beauty2 heart-circle sports-fitness food-nutrition herbs-supplements
Beleza

A Conexão Colágeno

27 Abril 2017

Esta proteína pouco reconhecida desempenha um papel fundamental em nos manter juntos - literalmente

A proteína mais abundante no corpo humano, o colágeno também é o componente principal do tecido conectivo, como tendões, ligamentos, cartilagem, ossos e vasos sanguíneos.

Conforme envelhecemos, a estrutura de suporte da pele (conhecida como derme), rica em colágeno, sofre mudanças. A atividade dos fibroblastos – células responsáveis pela produção de colágeno – torna-se mais lenta, levando a mudanças que fazem com que a pele pareça envelhecida.

A produção de colágeno em nossas articulações também se torna mais lenta com a idade, o que pode causar a osteoartrite. Além disso, baixos níveis de colágeno nos ossos é um fator determinante da osteoporose. A quantidade de colágeno determina o número de “pontos de ligação mineral entre os ossos.” Se o teor de colágeno for baixo, os ossos se tornam mais quebradiços e o risco de fratura aumenta dramaticamente.

Aumentando os Níveis de Colágeno

Para combater o problema dos níveis decrescentes de colágeno, precisamos aumentar a atividade das células produtoras dessa substância. Uma das melhores maneiras de fazer isso é pelo uso de um tipo especial de sílica – o ácido ortosilícico estabilizado em colina (choline stabilized orthosilicic acid, ChOSA). Em um estudo, mulheres com sinais de envelhecimento da pele que ingeriram 10 mg de ChOSA diariamente experimentaram melhora de 30 por cento nos traços finos, aumento de 55 por cento na elasticidade da pele e redução de unhas e fios de cabelo quebradiços.

O ChOSA também demonstrou vantagens na promoção da saúde óssea. Segundo um detalhado estudo em dupla ocultação de mulheres na pós-menopausa com baixa densidade óssea, o ChOSA foi capaz de aumentar o teor de colágeno dos ossos em 22 por cento e aumentar a densidade óssea em 2 por cento. A dosagem diária típica é de 6–10 mg.

Os Flavonoides são Cruciais

Flavonoides são pigmentos de plantas que auxiliam a manter níveis saudáveis de colágeno. Especialmente benéficos são os pigmentos azuis ou roxos - antocianidinas e PCOs (abreviação de proanthocyanidin oligomers (proantocianidinas oligoméricas)) - encontrados em uvas, mirtilos e extratos da casca de pinheiro e semente de uva. Entre os seus benefícios:

  • Eles possuem a capacidade de formar ligações cruzadas entre as fibras do colágeno, reforçando a formação natural de ligações cruzadas que constitui a matriz colágena do tecido conectivo.
  • Eles inibem a destruição de estruturas colágenas pelas enzimas que os glóbulos brancos secretam durante inflamações.

Para tirar proveito desses flavonoides, aumente o seu consumo de bagas com coloração intensa e outras frutas. Além disso, para obter auxílio geral, suplemente a sua dieta com um extrato rico em PCOs, como por exemplo o de semente de uva ou o de casca de pinheiro (50– 150 mg por dia).

Artigos Relacionados

Ver tudo

Beleza

Melhore a aparência e a saúde com produtos de beleza orgânicos

Beleza

Alternativas ao retinol para peles sensíveis

Beleza

Como escolher o desinfetante para as mãos correto