header_search header_signed-out header_signed-in header_cart sharefilled circlex circleexclamation iherbleaf
checkoutarrow
BR
O produto foi adicionado ao carrinho
Total:
Desconto:
Junto:
Quantidade:
Cart Total:
Finalizar
Clientes também compraram:
Ajuda 24 horas
beauty2 heart-circle sports-fitness food-nutrition herbs-supplements
Bem-estar

12 Benefícios do Óleo de Krill à Saúde

4 Dezembro 2017

por Eric Madrid MD

Neste artigo:

Krill é uma pequena criatura semelhante a uma lagosta encontrada no Oceano Atlântico. Óleo de krill é um ácido graxo essencial extraído deste crustáceo. Ele contém os mesmos ácidos graxos ômega-3 do óleo de peixe com ômega-3 e, por este motivo, é escolhido por muitas pessoas como alternativa. Os ácidos graxos incluídos no krill são ácido docosahexanoico (DHA) e ácido eicosapentenoico (EPA).

Benefícios do Óleo de Krill

Óleo de krill é um ácido graxo ômega-3 com numerosos benefícios à saúde. Estudos mostraram que ele ajuda a reduzir a PCR, colesterol, triglicerídeos e glicose sanguínea. Também é um medicamento anti-inflamatório natural que pode ajudar a reduzir o risco de doença cardíaca e arteriosclerose, além de minimizar as dores associadas a artrite reumatoide e osteoartrite. Um estudo em 2016 mostrou que o óleo de krill pode suprimir o crescimento das células do câncer de cólon.

Reduz a PCR (proteína C-reativa)

PCR é uma proteína de inflamação que aumenta o risco de doença cardíaca e derrame nas pessoas. O excesso de inflamação no corpo está associado a muitas outras doenças.  Um estudo em 2017 na revista American College of Nutrition demonstrou que o consumo de óleo de krill reduziu os níveis de PCR, ou inflamação, em quase 20 por cento. Além disso, um estudo em 2016 na revista Archives of Medical Science confirmou os benefícios do óleo de krill para baixar a PCR em uma dose baixa como 500 mg duas vezes por dia.

Otimiza o colesterol

Como o colesterol tornou-se um nome doméstico e ganhou uma má reputação, na verdade, o colesterol tem um papel muito importante e é fundamental para a saúde humana. O colesterol é uma substância tipo cera com muitas funções importantes no corpo. Apenas 20 por cento do colesterol em nosso corpo vem dos alimentos que ingerimos, os outros 80 por cento são fabricados por nosso fígado.

O colesterol é necessário para fabricar o seguinte:

      • Vitamina D
      • Testosterona, o principal hormônio masculino
      • Estrogênio, o principal hormônio feminino
      • Revestimento nervoso (bainha de mielina), a cobertura protetora que protege os nervos
      • Bile,  uma substância verde fabricada pelo fígado que nos ajuda a absorver ácidos graxos e certas vitaminas

Porém, uma vez que níveis elevados de colesterol total e LDL (colesterol ruim) não parecem ser um fator de risco para doenças cardíacas e derrames, os médicos frequentemente prescrevem drogas diminuidoras do colesterol, como estatinas (atorvastatina, simvastatina, etc.) para pessoas com níveis elevados.  Frequentemente, os pacientes buscam opções alternativas, como óleo de krill (e arroz de levedura vermelha).  

Um estudo em 2004 na revista Alternative Medicine Review mostrou que o consumo de óleo de krill reduziu os níveis de colesterol total no sangue, enquanto outro estudo em 2013 usando um modelo animal também mostrou redução nos níveis de colesterol total.  

Diminui os triglicerídeos

Triglicerídeos são um tipo de gordura que circula pelo sangue. Os níveis ideais devem medir menos de 150 mg/dl (ou menos de 1,7 milimoles por litro - mmol/l). Os níveis elevados são risco de ataque cardíaco e derrame. Um estudo em 2014 mostrou uma redução de 10 por cento nos triglicerídeos em resposta ao óleo de krill. Um estudo em 2017 na revista Nutrition Reviews com 662 pacientes mostrou resultados semelhantes nas pessoas que consumiram óleo de krill. Outros estudos concordam com estas informações.

Diminui o LDL (colesterol ruim)

O LDL (colesterol ruim) é considerado um fator de risco líder para doença cardíaca —LDL oxidado, especificamente, parece ser o problema. Drogas diminuidoras de colesterol são prescritas por médicos para diminuir o colesterol LDL. Óleo de krill é uma opção natural. Um estudo em 2017 na revista Nutrition Reviews com 662 pacientes mostrou resultados semelhantes nas pessoas que consumiram óleo de krill. Outros estudos mostraram resultados consistentes.

Pode diminuir os níveis de açúcar no sangue

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, há mais de 422 milhões de pessoas no mundo com diabetes. Diabetes é um fator de risco principal para doença renal , ataques cardíacos , e derrames.  A dieta e o estilo de vida são importantes para reverter e controlar o diabetes. Um estudo de 2004 na revista Alternative Medicine Review mostrou que o óleo de krill reduziu o açúcar no sangue (glicose), enquanto um estudo de 2015 no British Medical Journal mostrou que 1.000 mg por dia podem ajudar a tornar a insulina mais eficiente aumentando a sensibilidade à glicose. Estudos adicionais estão em processo.

Aumenta as boas bactérias intestinais

O óleo de krill fornece uma excelente fonte de alimentos para bactérias no intestino e ajuda a promover as boas bactérias intestinais. É um prebiótico. Cepas bacterianas, como lactobacillus e bifidobacteria, são fundamentais para a saúde intestinal, e o óleo de krill ajuda as boas bactérias a crescerem enquanto mantém as más bactérias em cheque. Uma barreira intestinal saudável previne a pessoa de desenvolver intestino poroso, uma condição que tem numerosas consequências à saúde associadas a ela. Saiba mais sobre intestino poroso.

Fertilidade

Problemas de fertilidade são uma preocupação para muitos casais. A baixa contagem de esperma e má qualidade do esperma são motivos comuns pelos quais um casal não consegue engravidar. O tratamento de problemas relacionados à infertilidade por especialistas pode custar dezenas de milhares de dólares. Um estudo em 2017 na revista Andrology mostrou que o óleo de krill pode melhorar a concentração e motilidade do esperma. Esta pode ser uma opção barata de primeira linha a ser considerada.

Perda de peso

O excesso de peso é uma questão de saúde mundial. Apenas nos Estados Unidos, duas em três pessoas - ou 215 milhões de pessoas - são consideradas acima do peso ou obesas. A obesidade também está se tornando rapidamente um problema na China, Rússia e Europa.  Isso pode aumentar o risco de vários problemas médicos, incluindo diabetes, doenças cardíacas e derrames.  Uma dieta equilibrada e exercícios regulares são fundamentais para manter um peso saudável. Suplementos às vezes também podem ajudar. Um estudo de 2017 na revista PLOS mostrou que o óleo de krill pode ajudar na perda de peso em camundongos obesos, possivelmente alterando a microflora intestinal para aumentar o metabolismo.  Mais pesquisas, porém, ainda são necessárias nas populações humanas.

Melhora a memória

A doença de Alzheimer é agora a terceira causa principal de morte nos Estados Unidos, e a forma mais comum de demência reconhecida pelos médicos. O óleo de krill ajuda a manter estes níveis. Um estudo em 2017 na revista Food and Function suporta o benefício do óleo de krill para função cognitiva usando modelos animais. Adicionalmente, um estudo em 2013 na revista Clinical Interventions in Aging mostrou que a função cognitiva melhorou em idosos que consumiram óleo de krill. Há outros suplementos que podem ajudar a melhorar a memória, especialmente quando tomados em combinação. Saiba mais sobre outras maneiras de melhorar sua memória.  

Olhos secos

À medida que a pessoa envelhece, os ductos lacrimais nos olhos tornam-se menos eficientes para fabricar fluido (lágrimas) e manter os olhos úmidos. Isso pode resultar em visão borrada, vermelhidão nos olhos, ou sensação de corpo estranho no olho. Olhos secos fazem milhões de pessoas consultarem um oftalmologista todos os anos.  Um estudo em 2017 na revista Ophthalmology demonstrou que pacientes com olhos secos melhoraram quando foram suplementados com óleo de krill. Outro estudo em 2017 mostrou achados semelhantes e a proteção dos olhos da oxidação em pacientes que receberam óleo de krill a uma dose de 1.500 mg por dia.

Reduz a inflamação na artrite reumatoide

Artrite reumatoide é o resultado de uma condição autoimune onde o sistema imunológico da pessoa ataca o revestimento das articulações.  Isso resulta em destruição da cartilagem e pode ocorrer em qualquer idade.  Há uma forma chamada Artrite Reumatoide Juvenil (ARJ), que afeta crianças. Ela começa no decorrer de algumas semanas ou meses com rigidez matinal, normalmente persistindo por mais de uma hora e, às vezes, o dia todo.  Muitos pacientes também terão problemas digestivos associados e, em geral, podem se sentir cansados e doentes.

Estudos mostram que até 60 por cento das pessoas diagnosticadas com artrite reumatoide experimentaram Terapia Complementar ou Alternativa em uma tentativa de tratar sua condição. Óleo de krill é um destes tratamentos.  Consulte Artrite, Gerenciamento Natural da Dor para outras opções.

Um estudo em 2010 mostrou que o óleo de krill pode reduzir a inflamação vista na artrite reumatoide, enquanto outro estudo em 2010 na revista BMC Musculoskeletal mostrou que o óleo de krill pode ser útil para prevenir a artrite reumatoide de começar.

Osteoartrite

Osteoartrite normalmente é o resultado do "desgaste e rompimento" natural das articulações.  Ela resulta da destruição da cartilagem, que age como a almofada que recobre o osso. Os sinais iniciais da osteoartrite podem começar quando uma pessoa tem mais ou menos 40 anos de idade, e pode progredir com o envelhecimento. Está presente em quase todas as pessoas acima de 60 anos de idade.  

Sintomas da artrite:  

      • Dores articulares
      • Inchaço articular  
      • Rigidez nas articulações.
      • Deformidade articular
      • Perda da função articular

Um estudo em 2007 no American Journal of Clinical Nutrition mostrou que 300 mg de óleo de krill "inibe significativamente a inflamação e reduz os sintomas da artrite com um período de tratamento curto de 7 e 14 dias".  Um estudo de 2016, duplo-cego, controlado por placebo em pacientes com leve dor nos joelhos demonstrou que o óleo de krill pode reduzir a dor em doses diárias de 2.000 mg por dia.

Efeitos Colaterais

Muitos médicos avisam os pacientes que tomam afinadores do sangue, como warfarina (Coumadin) para não tomarem óleo de krill devido a um aumento percebido do risco de sangramento. Porém, estes receios podem não ter fundamento. Um estudo em 2016 na revista Nutrients mostrou que o óleo de krill não aumenta o risco de sangramento quando tomado com afinadores do sangue. Mulheres grávidas devem consultar seus médicos antes de tomar quaisquer suplementos.

Uso sugerido

A dose comum do óleo de krill é 500 mg a 2.000 mg por dia. Alguns fabricantes combinam o óleo de krill com astaxantina,  o que fornece benefícios extras anti-inflamatórios e antioxidantes.  

Resumo

Óleo de krill tem numerosos benefícios à saúde e é tomado como alternativa ao óleo de peixe com ômega-3 por muitas pessoas. O óleo de krill parece ser mais potente e igualmente eficiente como uma dose alta de óleo de peixe com ômega-3.   O óleo de krill é tomado frequentemente por seus efeitos de diminuição da inflamação da PCR ou como alternativa a medicamentos que diminuem o colesterol e triglicerídeos. Também é comumente utilizado para ajudar a reduzir dores relacionadas à artrite e ajudar com olhos e pele secos. Se você toma afinadores do sangue, converse com seu médico antes de adicioná-lo ao seu regime de suplementos. Um suplemento nunca deve substituir uma dieta saudável e bem equilibrada, rica em frutas e vegetais.

Referências:

    1. Mol Nutr Food Res. 2017 Aug 15. doi: 10.1002/mnfr.201700098. [Epub ahead of print]- Krill oil can help  prevent atherosclerosis
    2. Jayathilake AG, Senior PV, Su XQ. Krill oil extract suppresses cell growth and induces apoptosis of human colorectal cancer cells. BMC Complementary and Alternative Medicine. 2016;16(1):328. doi:10.1186/s12906-016-1311-x.
    3. J Am Coll Nutr. 2007 Feb;26(1):39-48.
    4. Cicero AFG, Rosticci M, Morbini M, et al. Lipid-lowering and anti-inflammatory effects of omega 3 ethyl esters and krill oil: a randomized, cross-over, clinical trial. Archives of Medical Science : AMS. 2016;12(3):507-512. doi:10.5114/aoms.2016.59923.
    5. 80% of cholesterol is made in the liver , accessed October 31st, 2017. https://www.health.harvard.edu/heart-health/how-its-made-cholesterol-production-in-your-body
    6. Altern Med Rev 2004;9(4):420-428
    7. Li, D.-M., Zhou, D.-Y., Zhu, B.-W., Chi, Y.-L., Sun, L.-M., Dong, X.-P., Qin, L., Qiao, W.-Z. and Murata, Y. (2013), Effects of krill oil intake on plasma cholesterol and glucose levels in rats fed a high-cholesterol diet. J. Sci. Food Agric., 93: 2669–2675. doi:10.1002/jsfa.6072
    8. Nutr Res. 2014 Feb;34(2):126-33. doi: 10.1016/j.nutres.2013.12.003. Epub 2013 Dec 18.
    9. Sorin Ursoniu, Amirhossein Sahebkar, Maria-Corina Serban, Diana Antal, Dimitri P. Mikhailidis, Arrigo Cicero, Vasilios Athyros, Manfredi Rizzo, Jacek Rysz, Maciej Banach, for the Lipid and Blood Pressure Meta-analysis Collaboration Group; Lipid-modifying effects of krill oil in humans: systematic review and meta-analysis of randomized controlled trials, Nutrition Reviews, Volume 75, Issue 5, 1 May 2017, Pages 361–373, https://doi.org/10.1093/nutrit/nuw063
    10. Sorin Ursoniu, Amirhossein Sahebkar, Maria-Corina Serban, Diana Antal, Dimitri P. Mikhailidis, Arrigo Cicero, Vasilios Athyros, Manfredi Rizzo, Jacek Rysz, Maciej Banach, for the Lipid and Blood Pressure Meta-analysis Collaboration Group; Lipid-modifying effects of krill oil in humans: systematic review and meta-analysis of randomized controlled trials, Nutrition Reviews, Volume 75, Issue 5, 1 May 2017, Pages 361–373, https://doi.org/10.1093/nutrit/nuw063
    11. (Altern Med Rev 2004;9(4):420-428
    12. Lobraico JM, DiLello LC, Butler AD, Cordisco ME, Petrini JR, Ahmadi R. Effects of krill oil on endothelial function and other cardiovascular risk factors in participants with type 2 diabetes, a randomized controlled trial. BMJ Open Diabetes Research & Care. 2015;3(1):e000107. doi:10.1136/bmjdrc-2015-000107.
    13. Andrology. 2017 May;5(3):423-430. doi: 10.1111/andr.12348. Epub 2017 Mar 23.
    14. PLoS One. 2017 Oct 9;12(10):e0186216. doi: 10.1371/journal.pone.0186216. eCollection 2017.
    15. Cheong LZ, Sun T, Li Y, et. al., Dietary krill oil enhances neurocognitive functions and modulates proteomic changes in brain tissues of d-galactose induced aging mice. Food Funct. 2017 May 24;8(5):2038-2045. doi: 10.1039/c6fo01848c.
    16. Konagai C, Yanagimoto K, Hayamizu K, Han L, Tsuji T, Koga Y. Effects of krill oil containing n-3 polyunsaturated fatty acids in phospholipid form on human brain function: a randomized controlled trial in healthy elderly volunteers. Clinical Interventions in Aging. 2013;8:1247-1257. doi:10.2147/CIA.S50349.
    17. Deinema LA, Vingrys AJ, Wong CY, et. al.  A Randomized, Double-Masked, Placebo-Controlled Clinical Trial of Two Forms of Omega-3 Supplements for Treating Dry Eye Disease.  Ophthalmology. 2017 Jan;124(1):43-52. doi: 10.1016/j.ophtha.2016.09.023. Epub 2016 Nov 3.
    18. Ierna M, Kerr A, Scales H, Berge K, Griinari M. Supplementation of diet with krill oil protects against experimental rheumatoid arthritis. BMC Musculoskeletal Disorders. 2010;11:136. doi:10.1186/1471-2474-11-136.
    19. Ierna M, Kerr A, Scales H, Berge K, Griinari M. Supplementation of diet with krill oil protects against experimental rheumatoid arthritis. BMC Musculoskeletal Disorders. 2010;11:136. doi:10.1186/1471-2474-11-136.
    20. Journal of the American College of Nutrition. 2007 Feb;26(1):39-48.
    21. Suzuki Y, Fukushima M, Sakuraba K, Sawaki K, Sekigawa K. Krill oil Improves Mild Knee Joint Pain: A Randomized Control Trial. Gagnier JJ, ed. PLoS ONE. 2016;11(10):e0162769. doi:10.1371/journal.pone.0162769.
    22. Pryce R, Bernaitis N, Davey AK, Badrick T, Anoopkumar-Dukie S. The Use of Fish Oil with Warfarin Does Not Significantly Affect either the International Normalised Ratio or Incidence of Adverse Events in Patients with Atrial Fibrillation and Deep Vein Thrombosis: A Retrospective Study. Nutrients. 2016;8(9):578. doi:10.3390/nu8090578.

Artigos Relacionados

Ver tudo

Bem-estar

Um guia rápido sobre a luteína e zeaxantina

Bem-estar

Dicas para se manter saudável durante o jet lag

Bem-estar

Mix de óleos essenciais inspirados pelo amor