checkoutarrow
BR
Ajuda 24 horas
beauty2 heart-circle sports-fitness food-nutrition herbs-supplements
Bem-estar

Um Guia Rápido Para as Enzimas Digestivas

27 Agosto 2018

Um dos auxílios digestivos naturais mais populares são os suplementos de enzimas. Este guia rápido responderá a algumas perguntas frequentes sobre esses valiosos suplementos alimentares.

O que são enzimas digestivas?

As enzimas nos dão vida. Essas proteínas biologicamente ativas são encontradas em todas as células vivas. As enzimas agem quebrando ou construindo ligações químicas, e são responsáveis por criar novas moléculas ou dividi-las.

Resumidamente, existem dois tipos de enzimas: as metabólicas e as digestivas. As enzimas metabólicas agem dentro do corpo humano, e são essenciais para a função celular e a saúde geral. As enzimas digestivas são expelidas pelo sistema digestivo, para quebrar alimentos e fornecer os nutrientes que o nosso corpo necessita para ter energia.

Onde as enzimas digestivas são produzidas no corpo?

As enzimas digestivas são expelidas em conjunto com o trato digestivo, para quebrar alimentos em nutrientes e dejetos. Algumas das enzimas são expelidas pelas glândulas salivares, o revestimento do estômago e dos intestinos, o fígado e a vesícula biliar, mas o maior produtor de enzimas digestivas é o pâncreas. O pâncreas é uma glândula com cerca de 15 cm de comprimento e com o formato de uma pera amassada, situando-se abaixo e por trás do estômago. Ele esvazia as enzimas digestivas na primeira parte do intestino delgado. Quando os alimentos entram no estômago, o pâncreas começa a sua liberação de enzimas em um canal (duto), que se une com o duto biliar antes de desembocar no intestino delgado.

Por que é importante suplementar com enzimas digestivas?

Muitas pessoas que sofrem de problemas digestivos podem não estar secretando a quantidade suficiente de enzimas digestivas ativas, ou podem precisar de ajuda adicional. As reclamações ligadas a enzimas afetam cerca de um a cada três adultos. Em estudos clínicos, foi demonstrado que os suplementos de enzimas digestivas podem:

  • Ajudar a aliviar sintomas que incomodam. Alimentos digeridos de forma imprópria são um grande fator na produção de problemas digestivos, como gases, inchaço, azia e/ou indigestão e alteração no funcionamento intestinal.
  • Aliviar a tensão no trato digestivo. Se o alimento não for digerido apropriadamente, ele pode irritar e, potencialmente, danificar o sensível revestimento intestinal. Com o tempo, essa irritação pode reduzir a nossa capacidade digestiva, além de inibir a nossa capacidade de se beneficiar dos alimentos que comemos.
  • Melhorar o microbioma e a função intestinal. A promoção de uma boa digestão promove um ambiente intestinal saudável, além de ajudar a aliviar a prisão de ventre e as irregularidades intestinais ocasionais.

Por muitos anos, a principal fonte de enzimas digestivas suplementares veio do pâncreas dos suínos (pancreatina), e incluía enzimas como a tripsina e quimiotripsina. Estas enzimas vegetarianas são a escolha mais popular de enzimas suplementares. Porém, o desenvolvimento de enzimas microbianas e à base de plantas tem revolucionado a terapia enzimática. Essas enzimas exibem vantagens significativas sobre enzimas de origem animal, sendo mais estáveis e ativas. Isso significa que elas são mais capazes de reter sua função no prejudicial ambiente dos intestinos, além de apresentarem uma maior atividade enzimática. O que isso significa é que elas são capazes de quebrar mais gorduras, proteínas, carboidratos e outros compostos dos alimentos, em comparação com a pancreatina. Elas também são capazes de trabalhar em uma faixa de pH maior do que qualquer outra fonte.

Apesar de fontes vegetais, como a papaína da papaia e a bromelina do abacaxi, estarem disponíveis por muito tempo, as enzimas produzidas por micro-organismos são relativamente novas, principalmente as leveduras da família Aspergillus. Essas enzimas possuem um grande registro de utilização na indústria alimentícia e também como suplementos alimentares. De todas as escolhas, essas enzimas microbianas são as mais potentes. Isso significa que eles podem quebrar mais gordura, proteína e carboidratos do que qualquer outra fonte.

Como os suplementos de enzimas digestivas funcionam?

Quando tomados com alimentos, geralmente logo antes de refeições, essas enzimas auxiliam na digestão de toda a comida. Elas trabalham na digestão e são, também, digeridas, depois que não há mais capacidade para fazerem seu trabalho. As proteases quebram proteínas, as amilases quebram carboidratos e amido e as lipases quebram gorduras. Essas três enzimas quebram a maioria dos grupos alimentares comuns. Outras enzimas incluem lactase (quebram a lactose – laticínios), a celulase (quebra a celulose em alimentos de origem vegetal), a maltase e a sucrase (quebram açúcares dos alimentos).

Quando começarei a ver resultados com o uso de enzimas digestivas?

Alguns indivíduos sentiram melhoras imediatas na sua digestão. Outros podem sentir benefícios mais graduais. No geral, os efeitos das enzimas digestivas podem ser sentidos de forma mais rápida em comparação com outros produtos nutricionais. A experiência típica permite uma auto avaliação dos benefícios dentro de apenas duas semanas de uso, graças à velocidade dos resultados das enzimas. Muitas pessoas se beneficiam de um período de teste de 14 dias com uma preparação de enzimas digestivas de alta potência. No desafio de 14 dias, basta tomar uma ou duas cápsulas da enzima antes de cada refeição. A melhora da digestão através da suplementação enzimática costuma ser tudo que é necessário para eliminar uma intolerância alimentar.

O que eu devo procurar ao ler um rótulo?

Quando você consulta uma lista de ingredientes de um produto enzimático de alta qualidade, você encontrará unidades de medida com as quais você pode não estar familiarizado(a). O que é mais importante que a quantidade de enzimas em massa (ex.: quantidade de miligramas) é o nível de atividade. Para a maioria das enzimas, o nível de atividade é expresso em unidades de medida e métodos de teste estabelecidos pela Food Chemical Codex (FCC).

Por que é importante misturar variantes enzimáticas?

Os melhores resultados são obtidos quando uma enzima digestiva contém uma combinação de diferentes variantes das principais categorias de enzimas (proteases, lipases, amilases). Isso permite diferentes níveis de ativação de pH, de forma que as enzimas sejam efetivas ao longo de todo o trato gastrointestinal. A maioria das enzimas digestivas é efetiva ou ativa dentro de uma faixa muito pequena de pH e, como o pH do trato gastrointestinal humano varia de muito ácido para alcalino, muitos suplementos enzimáticos podem não ser efetivos ao longo de todo o trato gastrointestinal. Foi demonstrado que a utilização de misturas de enzimas cuidadosamente combinadas tem uma potência 3x maior e uma ação 6x mais rápida do que as preparações enzimáticas líderes do mercado.

Os suplementos enzimáticos impedem que o corpo produza suas próprias enzimas?

Não, o corpo continuará a produzir as enzimas necessárias para se beneficiar de alimentos da melhor forma possível. As enzimas digestivas suplementares simplesmente auxiliam o processo digestivo.

Qual a dosagem apropriada das enzimas digestivas?

Como existem diferenças consideráveis na potência e na qualidade das enzimas digestivas no mercado, o melhor conselho que eu posso dar é que você, simplesmente, escolha marcas respeitadas e siga as instruções dos rótulos. A melhor coisa sobre a utilização de suplementos de enzimas digestivas é que você consegue senti-las funcionando. Se você não sentir os benefícios, altere a dosagem ou o produto.

Quais efeitos colaterais eu devo esperar do uso de suplementos de enzimas digestivas?

As enzimas são, geralmente, muito bem toleradas, e não costumam apresentar efeitos colaterais. Uma porcentagem muito pequena de pessoas relatou irritação no estômago e fezes moles (movimentos intestinais mais frequentes e curtos) no início da suplementação com enzimas digestivas. Assim como ocorre com qualquer outro efeito colateral, deve-se interromper o uso e consultar um profissional de saúde, caso seja necessário.

Que suplemento enzimático digestivo você recomenda?

Como Diretor de Ciências da Enzymedica, sei em primeira mão o que torna nossas enzimas digestivas únicas. É por isso que somos a empresa líder em enzimas e, porque o Digest Gold é o produto de enzima digestivo mais vendido na América do Norte. Existem razões pelas quais o Digest Gold produz resultados em pessoas enquanto outros produtos falharam. O Digest Gold usa o Thera-blend™, que são enzimas constituídas por múltiplas variantes dentro de cada tipo de enzima. Estas são especialmente misturadas para proporcionar a máxima atividade enzimática ao longo do amplo pH do corpo humano. As enzimas digestivas são as ferramentas mais eficazes disponíveis para ajudar na digestão adequada e a Enzymedica fornece os melhores produtos de enzima disponíveis.

Artigos Relacionados

Ver tudo

Bem-estar

Aqui estão os 9 principais óleos essenciais de 2019

Bem-estar

As Melhores Fontes Veganas de Ômega 3

Bem-estar

Colostro - Este Superalimento Não é Apenas para Bebês