header_search header_signed-out header_signed-in header_cart sharefilled circlex circleexclamation iherbleaf
checkoutarrow
BR
O produto foi adicionado ao carrinho
Total:
Desconto:
Junto:
Quantidade:
Cart Total:
Finalizar
Clientes também compraram:
Ajuda 24 horas
beauty2 heart-circle sports-fitness food-nutrition herbs-supplements
Nutrição

Os benefícios deliciosamente saudáveis do iogurte de castanha de caju sem lactose

2 Janeiro 2019

O iogurte com lactose pode causar preocupações para alguns, mas é fácil fazer a mudança para um iogurte à base de nozes. Um iogurte caseiro com caju e probióticos é delicioso, saudável, e pode ser feito em apenas alguns minutos.

Além de ser muito saboroso, os benefícios do iogurte incluem versatilidade e sensação de satisfação, porém, uma quantidade alta de iogurte tem a desvantagem de conter bastante lactose. Encontrar um bom iogurte livre de laticínios pode ser difícil, pois é difícil obter o gosto e os níveis certos de probióticos. Então pode ser mais fácil e saboroso fazer o iogurte em casa.

Por que escolher um iogurte sem lactose feito em casa

Para muitas pessoas, o iogurte é uma parte importante da dieta. Ele é rico em proteínas e gorduras, sendo um lanche excelente e uma adição a alguns alimentos. Porém, o iogurte tradicional é feito de leite, então as pessoas que evitam este ingrediente, seja por motivos éticos ou de saúde, não podem consumir iogurte normalmente.

Muitos tipos de iogurte parecem saudáveis, mas, na verdade, podem ser contaminados devido à inclusão dos laticínios. As produtoras de leite costumam tratar as vacas com hormônios para aumentar a produção de leite, e esses hormônios podem terminar nos laticínios, o que pode afetar algumas funções humanas normais. O leite também pode conter pesticidas dos alimentos que as vacas comem, ou antibióticos dos medicamentos das vacas. Esses tipos de toxinas podem se acumular em níveis perigosos no corpo humano.

Mesmo se você estiver bebendo laticínios orgânicos e de vacas alimentadas somente de grama, alguns problemas ainda podem aparecer, devido aos tipos básicos de nutrientes encontrados neste alimento. A quantidade de gordura do leite pode causar algumas dificuldades ao sistema cardiovascular. Este tipo de iogurte é rico em gordura saturada, que pode contribuir para o entupimento de artérias e causar problemas cardíacos. Laticínios são indicados para nutrir animais jovens, portanto, são ricos em um fator de crescimento parecido com a insulina, e o seu consumo regular como um adulto pode causar problemas. Altas quantidades de IGF-1 têm sido ligadas a riscos maiores de câncer de próstata, câncer de mama e diabetes. Além disso, os laticínios também podem ser um problema para as pessoas que se importam com os direitos dos animais. Apesar de existirem fazendas que tratam as vacas eticamente, a maioria dos laticínios do país vem de fazendas industriais.

Normalmente, os seres humanos têm dificuldade para digerir apropriadamente a lactose, a proteína encontrada nos laticínios. Pessoas que não têm os genes para processar a lactose tendem a sofrer com gases, cãibras e movimentos intestinais em excesso sempre que comem laticínios. Devido a isso, o leite é considerado o maior dos alérgenos.

Por causa dessas razões, muitas pessoas preferem comer um iogurte que não contenha laticínios. Uma excelente alternativa ao iogurte comum é o iogurte feito de nozes. As castanhas de caju têm um sabor muito leve, similar ao dos laticínios. Assim como os iogurtes à base de leite, os que são à base de nozes são uma fonte ideal de gorduras e proteínas. Eles podem ser uma fonte de gorduras e proteínas até mais saudável, por conter gorduras insaturadas à base de plantas. Essa é uma boa adição à dieta de uma pessoa que está tentando se alimentar com base em um regime cetogênico ou paleolítico.

Os benefícios da inclusão dos probióticos na dieta

Existem várias opções de iogurtes livres de laticínios no mercado, mas é difícil encontrar alguma que contenha probióticos. Os probióticos são um tipo de micro-organismo benéfico para o corpo humano. Existem muitos tipos de probióticos, incluindo Bifidobacterium e Lactobacillus. Ao contrário de outras formas de bactérias, os probióticos promovem ativamente a saúde enquanto residem no intestino, impedindo que bactérias prejudiciais cresçam descontroladamente.

Quando as bactérias intestinais estão desequilibradas devido a um alto nível de probióticos, as pessoas lidam com muito menos desconforto gastrointestinal. O estômago e os intestinos podem digerir apropriadamente os alimentos e expelir toxinas. As pessoas que tomam probióticos frequentemente não precisam lidar com inchaços, diarreia, estômago irritado e outros sinais de má digestão.

As pessoas que têm intolerâncias alimentares ou problemas digestivos com frequência costumam incluir probióticos em suas dietas. Eles auxiliam a digestão da lactose e de outros alérgenos, que podem fazer com que as pessoas tenham urticárias ou problemas digestivos. Pessoas com problemas como colite ulcerativa, doença inflamatória intestinal e doença de Crohn podem ajudar a controlar esse problema com suplementos de probióticos.

Os probióticos são conhecidos por serem benéficos para os intestinos, mas seus efeitos podem ser sentidos por todo o corpo. Algumas pesquisas descobriram que as bactérias probióticas podem produzir ácido lático, que pode ajudar a quebrar o colesterol e a reduzir os níveis de colesterol e pressão sanguínea. Os probióticos também ajudam a fortalecer o sistema imunológico e combater qualquer bactéria que uma pessoa consuma. Alguns estudos descobriram até que a suplementação com probióticos pode ajudar a reduzir sintomas de depressão, pois reduzem os níveis de hormônios do estresse no corpo.

Os probióticos não são só ótimos por melhorar a saúde, eles também são uma boa adição a alimentos porque melhoram o seu gosto. Sem a inclusão de probióticos, qualquer iogurte à base de nozes pode ter um gosto mais parecido com uma manteiga de nozes. As culturas probióticas crescem lentamente no iogurte, resultando no sabor associado ao iogurte.

Como fazer um iogurte probiótico e sem laticínios

Esta receita pode levar até dois dias para ser concluída porque os probióticos precisam fermentar no iogurte. É uma receita muito simples, que requer apenas cinco ingredientes e não leva mais do que alguns minutos de trabalho. Ela funciona porque as cascas de psyllium adicionam espessura, enquanto os probióticos adicionam a acidez para que o iogurte não acabe parecendo uma manteiga de castanhas. O resultado final é um iogurte grosso e cremoso, com um sabor prazerosamente leve.

Ingredientes:

Instruções:

  1. Coloque as castanhas em uma tigela larga e despeje água morna o suficiente para cobrir (aproximadamente 2,5cm acima das castanhas). Deixe as castanhas de molho por pelo menos 8 horas, ou, de preferência, até o dia seguinte.
  2. Deixe as cascas de psyllium de molho em ½ xícara de água e, depois, coloque-as em um liquidificador junto com as castanhas.
  3. Adicione ½ xícara de água e o xarope de bordo no liquidificador.
  4. Bata as castanhas de caju até que fiquem macias e cremosas.
  5. Coloque as castanhas em uma tigela, abra as cápsulas de probióticos e despeje em cima das castanhas. Mexa tudo levemente, até misturar bem.
  6. Coloque um pano sobre a tigela e coloque a tigela em uma área morna e escura.
  7. Deixe descansar por pelo menos 24 horas. A seguir, prove o iogurte. Primeiro, ele terá um sabor levemente ácido, porém, se deixado por mais tempo, o sabor se tornará mais desenvolvido. Pode-se escolher deixar o iogurte descansando por até 48 horas, dependendo de sua preferência.
  8. Sirva e saboreie.

Sugestões de consumo do iogurte caseiro

Depois que o iogurte caseiro estiver pronto, existem várias ótimas formas de saboreá-lo. Ele pode ser um ótimo lanche se você despejar um pouco de mel ou uma geleia caseira por cima. Um pouco do iogurte pode ser colocado em uma tigela de aveia ou misturado a uma vitamina para mais proteínas no café da manhã. Para opções mais elaboradas, o iogurte de caju pode ser coberto com aveia, frutas frescas e chocolate amargo, criando um parfait. Por não ser doce demais, este iogurte é bem versátil. Misturar um pouco de iogurte com curry o deixará rico e cremoso, e misturar alguns temperos e suco de limão o transformará em um molho para comer com vegetais.

Artigos Relacionados

Ver tudo

Nutrição

Abasteça sua manhã com estas receitas de muffins proteicos

Nutrição

Biscoitos amanteigados fáceis e sem glúten

Nutrição

Um guia para substitutos não-transgênicos para a culinária