beauty2 heart-circle sports-fitness food-nutrition herbs-supplements

4 formas naturais de reforçar a saúde dos pulmões

Pela Dra. Candace Mathers, ND

Neste artigo:


A saúde respiratória é uma grande preocupação global no momento. Nós estamos em um momento único da história, em que o cuidado com a saúde pulmonar virou uma preocupação que não é mais única daqueles que possuem doenças crônicas. Afinal, ter pulmões saudáveis é uma grande prioridade para qualquer pessoa que deseja ter uma boa saúde e um bem-estar geral.

Uma saúde respiratória precária representa uma preocupação séria, pois pode levar a doenças respiratórias, como a gripe. Enfermidades que contribuem para uma saúde respiratória precária, como a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) ou a fibrose cística, podem causar enormes problemas à saúde geral e ao bem-estar. Além disso, essas doenças foram ligadas a outras enfermidades debilitantes, como a doença cardiovascular.

Promover a saúde dos pulmões não só é benéfico, como também é necessário. Vitamina Avitamina Cginseng vermelho e Cordyceps podem ajudar a reforçar a saúde pulmonar.

Vitamina A, pulmões e saúde alveolar

Quando muitas pessoas pensam na vitamina A, a saúde dos olhos é a primeira coisa que vem à mente. Apesar de a vitamina A possuir tremendos benefícios para a saúde ocular, ela também ajuda a reforçar a saúde dos pulmões.

A vitamina A é um nutriente que pertence a uma classe específica, chamada de vitaminas lipossolúveis. As vitaminas lipossolúveis, que incluem as vitaminas D, E e K, são absorvidas pelo trato gastrointestinal e armazenadas no tecido adiposo e no fígado.

Por ser lipossolúvel e armazenada no tecido adiposo, a vitamina A não é prontamente expelida pelo corpo, portanto, esse nutriente em excesso pode ser tóxico.

A vitamina A pode ser essencial para auxiliar a saúde dos pulmões. Pesquisas mostram que a vitamina A pode ser crucial para o desenvolvimento da saúde de pulmões e alvéolos – pequenas bolsas de ar que participam de trocas gasosas – no início da vida, além de manter a estrutura e a integridade dos pulmões durante a vida.

Pesquisas revelam que a deficiência de vitamina A pode ser ligada à displasia broncopulmonar, uma doença respiratória séria na qual os pulmões não se desenvolvem normalmente e que, geralmente, afeta bebê prematuros. Além disso, estudos mostram que até uma deficiência moderada de vitamina A pode levar não só a um maior risco de infecções respiratórias, mas também a infecções repetidas.

A deficiência de vitamina A costuma ser determinada como menos de 15 microgramas/decilitro (mcg/dL), ou menos de 0,52 micromols/litro (μmol/L), dependendo do laboratório no qual o exame é realizado. As faixas normais são de 15-60 mcg/dL, ou 0,52-2,09 μmol/L. O National Institutes of Health (NIH) recomenda um consumo de 900 mcg de vitamina A por dia para homens e 700 mcg para mulheres.

A vitamina A pode ser encontrada em alimentos como melão Cantalupo, porém, para garantir a biodisponibilidade – a capacidade do seu corpo de absorver e usar uma vitamina ou mineral específico – você pode obter sua vitamina A de superalimentos de alta qualidade ou suplementos de vitamina A.

‌‌‌A vitamina C pode auxiliar a função pulmonar 

A vitamina C tem tido um pouco de fama nos últimos meses, graças às suas poderosas propriedades antioxidantes, porém, a vitamina C também pode ajudar a auxiliar a saúde pulmonar.

A vitamina C pertence a uma classe diferente da vitamina A, pois sua natureza é hidrossolúvel, não lipossolúvel. Isso significa que esse nutriente não é armazenado em grandes quantidades no corpo, e qualquer excesso da vitamina C é prontamente expelido pelo corpo. Isso também significa que pode haver menos risco de toxicidade em relação às vitaminas lipossolúveis.

Pesquisas sugerem que a vitamina C pode ser um poderoso auxílio para a função pulmonar. Um baixo consumo de vitamina C foi ligado a uma função pulmonar reduzida em homens e mulheres. Por outro lado, altos níveis do nutriente foram associados a uma melhor função pulmonar. Pesquisas também sugerem que um baixo consumo de vitamina C em conjunto com o tabagismo pode levar à DPOC no decorrer da vida.

Estudos mostram que um consumo adequado de vitamina C pode não só ajudar a reduzir o número de resfriados que você deve ter durante o ano, como também pode reduzir a duração do resfriado e, em testes controlados, ainda ajudou a prevenir a pneumonia.

Apesar de a deficiência de vitamina C costumar ser identificada em grupos de risco, como pessoas sem teto, idosos, mulheres e pessoas com problemas psiquiátricos, pesquisas sugerem que o baixo consumo de vitamina C pode ser subestimado na população geral.

Níveis abaixo de 2,5 miligramas por litro (mg/L) podem sugerir uma deficiência de vitamina C. O National Institutes of Health recomenda um mínimo diário de 90 mg para homens e 75 mg para mulheres.

A vitamina C pode ser encontrada em alimentos como frutas cítricas, porém, se você tem problemas com o seu nível do nutriente, a vitamina C lipossomal  pode ser uma opção. A vitamina C lipossomal entra facilmente na corrente sanguínea e pode ter menos efeitos colaterais gastrointestinais, como cólicas ou diarreia, em comparação com a vitamina C tradicional.

Apesar de a vitamina C lipossomal ter maior biodisponibilidade e ter menos efeitos colaterais no intestino, a opção convencional ainda pode ser uma ótima escolha para aumentar seu consumo de vitamina C.

O ginseng vermelho e o reforço imunológico

ginseng vermelho é uma planta que tem sido utilizada na medicina tradicional asiática, principalmente nas culturas da Coreia, da China e do Japão, por pelo menos mil anos.

Apesar de o ginseng vermelho ter sido tradicionalmente usado nessas culturas para tratar a infertilidade masculina e a disfunção erétil e para melhorar a longevidade sexual, pesquisas estão começando a sugerir que ela também pode ser uma poderosa erva para os pulmões.

Enquanto pesquisas demonstram que as vitaminas A e C podem ser importantes ingredientes para o desenvolvimento e a função saudável dos pulmões durante a vida, elas mostram que a força do ginseng vermelho pode estar nas suas propriedades antivirais e de auxílio imunológico.

O ginseng vermelho é um poderoso antiviral. Pesquisas mostram que ele pode proteger contra o vírus sincicial respiratório – comumente chamado de VSR – e o vírus Influenza A, ajudando a estimular o sistema imunológico e reduzir a inflamação pulmonar associada a esses vírus.

Foi demonstrado que o ginseng vermelho, em conjunto com a vitamina C, pode ser muito poderoso na redução da inflamação pulmonar e no aumento da atividade do sistema imunológico, principalmente em células imunológicas especializadas chamadas de células exterminadoras naturais.

Além disso, estudos sugerem que o ginseng vermelho é um forte adaptógeno. Adaptógenos são substâncias especiais, como ervas, que podem reforçar a resistência do corpo a certos tipos de estressores, sejam internos, como um estresse financeiro ou familiar, ou externo, como um vírus.

Apesar de não haver uma quantidade recomendada padrão de ginseng vermelho, as doses costumam variar entre 200-600 mg ou mais, para promover uma saúde pulmonar adequada.

O ginseng vermelho pode ser poderoso – não só como um antiviral, mas também como um anti-inflamatório. As pesquisas que mostram que ele pode auxiliar a saúde pulmonar, principalmente no combate a doenças infecciosas, são promissoras.

‌‌Cordyceps e a resistência pulmonar

Cordyceps é um gênero que pertence à família dos cogumelos, contendo mais de 400 espécies. O cogumelo Cordyceps, com o Cordyceps Sinensis sendo um dos mais conhecidos e estudados, tem sido utilizado por milhares de anos na medicina tradicional chinesa. Os chineses antigos usavam Cordyceps para quase tudo, desde a recuperação de doenças do fígado, do coração e dos rins até o auxílio à longevidade e o reforço da saúde geral.

O Cordyceps também pode ter uma poderosa tradição no auxílio e na promoção da saúde pulmonar na medicina chinesa. Hoje, essa associação antiga está sendo demonstrada com pesquisas científicas modernas.

Por exemplo, estudos que avaliam o Cordyceps em pessoas que sofrem de asma mostram que ele pode ser benéfico na melhora da qualidade de vida, em casos de asma moderada a severa. Um estudo demonstrou que aqueles que consumiram Cordyceps durante os 3 meses da pesquisa não só apresentaram uma melhora qualidade de vida em comparação ao grupo de controle, como também tiveram menores níveis de inflamação, conforme mensurado por marcadores como o IgE no sérum.

O Cordyceps pode melhorar não só a vida de pessoas com asma. Um estudo demonstrou que pessoas com DPOC se beneficiaram da suplementação com o cogumelo. O consumo de Cordyceps não só ajudou a melhorar a função pulmonar, como também ajudou a melhorar a resistência em exercícios, reduziu sintomas de DPOC – como falta de ar, tosse crônica e fadiga – e melhorou a qualidade de vida geral das pessoas que sofrem de DPOC.

Apesar de não haver uma dosagem recomendada padrão para o Cordyceps, a dose pode variar de 1000 mg a 3000 mg para promover a saúde dos pulmões. Se essa dose parecer inatingível com o cogumelo cru, você pode tomar um suplemento de Cordyceps de alta qualidade na forma de cápsula ou pó.

Não se pode subestimar a importância de ter um sistema respiratório adequado e pulmões saudáveis. Felizmente, você pode reforçar a saúde dos pulmões de forma natural, com vitamina A, vitamina C, ginseng vermelho e Cordyceps.

Referências: 

  1. André S, Conde B, Fragoso E, et al. COPD and Cardiovascular Disease. Pulmonology. 2019;25(3):168-176. doi:10.1016/j.pulmoe.2018.09.006 
  2. Reverri EJ, Morrissey BM, Cross CE, Steinberg FM. Inflammation, oxidative stress, and cardiovascular disease risk factors in adults with cystic fibrosis. Free Radic Biol Med. 2014;76:261-277. doi:10.1016/j.freeradbiomed.2014.08.005 
  3. Timoneda J, Rodríguez-Fernández L, Zaragozá R, et al. Vitamin A Deficiency and the Lung. Nutrients. 2018;10(9):1132. Published 2018 Aug 21. doi:10.3390/nu10091132 
  4. Gawronski CA, Gawronski KM. Vitamin A Supplementation for Prevention of Bronchopulmonary Dysplasia: Cornerstone of Care or Futile Therapy?. Ann Pharmacother. 2016;50(8):680-684. doi:10.1177/1060028016647066 
  5. Biesalski HK, Nohr D. Importance of vitamin-A for lung function and development. Mol Aspects Med. 2003;24(6):431-440. doi:10.1016/s0098-2997(03)00039-6 
  6. Vitamin A Test. ucsfhealth.org. https://www.ucsfhealth.org/medical-tests/003570. Published 2020. Accessed August 17, 2020. 
  7. Office of Dietary Supplements - Vitamin A. Ods.od.nih.gov. https://ods.od.nih.gov/factsheets/VitaminA-Consumer/. Published 2020. Accessed August 17, 2020. 
  8. Gilliland FD, Berhane KT, Li YF, Gauderman WJ, McConnell R, Peters J. Children's lung function and antioxidant vitamin, fruit, juice, and vegetable intake. Am J Epidemiol. 2003;158(6):576-584. doi:10.1093/aje/kwg181 
  9. Pearson P, Britton J, McKeever T, et al. Lung function and blood levels of copper, selenium, vitamin C and vitamin E in the general population. Eur J Clin Nutr. 2005;59(9):1043-1048. doi:10.1038/sj.ejcn.1602209
  10. Subbarao P. Vitamin C for Pregnant Smokers to Improve Infant Lung Function. An Orange a Day Keeps the Respirologist Away?. Am J Respir Crit Care Med. 2019;199(9):1056-1057. doi:10.1164/rccm.201811-2128ED 
  11. Hemilä H. Vitamin C and Infections. Nutrients. 2017;9(4):339. Published 2017 Mar 29. doi:10.3390/nu9040339 
  12. Fain O. Carences en vitamine C [Vitamin C deficiency]. Rev Med Interne. 2004;25(12):872-880. doi:10.1016/j.revmed.2004.03.009 
  13. Lee SM, Bae BS, Park HW, et al. Characterization of Korean Red Ginseng (Panax ginseng Meyer): History, preparation method, and chemical composition. J Ginseng Res. 2015;39(4):384-391. doi:10.1016/j.jgr.2015.04.009
  14. Lee JS, Ko EJ, Hwang HS, et al. Antiviral activity of ginseng extract against respiratory syncytial virus infection. Int J Mol Med. 2014;34(1):183-190. doi:10.3892/ijmm.2014.1750 
  15. Lee JS, Hwang HS, Ko EJ, et al. Immunomodulatory activity of red ginseng against influenza A virus infection. Nutrients. 2014;6(2):517-529. Published 2014 Jan 27. doi:10.3390/nu6020517 
  16. Kim H, Jang M, Kim Y, et al. Red ginseng and vitamin C increase immune cell activity and decrease lung inflammation induced by influenza A virus/H1N1 infection. J Pharm Pharmacol. 2016;68(3):406-420. doi:10.1111/jphp.12529 
  17. Wang N, Li J, Huang X, Chen W, Chen Y. Herbal Medicine Cordyceps sinensis Improves Health-Related Quality of Life in Moderate-to-Severe Asthma. Evid Based Complement Alternat Med. 2016;2016:6134593. doi:10.1155/2016/6134593 
  18. Yu X, Mao Y, Shergis JL, et al. Effectiveness and Safety of Oral Cordyceps sinensis on Stable COPD of GOLD Stages 2-3: Systematic Review and Meta-Analysis. Evid Based Complement Alternat Med. 2019;2019:4903671. Published 2019 Apr 3. doi:10.1155/2019/4903671

Artigos Relacionados

Ver tudo

Bem-estar

As 9 Melhores Ervas da Medicina Tradicional Chinesa

Bem-estar

Curcumina – o melhor suplemento contra o envelhecimento

Bem-estar

Cardo Mariano: o Melhor Suplemento Para a Saúde do Fígado