceada, e pode haver uma deficiência. Neste caso, os suplementos para beleza e bem-estar são a resposta! Os suplementos certos, junto com uma dieta e estilo de vida adequados, pode ajudar você a alcançar seus requerimentos de beleza e bem-estar. 

‌‌‌‌O Que São Suplementos de Beleza?

Os suplementos de beleza são, como o nome sugere, pensados pra suplementar uma dieta quando ela for insuficiente. Eles ajudam a reforçar, nutrir e melhorar a qualidade e saúde da pele, cabelos e unhas de dentro pra fora. Eles costumam incluir altas doses de vitamina Avitamina Cvitamina Emagnésiozincocálcio e outros nutrientes. 

Se seu corpo estiver com falta de uma vitamina ou mineral específico, os suplementos de beleza podem preencher estas lacunas. Por exemplo, se seu corpo apresenta deficiência de vitamina B isso eventualmente irá aparecer através do seu cabelo e unhas, entre outros sintomas. Neste caso, um suplemento de biotina bem como uma dieta equilibrada podem ajudar.

Os suplementos podem existir na forma líquida, pó, comprimidos, gominhas ou cápsulas. Quais você deve tomar depende da dosagem e da sua própria tolerância para determinadas preparações. 

‌‌‌‌A Efetividade dos Suplementos de Beleza

Não existem respostas simples de sim ou não em relação a suplementos de beleza. Pesquisas mostram que os suplementos de beleza apresentam benefícios potenciais para a saúde da sua pele, cabelos e unhas. A eficiência de um suplemento pode variar de pessoa para pessoa, pois nossos corpos são diferentes e processam vitaminas e minerais de maneira diferente. Então, se um suplemento funciona maravilhosamente para a pele, cabelo ou unhas da sua amiga, isso não garante que irá funcionar tão bem em você. Por isso é importante aprender sobre o seu corpo e sobre a ciência por trás dos suplementos de beleza. Desta maneira você saberá as necessidades do seu corpo e pode fazer uma escolha informada. 

‌‌‌‌Quais Suplementos de Beleza Você Pode Tomar?

Existem muitos suplementos de beleza por aí. Você verá nomes como colágeno, peptídeos, biotina, antioxidantes, resveratrol, vitamina C e probióticos e pode ficar meio perdido. Se você aprender um pouco sobre a ciência por trás de cada suplemento, será mais fácil escolher um. Por exemplo, dados mostram que produtos com aminoácidos (L-isoleucina, L-leucina e L-valina) bem como vitaminas B e minerais (silício, magnésio e enxofre) ajudarão seus cabelos e unhas a ficarem mais fortes. Irei comentar brevemente sobre os diferentes tipos de nutrientes comumente encontrados em fórmulas de suplementos de beleza para que possa escolher a certa para você e suas preocupações de beleza.

Vitaminas A, C e E

As vitaminas A, C, e E são conhecidas por suas propriedades antienvelhecimento. Elas tem ação comprovada na redução da aparência de linhas finas e rugas e tornam a pele mais saudável. A  vitamina A é conhecida por suas propriedades de renovação rápida de células, a  vitamina C é conhecida por ajudar na produção de colágeno, clarear manchas escuras e o tom da pele e a vitamina E ajuda a pele a reter a umidade, mantendo-a firme e jovial.

Colágeno e Peptídeos

O colágeno é produzido naturalmente pelo corpo ao combinar aminoácidos. É a proteína responsável por manter a força e elasticidade da nossa pele. Peptídeos são blocos de aminoácidos que formam as proteínas necessárias para a pele. A matéria-prima para os peptídeos de colágeno - a proteína colágeno - apresenta propriedades nutricionais e fisiológicas que promovem a saúde dos ossos e articulações e contribui para uma pele bonita. À medida que envelhecemos, nossos corpos produzem cada vez menos colágeno, o que resulta em ossos fracos, pele flácida e unhas quebradiças. 

Pesquisadores conduziram muitos estudos nos quais os participantes ingeriram colágeno e muitos outros ingredientes (incluindo biotina) regularmente todos os dias por até 12 semanas. Isso resultou na melhora significativa da hidratação, aspereza e elasticidade da pele.

Biotina

A biotina é uma vitamina hidrossolúvel da família das vitaminas B. Se seu corpo é deficiente em biotina, mostrará sinais como perda de cabelo e unhas quebradiças. Outras fontes alimentares de biotina são gema de ovo, fígado, rins, nozes e castanhas (amêndoas, amendoins, nozes pecã e nozes), soja, outras leguminosas, grãos integrais e cereais. A dose recomendada vai de 30 a 100 microgramas (mcg) por dia para adolescentes e adultos. Embora a maioria das pessoas consiga lidar com suplementos de biotina, algumas pessoas podem apresentar efeitos colaterais leves como náuseas e problemas digestivos. 

Se você está perdendo cabelos em excesso ou suas unhas quebram com facilidade, consulte um médico antes de começar a tomar um suplemento de biotina. Isso irá ajudar a garantir que você realmente tenha deficiência de biotina e precise da suplementação. 

Resveratrol

O resveratrol é um componente vegetal que age como antioxidante. As fontes alimentares incluem uvas, algumas frutas, vinho tinto e amendoim. Ele pode ajudar a aumentar a vitalidade e o vigor ao melhorar o declínio das funções físicas relacionado à idade. Ele também pode fornecer reforço cardiovascular.. 

O resveratrol pode interagir com muitos medicamentos (especialmente AINEs, incluindo o diclofenaco). Consulte um médico antes de usar este suplemento se estiver grávida ou amamentando, tomando medicamentos ou caso tenha algum problema de saúde. 

Antioxidantes

Os antioxidantes protegem as células do corpo dos efeitos danosos dos radicais livres. Os radicais livres são resultado de processos normais do corpo. Eles também podem ser criados por fatores ambientais como fumo ou radiação ultravioleta (UV) do sol. Eles podem acelerar o processo de envelhecimento ao danificar as células e podem contribuir para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares e câncer. 

A vitamina E é um dos antioxidantes mais importantes, pois protege membranas celulares e previne danos a enzimas associadas a ela. Ela também ajuda a prevenir ou atrasar as doenças crônicas associadas a radicais livres.

Avitamina Cvitamina Dzinco, e selênio também podem ser encontrados em suplementos antioxidantes. Estes nutrientes podem impulsionar o sistema imune e fortalecê-lo, aumentando a chance do corpo combater uma infecção. 

Probióticos

Os probióticos podem ajudar com a sua saúde digestiva. Estas são bactérias e leveduras "boas" vivas que ajudam com a digestão e equilibram os microrganismos intestinais no corpo. Eles também demonstram resultados promissores na melhora da saúde bucal e condições de pele. Você pode encontrar probióticos em alimentos fermentados e iogurtes. Alimentos e suplementos probióticos são seguros para a maioria das pessoas, embora algumas pessoas com comprometimentos do sistema imune ou outras condições sérias de saúde devam consultar um médico antes de tomá-los.

‌‌‌‌Se Estiver em Dúvida, Consulte um Profissional de Saúde

Embora algumas pessoas sejam céticas a respeito de suplementos, eles podem ajudar a desacelerar o processo de envelhecimento e melhorar a saúde e a beleza. Mas é melhor se precaver! Consulte um profissional de saúde antes de tomar qualquer suplemento. Um profissional de saúde será capaz de avaliar todos os fatores da sua vida, incluindo a nutrição, medicamentos prescritos, condição atual de saúde e histórico de alergias, para recomendar uma solução apropriada para suas preocupações de saúde.

Referências:

  1. Hill C, Guarner F, Reid G, Gibson GR, Merenstein DJ, Pot B, et al. The International Scientific Association for Probiotics and Prebiotics consensus statement on the scope and appropriate use of the term probiotic. Nat Rev Gastroenterol Hepatol 2014;11:506-14. 
  2. Elíes-Gómez J. Efectos de los isómeros del resveratrol sobre la homeostasis del calcio y del óxido nítrico en células vasculares [Ph.D. thesis] Santiago de Compostela, Spain: Universidade de Santiago de Compostela; 2009.
  3. International Council for Harmonisation of Technical Requirements for Pharmaceuticals for Human Use . ICH Harmonised Guideline: Integrated addendum to ICH E6(R1): Guideline for Good Clinical Practice E6(R2) European Medicines Agency; London, UK: 2016. 
  4. Combs GF, Jr. Biotin. In: Combs GF, Jr., ed. The vitamins: fundamental aspects in nutrition and health. Third ed. Burlington, MA: Elsevier Academic Press; 2008:331-44. 
  5. Zempleni J, Wijeratne SSK, Hassan YI. Biotin. Biofactors 2009;35:36-46. 
  6. Combs GF, Jr. Biotin. In: Combs GF, Jr., ed. The vitamins: fundamental aspects in nutrition and health. Third ed. Burlington, MA: Elsevier Academic Press; 2008:331-44. 
  7. Institute of Medicine. Food and Nutrition Board. Dietary Reference Intakes: Thiamin, Riboflavin, Niacin, Vitamin B6, Folate, Vitamin B12, Pantothenic Acid, Biotin, and Choline. Washington, DC: National Academy Press; 1998. 
  8. Li Y, Schellhorn HE. New developments and novel therapeutic perspectives for vitamin C. J Nutr 2007;137:2171-84.