beauty2 heart-circle sports-fitness food-nutrition herbs-supplements
Bem-estar

Um Guia Rápido Para o Ginkgo Biloba

11 Julho 2018

Extratos feitos das folhas da árvore de ginkgo são alguns dos produtos herbáceos mais populares do mundo. A maioria dos extratos de ginkgo biloba (EGBs) são padronizados para conter 24 por cento de glicosídeos de flavonoides e 6% de terpenoides, pois essa composição é a forma mais pesquisada.

O extrato de ginkgo melhora o fluxo de sangue para o cérebro:

Os EGBs melhoram o fluxo de sangue para o cérebro e melhoram a produção de energia dentro do cérebro, mesmo se o fornecimento de oxigênio for limitado. Esses efeitos podem levar a significativas melhoras nos problemas de insuficiência vascular. Esse problema é extremamente comum dentre os idosos, devido à alta ocorrência de aterosclerose (endurecimento das artérias). Em estudos bem projetados, o EGB demonstrou uma regressão estatisticamente significativa dos principais sintomas da insuficiência vascular cerebral e da redução de desempenho mental. Esses sintomas incluem perda de memória de curto prazo, vertigem, dores de cabeça, zumbido nos ouvidos, falta de cuidados e depressão. A qualidade de pesquisas sobre o EGB para a insuficiência vascular cerebral é comparável a medicamentos aprovados pela FDA.

A insuficiência vascular periférica (claudicação intermitente, doença de Raynaud, etc.): a doença arterial periférica (DAOP) é causada pela mesma placa que contém colesterol e que é responsável pela insuficiência vascular cerebral. Em mais de uma dúzia de estudos duplos-cegos, foi demonstrado que o EGB é uma abordagem efetiva para melhorar o fluxo sanguíneo em pacientes com DAOP. No tratamento de claudicação intermitente (uma doença vascular periférica caracterizada pela dor nas panturrilhas ao andar), não só foram observadas medições drasticamente melhoradas de distância de caminhada sem dor (75% para 110%) e distância máxima de caminhada (52,6% para 119%), como medições de ultrassom também demonstraram melhora no fluxo de sangue pelo membro afetado.

O extrato de ginkgo e a disfunção erétil:

Se a disfunção erétil ocorre devido ao baixo fluxo sanguíneo para o tecido erétil, o EGB pode oferecer ajuda, com base em resultados de estudos duplos-cegos. Em um desses estudos, 60 pacientes com disfunção erétil comprovada receberam um EGB, em uma dose relativamente baixa de 60 miligramas por dia, durante 12 a 18 meses. O fluxo sanguíneo através do pênis foi reavaliado por ultrassom a cada 4 semanas. Os primeiros sinais de melhora no fornecimento de sangue foram vistos depois de 6 a 8 semanas. Depois de 6 meses de terapia, 45% dos pacientes tinha recuperado a potência, enquanto 50% demonstrou significativa melhora na potência e no fluxo sanguíneo. Deve-se notar que os efeitos do ginkgo são mais aparentes com a utilização em longo prazo, e resultados melhores podem ser obtidos com uma dose de 240 mg, ao invés da dosagem de 60 mg por dia utilizada nesse estudo.

O extrato de ginkgo e a demência:

Foi demonstrado que o extrato de ginkgo biloba produz efeitos positivos na função mental em muitos casos de demência (senilidade), incluindo mal de Alzheimer. Foi demonstrado que o EGB melhora a capacidade funcional do cérebro em vários indivíduos. Porém, o EGB parece ter pouco valor para pessoas com mal de Alzheimer estabelecido. Se a causa da demência for a diminuição do fluxo sanguíneo ou a depressão, o EGB é efetivo na produção de alguma melhora.

O extrato de ginkgo e a depressão:

Inicialmente, foi demonstrado que o EGB melhora o humor em estudos duplos-cegos com pacientes que sofrem de insuficiência vascular cerebral. Estudos duplos-cegos adicionais confirmaram os efeitos antidepressivos do EGB. Em um estudo duplo-cego, quarenta indivíduos (com idades entre 51 e 78 anos) diagnosticados com depressão, e que não haviam se beneficiado completamente de medicamentos antidepressivos padrão, receberam 80 miligramas de EGB três vezes por dia ou um placebo. Até o final da oitava semana do estudo, o escore médio total na Escala Hamilton de Depressão caiu de 14 para 4,5 no grupo com o EGB. Em comparação, o grupo com o placebo caiu apenas de 14 para 13.

O extrato de ginkgo e os distúrbios do ouvido interno (vertigem, zumbido, etc.)

Foi demonstrado que o EGB melhora a situação da vertigem causada pela insuficiência cardiovascular. Nos casos de zumbido (barulho no ouvido), os resultados com o EGB em estudos duplos-cegos se devem ao fato de que pessoas com um zumbido de início recente são mais propensas a apresentarem melhora com o EGB, quando comparadas a pessoas que sofreram de zumbido por mais de 3 anos.

Outras aplicações do extrato de ginkgo

Graças aos efeitos gerais do EGB para melhorar a produção de energia, agir como um antioxidante e melhorar o fluxo sanguíneo, existe uma longa lista de outros problemas de saúde em que ele pode ser útil, incluindo propriedades anti-idade, suporte para o fígado e para a desintoxicação, combate ao transtorno do déficit de atenção, à diabetes, ao estresse e à ansiedade e proteção da pele contra os danos do sol.

Extrato de ginkgo: Dosagem comum

A dosagem típica do extrato padronizado de ginkgo, para conter 24 por cento de glicosídeos de flavonas, tem sido de 80 mg três vezes por dia. É difícil encontrar um cronograma de dosagem utilizando outras formas de ginkgo, devido à extrema variedade de princípios ativos na folha seca e nos extratos crus.

Extrato de ginkgo: Possíveis efeitos colaterais

O extrato de ginkgo biloba é extremamente seguro, e os efeitos colaterais são incomuns. Como os efeitos do EGB durante a gravidez e a amamentação ainda não foram suficientemente avaliados, ele não deve ser utilizado durante esses períodos.

Extrato de ginkgo: Interações medicamentosas

Apesar de raro, o EGB pode potencializar os efeitos de medicamentos afinadores do sangue, como Coumadin ® (varfarina), além de possivelmente aumentar os efeitos antiplaquetários de medicamentos como aspirina e Plavix® (clopidogrel).

Artigos Relacionados

Ver tudo

Bem-estar

Embalagens Caseiras Reutilizáveis para Alimentos com Cera de Abelhas

Bem-estar

L-Serina: uma nova abordagem radical para a ELA, o mal de Parkinson e o mal de Alzheimer

Bem-estar

Mude sua saúde carregando suas mitocôndrias