header_search header_signed-out header_signed-in header_cart sharefilled circlex circleexclamation iherbleaf
checkoutarrow
BR
O produto foi adicionado ao carrinho
Total:
Desconto:
Junto:
Quantidade:
Cart Total:
Finalizar
Clientes também compraram:
Ajuda 24 horas
beauty2 heart-circle sports-fitness food-nutrition herbs-supplements
Condições

Peptídeos de peixe e pressão arterial

24 Julho 2017

Hipertensão arterial - Abaixe a pressão arterial naturalmente com peptídeos de peixe

A hipertensão arterial mata diretamente mais de 50.000 pessoas nos Estados Unidos a cada ano e contribui diretamente com outras mais de 200.000 mortes. Obviamente este é um GRANDE problema. Compondo a questão, vários medicamentos usados para tratar a hipertensão arterial frequentemente fazem os pacientes se sentirem pior por causa dos efeitos colaterais. Por sorte, há uma incrível nova maneira natural que é tanto segura quanto eficiente para ajudar a reduzir a pressão arterial.

O que são os peptídeos de peixe?

Os peptídeos de peixe são compostos de uma mistura purificada de 9 pequenos peptídeos (proteínas) derivados do músculo do peixe bonito (um membro da família do atum). Este suplemento natural está disponível em lojas de alimentos saudáveis sob o nome de Peptídeos de Peixe PeptAce™. O PeptAce™ é uma forma livre de metais pesados (ex.: chumbo, mercúrio, etc.), pesticidas e outros contaminantes.

Como ele funciona para reduzir a pressão arterial?

Os peptídeos de peixe funcionam para reduzir a pressão arterial ao inibir a ECA (enzima de conversão angiotensina). Esta enzima converte a angiotensina I para a angiotensina II - um componente que aumenta tanto o volume de fluidos e o grau de constrição dos vasos sanguíneos. Se usarmos um modelo de mangueira de jardim para ilustrar a pressão em suas artérias, a formação de angiotensina II seria similar a apertar a mangueira enquanto abre a torneira por completo. Ao inibir a formação deste componente, os peptídeos de peixe relaxam as paredes arteriais e reduzem o volume de fluido e exercem a mais forte inibição de ECA relatada para qualquer substância de ocorrência natural disponível. 1,2

Como os peptídeos de peixe se diferem de outros medicamentos?

Os medicamentos de inibição de ECA estão emergindo como o medicamento preferido para o tratamento da hipertensão arterial. A razão é porque diferente de outros tratamentos com medicamentos (ex.: diuréticos e betabloqueadores) os inibidores de ECA realmente melhoram a função cardíaca e aumentam o fluxo de sangue e oxigênio para o coração, fígado e rins. Este efeito pode explicar porque os inibidores de ECA são as únicas drogas antidepressivas que parecem reduzir o risco de ataques cardíacos. Infelizmente, eles não tem qualquer efeito para reduzir o risco de derrames.

O lado negativo para os inibidores de ECA são os seus efeitos colaterais incluindo o desenvolvimento de tosse seca noturna, tontura, sensação de cabeça leve e dores de cabeça. Os inibidores de ECA também podem causar o acúmulo de potássio e problemas renais, então os níveis de potássio e a função renal deve ser monitorada. E, todos os inibidores de ECA parecem ser capazes de produzir uma grave reação alérgica que pode ser fatal.

Inibidores de ECA, nome genérico (nome da marca):

  • benazepril (Lotensin); captopril (Capoten); captopril/hydrochlorothizaide (Capozide); maleato de enalapril (Vasotec); fosinopril sódico (Monopril); lisinopril (Prinivil, Zestril); quinapril/carbonato de magnésio (Accupril); ramipril (Altace); trandolapril (Mavik)

Os peptídeos de peixe não parecem produzir nenhum efeito colateral de acordo com estudos de segurança humana. A dosagem diária típica é de 1,5 gramas, (ou 3 comprimidos ao dia de Peptídeos de Peixe PeptACE™) mas até em uma dosagem diária de 30 gramas ao dia, nenhum sujeito sofreu nenhum efeito colateral incluindo a tosse seca noturna tão típica com os medicamentos inibidores de ECA.

Por que os peptídeos de peixe não produzem efeitos colaterais?

A provável razão é que o seu mecanismo de ação para inibir o ECA é diferente do mecanismo dos outros medicamentos. A pesquisa corrobora com esta teoria. Os medicamentos basicamente bloqueiam indiscriminadamente o ECA interferindo com a sua ação enquanto os peptídeos de peixe interagem de maneira muito diferente. O ECA converte a angiotensina I para angiotensina II partindo um pequeno peptídeo. Os medicamentos funcionam bloqueando diretamente esta ação. Os peptídeos de peixe funcionam de maneira diferente.

O ECA na verdade reage com os peptídeos de peixe ao invés da angiotensina. Além de competir com a angiotensina através deste efeito, os peptídeos de peixe são transformados em inibidores ainda mais potentes de ECA. Tecnicamente falando, os peptídeos de peixe são considerados uma “pró-droga”. Este termo é utilizado para descrever substâncias que são convertidas no corpo para componentes mais ativos. Enquanto os peptídeos de peixe demonstraram uma boa inibição de ECA, os transformados exercem uma atividade 800% maior.

Os peptídeos de peixe reduzem a pressão arterial em pessoas com a pressão arterial normal?

Não, porque o único e incrível mecanismo de ação dos peptídeos de peixe não reduzem a pressão arterial em pessoas com a pressão arterial normal - mesmo quando administrado em níveis 20 vezes maiores que os níveis de dosagem que reduzem a pressão arterial em pessoas com hipertensão arterial. Os medicamentos simplesmente não funcionam desta maneira e como resultado frequentemente causam efeitos colaterais quando consumidos em dosagens mais altas.

Existem outros peptídeos de ocorrência natural que inibem o ECA?

Sim, existem outras fontes de peptídeos que demonstraram inibir o ECA incluindo os peptídeos do leite, frango e outros peixes. O que faz um suplemento como os Peptídeos de Peixe PeptACE™ único e superior a estes outros é que enquanto os outros demonstram atividades em estudos em tubos de ensaio, quando são administrado em animais (ou humanos) eles não são ativados. A diferença parece ser o fato que os peptídeos de peixe são absorvidos intactos quando tomados via oral enquanto os outros são decompostos pelas enzimas digestivas.

Que tipo de efeitos clínicos foram vistos com o PeptAce™?

Três estudos clínicos demonstraram que os produtos de peptídeos de peixe PeptACE™ exercem efeitos significantes de redução da pressão arterial em pessoas com hipertensão arterial.2-4 O material parece ser eficiente em cerca de dois terços das pessoas com hipertensão - cerca da mesma porcentagem que muitos medicamentos de prescrição.

(OBSERVAÇÃO: As pessoas que não responderem ao PeptACE™ após um teste de dois meses devem tentar o Extrato de Semente de Aipo [discutido abaixo]). O grau de redução da pressão arterial nestes estudos foi bem significativo, tipicamente reduzindo a sistólica em pelo menos 10 mmHg e a diastólica em 7 mmHg em pessoas com hipertensão leve e aguda. Melhores reduções serão vistas em pessoas com as leituras de pressão arterial iniciais mais altas.

Qual é a dosagem adequada?

A dosagem típica é de três cápsulas de 500 mg ao dia. Nenhum efeito colateral foi relatado nos estudos clínicos e um estudo seguro não demonstrou efeito colateral algum com dosagens tão altas quanto 30 g ao dia. O PeptACE™ não afeta a pressão arterial em pessoas sem hipertensão.

O que mais uma pessoa deve fazer para reduzir a pressão arterial?

Assim como outras doenças degenerativas incluindo a aterosclerose, o desenvolvimento da hipertensão arterial é intimamente relacionado a fatores de estilo de vida e dieta. Algum dos importantes fatores de estilo de vida que podem causar a hipertensão arterial incluem o estresse, falta de exercícios e o fumo. Alguns dos fatores alimentares incluem: obesidade, alta proporção de sódio para potássio; dieta com pouca fibra e rica em açúcar; consumo de muita gordura saturada e pouco ácido graxo ômega-3; e uma dieta pobre em cálcio, magnésio e vitamina C.

Alimentos especiais para pessoas com hipertensão arterial incluem o aipo, alho e cebolas, nozes e sementes ou os seus óleos para o seu conteúdo essencial de ácidos graxos, peixes de água fria (salmão, cavala, etc.) ou produtos de óleo de peixe com EPA e DHA concentrados, verduras verdes por suas ricas fontes de cálcio e magnésio, grãos integrais e legumes por sua fibra e alimentos ricos em vitamina C como o brócolis e as frutas cítricas.

O Extrato de semente de aipo é frequentemente uma companhia importante para um produto como o PeptACE™. Ele contém uma substância - 3-n-butilftalídeo (3nB) - que também pode reduzir a pressão arterial. Em animais, uma quantidade muito pequena de 3nB reduziu a pressão arterial em 12 a 14%.5 3nB parece ajudar a reduzir a pressão arterial agindo como um diurético e vasodilatador de maneira similar aos medicamentos conhecidos como bloqueadores de canal de cálcio. A dose de Extrato de semente de aipo é baseada no nível de 3nB. Para o extrato padronizado para conter 85% de 3nB a dose recomendada é de 150 mg ao dia.

O alho e as cebolas também são alimentos importantes para reduzir a pressão arterial. Além disto, tomar um suplemento de alho que fornece pelo menos 4.000 mcg de alicina ao dia pode também ser benéfico. 6. Qualquer um com pressão arterial alta deve consumir também uma fórmula multivitamínica e mineral de alta potência para garantir os níveis ideais de nutrientes chave, especialmente o magnésio.

Eu posso tomar o PeptACE™ se fizer uso de um medicamento para reduzir a pressão arterial?

Sim. Não existem efeitos adversos com o PeptACE™ incluindo reações adversas de medicamentos. O PeptACE™ não irá reduzir a pressão arterial abaixo da faixa normal mesmo em pessoas que façam uso de medicamentos para reduzir a pressão arterial.

Eu devo parar de tomar meus medicamentos para reduzir a pressão arterial e mudar para o PepACE™?

Não. Não pare de tomar nenhum medicamento a menos que recomendado pelo seu médico. O PeptACE™ pode ser usado junto com o seu medicamento. Se apropriado, após duas semanas de uso o seu médico pode reduzir a dosagem do seu medicamento com base na estabilização do pressão arterial na faixa normal.

Comentários finais:

A hipertensão arterial não deve ser encarada levianamente. Ao manter a sua pressão arterial na faixa normal, você pode não só aumentar a sua vida, mas também a qualidade dela. Esta declaração é especialmente verdade se medidas naturais forem utilizadas ao invés de medicamentos para alcançar a pressão arterial adequada.

Referências:

  1. Fujita H,Yoshikawa M. LKPNM: a prodrug-type ACE-inhibitory peptide derived from fish protein.
    Immunopharmacology 1999;44:123-7.
  2. Fujita H,Yamagami T, Ohshima K. Effect of an ace-inhibitory agent, katuobishi oligopeptide, in the spontaneously
    hypertensive rat and in borderline and mildly hypertensive subjects. Nutr Res 2001;21:1149-58.
  3. Fujita H,Yasumoto R, Hasegawa M, Ohshima K. Antihypertensive activity of “Katsuobushi Oligopeptide” in hypertensive
    and borderline hypertensive subjects. Jpn Pharmacol Ther 1997;25:147-51.
  4. Fujita H,Yasumoto R, Hasegawa M, Ohshima K. Antihypertensive activity of “Katsuobushi Oligopeptide” in hypertensive
    and borderline hypertensive subjects. Jpn Pharmacol Ther 1997;25:153-7.
  5. Tsi D and Tan BKH: Cardiovascular pharmacology of 3-n-butylphthalide in spontaneously hypertensive rats.
    Phytotherapy Research 1997;11:576-82.
  6. Silagy CA, Neil AW. A meta-analysis of the effect of garlic on blood pressure. J Hypertens 1994;12:463-8.

Artigos Relacionados

Ver tudo

Condições

15 formas de se manter saudável ao viajar com diabetes

Condições

Como viajar com hipertensão

Condições

Abordagens naturais para melhorar os níveis de testosterona masculina