beauty2 heart-circle sports-fitness food-nutrition herbs-supplements

4 Antioxidantes Essenciais para Manter o Microbioma da Pele Saudável

Por Dr. Gabriel Espinoza

Neste artigo:


‌‌‌O que é o microbioma da pele?

A pele é o maior órgão do corpo. Ela funciona como uma barreira física do corpo que protege de danos causados por organismos estranhos ou substâncias prejudiciais. 

O microbioma da sua pele é composto por diversos microrganismos incluindo bactérias, vírus e até fungos. Eles são em sua maioria inofensivos, já que criam uma relação simbiótica conosco, tendo papéis essenciais que vão desde ajudar com o nosso odor até fortalecer nosso sistema imune.

Manter a saúde da pele e desse microbioma complexo depende dos nutrientes que você consome e do ambiente ao seu redor.

‌‌‌‌Anatomia da Pele

A pele tem três camadas incluindo a epiderme, que é formada de um agrupamento células completamente maduras da pele. Ela fornece a primeira camada de proteção, com milhões de germes vivendo ali em perfeito equilíbrio. 

Na camada da derme, que fica ligeiramente abaixo, são encontradas glândulas sudoríparas, sebáceas e os folículos dos pelos, além de pequenos vasos sanguíneos que trazem nutrientes e carregam resíduos provenientes da camada externa ou que vão para ela.

Ela também contém diversos germes incluindo bactérias e fungos, responsável pelo cheiro que ocorre quando você se exercita ou sua. O nível mais profundo (formado predominantemente por tecido gorduroso), é a camada subcutânea onde estão os vasos sanguíneos maiores. Menos microrganismos são encontrados aqui, mas essa parte é essencial para o turgor da pele.

A nutrição é refletida na pele, já que a pele reflete o bem-estar do corpo. Manter um microbioma equilibrado é importante, já que essa relação simbiótica ajuda a manter a aparência saudável da sua pele. A falta de nutrientes pode fazer com que estes microrganismos causem mais danos do que benefícios.

‌‌‌‌Hidratação da Pele

Manter a pele hidratada é essencial para a sua elasticidade, já que mais de 50% das suas células são feitas de água. A pele desidratada pode parecer seca, descascada e repuxada. Isso também pode causar coceira e rachaduras, permitindo que as bactérias penetrem através de uma barreira intacta, levando a infecções de pele como a celulite. Além disso, para manter a elasticidade e a firmeza, a pele desidratada sinaliza para que as glândulas sebáceas produzam mais óleo, o que pode levar ao entupimento dos poros, que podem se tornar infectados.

Você sabe se sua hidratação está adequada se raramente sente sede ou se sua urina for incolor ou de uma cor amarela clara. Algumas pessoas precisam de somente alguns copos d´água, outras podem precisar de até 15 copos. Isso depende do seu nível de atividade. Água pura pode ser sem graça, então saborizá-la é uma ótima maneira de incrementar seu consumo diário de água.

‌‌‌‌Manter a Pele Limpa

Tão importante quanto manter a pele hidratada bebendo muita água, é manter a superfície limpa e seca. O excesso de umidade pode levar ao crescimento excessivo de bactérias e fungos que podem causar infecções locais de pele. Isso é particularmente importante após suar, já que a umidade nas dobras e cantinhos tende a ter mais fricção e menos acesso à luz, levando ao crescimento excessivo de bactérias e fungos. Isso pode levar a infecções fúngicas como tinha, cândida cutânea e pé-de-atleta, por exemplo. Por isso é importante manter a superfície da pele seca e usar tecidos que não prendam a umidade, como micro-modal e algodão.

Manter suas mãos limpas também é essencial para a saúde da pele, pois elas são a maneira que usamos para alcançar e fazer conexão com o mundo externo. Também tocamos o rosto com elas, em média dez vezes por hora. Por isso é importante lavar suas mãos com frequência por pelo menos 20 segundos com sabão antibacteriano e água. Se água e sabão não estiverem disponíveis, você pode usar um higienizador para mãos com pelo menos 60% de álcool.

Quando usar um higienizador de mãos, certifique-se de usar uma loção hidratante sem cheiro, já que o álcool pode levar ao ressecamento e rachaduras na pele, que podem causar irritações e promover pequenas infecções locais.

‌‌‌‌Proteínas São Importante Para a Pele

O microbioma da sua pele precisa de uma base forte para se sair bem. A base da pele é feita de colágeno, a proteína mais abundante no corpo humano. Esta proteína também é responsável pela estrutura, firmeza e força da pele. Os danos normais à pele que ocorrem com o envelhecimento podem ser revertidos com a suplementação de colágeno.

Ao ser ingerida, a suplementação de colágeno pode apoiar a hidratação e elasticidade da pele, já que a proteína é quebrada em seus blocos de construção principais e depositada na pele. Quando comparada a um placebo, a suplementação de colágeno pode até ajudar a reduzir o aparecimento de rugas nos olhos. A quantidade diária recomendada varia, com estudos sugerindo de 1,5 a 2,5 gramas por dia, e em alguns casos até 10 gramas por dia.

‌‌‌‌4 Antioxidantes Essenciais Para a Pele

Nossa pele está sujeita a muito estresse oxidativo, em sua maioria proveniente da exposição à luz UV, mas também de reações metabólicas comuns e cosméticos. O microbioma da nossa pele tem um equilíbrio delicado onde muito estresse oxidativo pode levar a uma pele sem saúde e envelhecimento ainda mais rápido. Por isso é importante ter uma dieta rica em antioxidantes e repleta das seguintes vitaminas.

Vitamina C Contra o Envelhecimento

vitamina C é um componente essencial em uma dieta humana saudável, pois o corpo não consegue produzí-la. A vitamina C é encontrada em frutas cítricas e diversas pimentas. A vitamina C pode ser benéfica na forma de séruns tópicos já que ela é o componente principal da proteína colágeno encontrada na pele. Ela pode ajudar com a descoloração da pele e fornecer proteção contra o envelhecimento causado pelo sol. A vitamina C oral ajuda pois é um antioxidante e pode apresentar benefícios para prevenir danos às células da pele causados por radicais livres.

Os Efeitos Protetores da Vitamina E

vitamina E é outro antioxidante que pode ajudar no efeito antienvelhecimento, ao proteger o colágeno bem como o tecido gorduroso sob a camada da derme. Ela pode ser encontrada no óleo de cártamo, milho, soja e alguns tipos de carne. As vitaminas E e C podem funcionar de forma sinérgica e podem ajudar a estabilizar os danos celulares que ocorrem quando o corpo é exposto aos raios UV em ambientes abertos.

A vitamina A e a Proteção Solar

vitamina A  vem dos carotenoides, que incluem o betacaroteno, licopeno e retinol. Eles são antioxidantes muito eficientes e já foi demonstrado que eles protegem contra os danos solares. O betacaroteno pode ser encontrado na cenoura, batata doce, manga e mamão. A suplementação com betacaroteno pode ajudar a reduzir a severidade das queimaduras da pele após muita exposição ao sol. 

licopeno, diferente do betacaroteno, é encontrado em frutas com a cor vermelha, como tomates, melancias ou outras frutas vermelhas. Quando exposto ao excesso de luz UV, o licopeno é o primeiro a ser destruído, então a suplementação com ele pode ajudar a prevenir danos solares adicionais.

Oretinol é outro carotenoide importante para o corpo humano, já que não conseguimos sintetizá-lo. Ele é essencial para o crescimento de novas células da pele e manutenção das suas camadas superiores. Na alimentação, pode ser encontrado em alimentos gordurosos, incluindo leite, gema de ovo, queijo e queijos gordurosos. As variantes orais e tópicas do retinol podem ajudar a evitar o envelhecimento avançado da pele que pode ocorrer com o excesso de exposição ao sol.

Vitamina D e Inflamação

O corpo humano pode produzir a sua própria vitamina D através da exposição ao sol, já que a pele é o seu principal local de síntese. A vitamina D tem muitas funções no corpo humano, incluindo ajudar com a resposta imune e regular a inflamação.

À medida que o corpo envelhece, sua habilidade de produzir vitamina D diminui. A suplementação é essencial, especialmente para pessoas que ficam em ambientes fechados por longos períodos. A Academia Americana de Dermatologia recomenda pelo menos 200 UI para adultos e uma dose mais alta de 400 UI para pessoas com mais de 50 anos. Um nível máximo seguro de vitamina D vai de 10000 UI a 40000 UI  por dia.

‌‌‌‌Antioxidantes Herbais Para a Pele

Já foi demonstrado que o chá verde apresenta benefícios para a saúde da pele. Também já foi demonstrado que formulações tópicas contendo chá verde melhoram a elasticidade da pele. Ele também pode ajudar a prevenir os danos excessivos causados pelo sol.

curcumina, o principal componente do  açafrão, pode ajudar o corpo a lidar com o estresse oxidativo. Ela pode ser adicionada como tempero às suas refeições preferidas, adicionada a chás com leite e tomada como suplemento. Temperos que ajudam com a inflamação podem ser benéficos para pessoas com condições inflamatórias crônicas de pele. 

‌‌‌Os Probióticos Podem Beneficiar a Pele?

Assim como a microflora do intestino, o microbioma da pele também está em equilíbrio. Existe a hipótese de que a suplementação com  probióticos,especialmente os lactobacilos e enterococcus (que são residentes naturais do trato intestinal) pode conferir benefícios para a saúde do microbioma da pele. Estudos mostram que um microbioma intestinal saudável pode influenciar a resposta imune e diminuir a inflamação, o que pode ajudar a diminuir as chances de ter infecções de pele como a acne, bem como sintomas de outras condições de pele relacionadas à inflamação.

Lembre-se que seu corpo, sua pele e o microbioma da sua pele precisam de um equilíbrio saudável. Ter uma dieta saudável repleta de vitaminas e antioxidantes ajudará a fortificar a sua pele e a manter o microbioma saudável. A lavagem frequente das mãos manterá você e as pessoas que ama seguras. Por fim, lembre-se de manter a superfície da sua pele seca enquanto hidrata, para mantê-la com uma aparência jovem e saudável. 

Referências:

  1. Andersson T., Ertürk Bergdahl G., Saleh K. et al. Common skin bacteria protect their host from oxidative stress through secreted antioxidant RoxP. Scientific Reports, 2019; 9(1). doi: 10.1038/s41598-019-40471-3
  2. Bolke L., Schlippe G, Gerß J, Voss W. A collagen supplement improves skin hydration, elasticity, roughness, and density: results of a randomized, placebo-controlled, blind study. Nutrients. 2019;11(10):2494. doi: 10.3390/nu11102494
  3. Grice EA, Segre JA. The skin microbiome [published correction appears in Nat Rev Microbiol. 2011 Aug;9(8):626]. Nat Rev Microbiol. 2011;9(4):244-253. doi: 10.1038/nrmicro2537
  4. Prescott SL, Larcombe DL, Logan AC, et al. The skin microbiome: impact of modern environments on skin ecology, barrier integrity, and systemic immune programming. World Allergy Organ J. 2017;10(1):29. doi: 10.1186/s40413-017-0160-5
  5. Bolke L, Schlippe G, Gerß J, Voss W. A collagen supplement improves skin hydration, elasticity, roughness, and density: results of a randomized, placebo-controlled, blind study. Nutrients. 2019;11(10):2494. doi:10.3390/nu11102494
  6. Schagen SK, Zampeli VA, Makrantonaki E, Zouboulis CC. Discovering the link between nutrition and skin aging. Dermatoendocrinol. 2012;4(3):298-307. doi: 10.4161/derm.22876
  7. Water: How much should you drink every day? https://www.mayoclinic.org/healthy-lifestyle/nutrition-and-healthy-eating/in-depth/water/art-20044256. Publicado em 6 de setembro de 2017. Acessado em 14 de setembro de 2020. 

Artigos Relacionados

Ver tudo

Beleza

As melhores dicas para tratar a acne de dentro para fora

Beleza

O que são fitoesteróis? Deixe sua pele mais firme e hidratada com este ingrediente!

Beleza

Por que o picnogenol (extrato de casca de pinheiro) é o próximo superingrediente dos cuidados com a