checkoutarrow
BR
Ajuda 24 horas
beauty2 heart-circle sports-fitness food-nutrition herbs-supplements
Condições

Abordagens naturais para prevenção e tratamento dos cálculos biliares (pedras na vesícula)

22 Outubro 2018

Por Venus Ramos, MD

A vesícula biliar é um pequeno órgão em formato de pera que fica próximo ao fígado, na parte superior do abdômen. A principal função da vesícula biliar é armazenar a bile, uma substância secretada pelo fígado e que auxilia a digestão. Especificamente, a bile ajuda o corpo a digerir gorduras e as vitaminas lipossolúveis A, D, E e K. A bile também pode, algumas vezes, se cristalizar e formar depósitos duros, chamados de cálculos biliares ou pedras na vesícula.

Os cálculos biliares podem ter muitos tamanhos, variando desde abaixo de um grão de areia até maior do que uma bola de golfe. Existem, principalmente, dois tipos de cálculos biliares – de colesterol ou de pigmentos. Cerca de 80% dos cálculos são da variedade de colesterol, que resultam quando o colesterol se cristaliza na bile. As pedras de pigmentos são compostas por bilirrubina, o principal pigmento da bile.

Os cálculos biliares podem existir no nosso corpo por muitos anos sem causar qualquer problema significativo. Porém, quando um cálculo biliar fica alojado no duto que sai da vesícula biliar, isso pode resultar em muita dor. A dor pode ser intermitente, pois os cálculos biliares podem ser deslocados do duto por conta própria. Quando esse duto biliar comum permanece bloqueado, a bile se acumula, o que pode criar uma inflamação na vesícula biliar, um problema conhecido como colecistite.

Tratamentos naturais ou alternativos para as vesículas biliares podem ser um gerenciamento apropriado durante o período anterior ao desenvolvimento da colecistite. Porém, depois que a vesícula biliar é completamente bloqueada, o tratamento cirúrgico é urgente. Então, depois que você começa a apresentar os sintomas – que podem ser febre, náusea, vômito, urina escura, diarreia, arrotos, indigestão, dor abdominal ou fezes de coloração acinzentada – é importante procurar atendimento médico.

Dicas para evitar os cálculos biliares

A melhor forma de evitar a cirurgia é evitar que os cálculos biliares apareçam. Aqui estão algumas formas:

Equilibre seus hábitos alimentares

Inclua mais alimentos ricos em fibras e ácidos graxos saudáveis, menos carboidratos refinados e menos açúcar.

Perca peso de forma segura e saudável (caso esteja acima do peso)

Certifique-se de não emagrecer rápido demais, pois isso faz com que o fígado libere colesterol demais na bile. A perda de peso também pode impedir um bom esvaziamento da vesícula biliar. Essas situações aumentam o risco da formação de um cálculo biliar.

Exercite-se regularmente

Os exercícios regulares não só ajudam a manter um peso saudável, como também existem pesquisas que sugerem que pessoas que se exercitam regularmente têm menos chance de desenvolver cálculos biliares.

Tenha movimentos intestinais regulares

A prisão de ventre crônica aumenta seu risco de formação de um cálculo biliar.

Suplemente com psyllium

O Psyllium é uma ótima fonte de fibras solúveis, que se combina ao colesterol na bile e pode evitar a formação do cálculo biliar. Além disso, o psyllium ajuda a evitar a prisão de ventre.

Tome vitamina C

A vitamina C ajuda a aumentar a quebra do colesterol. Em um estudo, mulheres com níveis sanguíneos de vitamina C mais altos apresentaram metade do risco de desenvolver cálculos biliares, quando comparadas a mulheres com riscos menores. 200 mg diariamente é a dose recomendada.

Dicas para tratar os cálculos biliares

Talvez você já saiba que tem cálculos biliares – talvez eles tenham sido descobertos acidentalmente durante um ultrassom – e ainda não apresente nenhum sintoma. Você deve tentar tratá-los antes que causem um problema que exija uma cirurgia. Estes suplementos podem ajudar:

Hortelã

O óleo de hortelã auxilia o seu sistema digestivo, estimulando o fluxo de bile e outros fluidos digestivos. Além disso, a hortelã é um terpeno, um composto herbáceo que, segundo pesquisas, consegue dissolver cálculos biliares. Para usar o óleo de hortelã, cápsulas com revestimento entérico são uma boa escolha, porque elas passam pelo estômago e liberam o óleo onde sua ação é necessária – os intestinos delgado e grosso.

Cardo de leite

A erva cardo de leite pode estimular a formação e o fluxo da bile. Foi demonstrado que ela melhora a liquidez da bile. Em um estudo, níveis bem mais baixos de colesterol foram encontrados na bile de pacientes que tomavam o cardo de leite.

Artigos Relacionados

Ver tudo

Condições

Ervas Naturais e Demência Vascular

Condições

Abordagens naturais para a prisão de ventre

Condições

Remédios naturais para a dor nas articulações