beauty2 heart-circle sports-fitness food-nutrition herbs-supplements

8 suplementos para auxiliar o sistema imunológico das crianças

Por Melissa Anzelone, ND

Neste artigo:


Os ambientes das crianças tendem a ter muita porcaria. Desde germes que podem ser pegos no parquinho até toxinas nas tintas de brinquedo e bactérias no almoço da escola. As crianças são expostas a tanta coisa.

Como pais, muitos nos perguntamos o que podemos fazer para reforçar os sistemas imunológicos das crianças.

O que é o sistema imunológico?

O sistema imunológico é uma coleção de tecidos, células e órgãos que nos protegem de qualquer ameaça. Ele funciona incansavelmente todos os dias para nos proteger de vírus, bactérias e outras toxinas.

Muitas correntes científicas acreditam que o corpo tem uma habilidade própria de se regenerar. Todos esses incríveis benefícios vêm do sistema imunológico.

Felizmente, as crianças possuem um sistema de defesa imunológica impressionante – melhor do que a maioria dos adultos! 

Como o sistema imunológico funciona?

Existem duas partes diferentes do sistema imunológico: o inato e o adaptativo. 

O sistema inato não é específico, o que significa que ele mata todas as ameaças sem levar em consideração o que elas são. Um grande exemplo da imunidade inata é a nossa pele. Nossa pele naturalmente produz secreções ácidas. Esse é um mecanismo de defesa. Se uma bactéria ou um vírus cair na pele, o ambiente ácido pode matar o micro-organismo imediatamente.1

Nosso sistema imunológico adaptativo é um pouco mais complicado. Esse é um sistema complexo de células que aprendem a matar ameaças específicas. Por exemplo, da primeira vez que o corpo vê o vírus da gripe, as células aprendem com isso. Elas aprendem qual a aparência do vírus e como atacá-lo. Você só acaba pegando o vírus da gripe e tendo sintomas se estiver debilitado(a) (sem sono, dieta pobre, etc.) Caso contrário, o corpo aprende como matar o vírus apenas entrando em contato com ele. Então, da próxima vez que o vírus da gripe vem visitar, as células específicas são levadas até o local e sabem exatamente como matá-lo.1

Porém, assim como ocorre com qualquer sistema do corpo, às vezes, o sistema imunológico precisa de apoio.

Abordagens naturais para reforçar o sistema imunológico

Os pais podem reforçar os sistemas imunológicos das crianças e deles mesmos com remédios naturais, à medida que as famílias pensam em como lidar com o novo normal e em como isso afetará a volta às aulas das crianças.

Pesquisadores estudaram várias ervas, suplementos e vitaminas para determinar se elas podem promover um sistema imunológico saudável.

‌‌‌‌1. Vitamina D – promove a saúde dos ossos e do sistema imunológico

A vitamina D é uma das quatro vitaminas lipossolúveis importantes para o corpo (as outras são as vitaminas AE e K). A vitamina D é obtida principalmente em fontes alimentares: alimentos, suplementos e, com a ajuda da luz do sol, no seu próprio corpo. Quando você combina o colesterol e a luz UV do sol, você obtém vitamina D. Algumas fontes alimentares incluem peixes gordurosos, como sardinhas e alguns cogumelos. Laticínios como o leite costumam ser fortificados com vitamina D, da mesma forma que outros alimentos processados, como os cereais.2

Essa vitamina possui alguns papéis muito importantes no corpo, incluindo auxiliar a saúde dos ossos e do sistema imunológico. A respeito da suplementação de vitamina D, pesquisadores descobriram que essa vitamina pode melhorar a função dos glóbulos brancos, que nos protegem de vírus e outros patógenos.2

É importante manter a vitamina D em um nível normal, pois a deficiência desse nutriente pode nos deixar mais suscetíveis a doenças, como infecções do trato respiratório superior, incluindo gripe e asma.3

‌‌‌‌2. Zinco – auxilia a glândula timo

O zinco é um dos minerais mais comuns do corpo e possui mais de 100 papéis, incluindo agir como um cofator para muitas vias metabólicas essenciais.4,5

Um dos papéis mais importantes do zinco é reforçar o sistema imunológico. Esse mineral essencial age como um cofator, que ajuda as enzimas a criarem o fator tímico, que estimula a função da glândula timo. A glândula timo é o segredo para a "educação" do nosso sistema imunológico. Ela diz aos nossos glóbulos brancos, chamados de células T, o que "combater" e o que ignorar. Essa "educação" ocorre muito cedo na vida e impede que o corpo ataque a si mesmo, permitindo que os glóbulos brancos só ataquem vírus e outros patógenos.5,6

O zinco está disponível em muitas formas, incluindo comprimidos, cápsulas e pastilhas.

‌‌‌‌3. Vitamina C – a chave para a imunidade

A vitamina C é a vitamina na qual muitas pessoas pensam quando se fala em "reforço imunológico". Esse composto hidrossolúvel é a chave para o funcionamento do nosso sistema imunológico.

Por exemplo, essa vitamina pode ser a chave para auxiliar barreiras físicas contra infecções, como nossa pele. Ela também pode ajudar muitas células imunológicas a "comer" e "destruir" agentes infecciosos. Especificamente, ela ajuda as células imunológicas a gerarem oxidantes, que são agentes químicos que as células imunológicas usam para matar vírus/bactérias.7

A vitamina C, de forma similar ao zinco, também tem um papel na "educação" do nosso sistema imunológico. Ela ajuda a "ensinar" as células imunológicas sobre quem são os vilões. Então, essas células "lembrar" e combatem os vilões mais facilmente no futuro.7

Pesquisas também indicaram o uso da vitamina C para ajudar a prevenir infecções no futuro, ou de forma profilática.7

‌‌‌‌4. Extrato de sabugueiro – antiviral e bactericida

O sabugueiro, ou Sambucus nigra, é uma planta identificada principalmente por seus frutos escuros e agrupados. O sabugueiro é conhecido por suas propriedades antivirais e bactericidas.8,9

O sabugueiro também é rico em vitaminas e minerais, incluindo vitaminas do complexo B (conhecidas por auxiliar o sistema imunológico), além de zinco e magnésio. Outros componentes incluem antioxidantes conhecidos por combater patógenos como vírus e bactérias.10

Algumas pesquisas mostraram que tomar o extrato de sabugueiro pode reduzir a duração de um resfriado.10

‌‌‌‌5. Curcumina – combate inflamações

A curcumina, ou Curcuma longa, é um extrato derivado do popular tempero açafrão-da-terra. Suas principais ações são reforçar a saúde do sistema imunológico e agir como um antioxidante.

As propriedades de reforço da imunidade da curcumina estão na teoria de que ela pode se "comunicar" com as células imunológicas, dizendo a elas para reduzirem suas propriedades inflamatórias (o que evita o desperdício de células imunológicas e energia em locais em que não são necessários) para que o corpo possa se concentrar nas áreas necessárias. Um exemplo de área necessária é quando você corta o dedo abrindo um envelope.11

‌‌‌‌6. Equinácea – um poderoso antioxidante 

A equinácea é uma planta da família da margarida. Assim como a vitamina C, a equinácea é outro remédio popular para o sistema imunológico. Dentre as várias espécies diferentes de equinácea, a mais comum é a Echinacea purpura.1

Essa poderosa planta possui muitas propriedades, incluindo o estímulo das partes inatas e adaptativas do sistema imunológica, além de ser antioxidante, antiviral e bactericida.1

A equinácea possui muitas formas, incluindo pastilhas, comprimidos, cápsulas mastigáveis, pílulas e chás.

‌‌7. Raiz de alcaçuz – ajuda os macrófagos

A raiz de alcaçuz é outra planta cujo componente ativo é chamado de glicirriza.11 Esse agente químico é parte da raiz de alcaçuz que, segundo teorias, pode auxiliar o sistema imunológico.

Além de partes específicas do sistema imunológico, células imunológicas especializadas também realizam diferentes funções. Uma dessas células é conhecida como macrófago.

Um macrófago é um tipo de célula imunológica, parte do sistema inato, que "engole" qualquer coisa que poderia prejudicar o corpo. 

O composto glicirriza funciona estimulando esses macrófagos, que podem engolir qualquer vírus ou bactéria (ou qualquer coisa prejudicial) em que entram em contato.

‌‌‌‌8. Alho – um tempero estimulante da imunidade

O alho é um tempero e um alimento popular utilizado em muitos tipos de culinária. Esse alimento semelhante à cebola é usado de muitas formas, incluindo como planta/alimento, pó seco, pedaços liofilizados, dentes preservados em óleo, óleos e cápsulas.

Propõe-se que essa planta tenha propriedades de reforço do sistema imunológico e que possa auxiliar as células inatas e adaptativas, incluindo macrófagos e linfócitos. Esse suporte pode ajudar essas células a serem "eliminadoras" melhores de qualquer vírus/bactéria.12

Referências:

  1. Catanzaro M, Corsini E, Rosini M, Racchi M, Lanni C. Immunomodulators Inspired by Nature: A Review on Curcumin and Echinacea. Molecules. 2018;23(11):2778. Published 2018 Oct 26. doi:10.3390/molecules23112778
  2. Prietl B, Treiber G, Pieber TR, Amrein K. Vitamin D and immune function. Nutrients. 2013;5(7):2502-2521. Published 2013 Jul 5. doi:10.3390/nu5072502
  3. Ali NS, Nanji K. A Review on the Role of Vitamin D in Asthma. Cureus. 2017;9(5):e1288. Published 2017 May 29. doi:10.7759/cureus.1288
  4. Saper RB, Rash R. Zinc: an essential micronutrient. Am Fam Physician. 2009;79(9):768-772.
  5. King JC. Zinc. In: Shils ME, Shike M, editors. Modern Nutrition in Health and Disease. 10. Philadelphia, Pa: Lippincott Williams & Wilkins; 2006. pp. 271-285.
  6. Wessels I, Maywald M, Rink L. Zinc as a Gatekeeper of Immune Function. Nutrients. 2017;9(12):1286. Published 2017 Nov 25. doi:10.3390/nu9121286
  7. Carr AC, Maggini S. Vitamin C and Immune Function. Nutrients. 2017;9(11):1211. Published 2017 Nov 3. doi:10.3390/nu9111211
  8. Krawitz C, Mraheil MA, Stein M, et al. Inhibitory activity of a standardized elderberry liquid extract against clinically-relevant human respiratory bacterial pathogens and influenza A and B viruses. BMC Complement Altern Med. 2011;11:16. Published 2011 Feb 25. doi:10.1186/1472-6882-11-16
  9. Roschek B Jr, Fink RC, McMichael MD, Li D, Alberte RS. Elderberry flavonoids bind to and prevent H1N1 infection in vitro. Phytochemistry. 2009;70(10):1255-1261. doi:10.1016/j.phytochem.2009.06.003
  10. Tiralongo E, Wee SS, Lea RA. Elderberry Supplementation Reduces Cold Duration and Symptoms in Air-Travellers: A Randomized, Double-Blind Placebo-Controlled Clinical Trial. Nutrients. 2016;8(4):182. Published 2016 Mar 24. doi:10.3390/nu8040182
  11. Liu Z, Zhong JY, Gao EN, Yang H. [Effects of glycyrrhizin acid and licorice flavonoids on LPS-induced cytokines expression in macrophage]. Zhongguo Zhong Yao Za Zhi [China Journal of Chinese Materia Medica]. 2014. 39(19): p. 3841-3845.
  12. Arreola R, Quintero-Fabián S, López-Roa RI, et al. Immunomodulation and anti-inflammatory effects of garlic compounds. J Immunol Res. 2015;2015:401630. doi:10.1155/2015/401630

Artigos Relacionados

Ver tudo

Bem-estar

3 dicas para ajudar a reforçar o sistema imunológico em 24h

Bem-estar

O Que é o Ácido Ascórbico (Vitamina C)? Benefícios, suplementos e muito mais

Bem-estar

Não gosta do sabor do vinagre de sidra de maçã? Veja 6 motivos para experimentar suplementos desse p