header_search header_signed-out header_signed-in header_cart sharefilled circlex circleexclamation iherbleaf
checkoutarrow
BR
O produto foi adicionado ao carrinho
Total:
Desconto:
Junto:
Quantidade:
Cart Total:
Finalizar
Clientes também compraram:
Ajuda 24 horas
beauty2 heart-circle sports-fitness food-nutrition herbs-supplements
Bem-estar

Extrato de Semente de Aipo e Pressão Sanguínea

5 Julho 2017

O aipo é um membro da família umbelliferous, junto com as cenouras, a salsa e a erva doce. O aipo que vemos hoje se origina do aipo selvagem nativo do Mediterrâneo, onde as suas sementes foram altamente valorizadas como um remédio. Assim como com muitos outros remédios populares, pesquisas modernas estão defendendo o valor medicinal deste vegetal comum. Especificamente, os cientistas estão avaliando o fator curativo mais poderoso do aipo - um componente conhecido como 3-bbutilfalídeo, ou 3nB.

O que é o 3nB?

O 3nB é exclusivo do aipo e é responsável pelas características de sabor e aroma do vegetal. Ele foi descoberto como componente ativo do aipo por pesquisadores que procuravam explicar alguns dos efeitos medicinais do vegetal. O 3nB chamou a atenção científica significante primeiramente quando pesquisadores no Centro Médico da Universidade de Chicago o identificaram como o componente responsável pelo efeito redutor de pressão arterial do aipo.

A pesquisa foi motivada pelo par de um dos pesquisadores que, após comer 100 g de aipo todos os dias por uma semana, observou que sua pressão arterial baixou de 158 por 96 para uma leitura normal de 118 por 82. Estudos animais subsequentes descobriram que uma quantidade muito pequena de 3nB reduziu a pressão arterial em 12 a 14 por cento e também reduziu o colesterol em cerca de 7 por cento.

Como o 3nB abaixa a pressão arterial?

O efeito de redução da pressão arterial do 3nB parece ser resultado de diversos fatores.

A pressão arterial se refere à força com a qual o seu sangue flui pelos seus vasos. A hipertensão arterial normalmente é resultado de fluido demais no seu sangue e vasos sanguíneos inflexíveis ou resistentes. A retenção de sódio (sal) leva a um volume fluídico elevado no sangue, enquanto o endurecimento das artérias e os hormônios liberados durante o estresse levam à perda de flexibilidade ou constrição dos vasos sanguíneos. Se você puser seu polegar sobre uma mangueira de jardim, a pressão contra o seu polegar e a pressão resultante do fluxo de água fora da mangueira pode ser reduzida tanto por fechar a torneira (reduzir o volume fluídico) quanto por deixar mais água fluir para fora da mangueira (dilatar o vaso).

Para tratar a hipertensão arterial, os médicos geralmente prescrevem diuréticos (comprimidos de água) para reduzir o volume fluídico e vasodilatadores para relaxar as artérias para reduzir a resistência do fluxo sanguíneo, ou betabloqueadores para reduzir a ação de bombeamento do coração. O 3nB parece ajudar a reduzir a pressão arterial agindo como um diurético e vasodilatador, bem como funcionando de maneira similar aos medicamentos conhecidos como bloqueadores de canal de cálcio. O 3nB também demonstrou, em estudos com animais e tubos de ensaio, reduzir os níveis de colesterol e reduzir a formação de placas arteriais. Este efeito pode aumentar a elasticidade dos vasos sanguíneos e assim levando a leituras de pressão arterial mais baixas. Além disto, o 3nB parece ter algum efeito em áreas e sistemas do cérebro que controlam a resistência vascular.

O benefício do 3nB no tratamento da hipertensão arterial é aparentemente seguro e o fato de ele ter um mecanismo muito incomum de ação como diurético. A maioria dos diuréticos mudam a taxa de sódio para potássio no sangue e como resultado, perigosos efeitos colaterais podem acontecer devido à potássio ou sódio demais. Em contraste, o 3nB age como um diurético mas não altera a proporção de sódio para potássio no sangue.

Pesquisas sobre o efeito redutor da pressão arterial do aipo e dos extratos de semente de aipo são bem preliminares, mas eu acho que certamente vale a pena experimentá-los, como algumas pessoas notaram reduções significativa em sua pressão arterial. O que as pesquisas provavelmente mostrarão é que algumas pessoas com hipertensão arterial responderão ao extrato de semente de aipo enquanto outras não irão responder. Esta ocorrência não é incomum - médicos lhe dirão que há um fenômeno similar com os medicamentos convencionais usados para a hipertensão arterial.

Outra vantagem real do extrato de semente de aipo sobre as drogas convencionais usadas para a hipertensão arterial é de que as drogas reduzem o fluxo sanguíneo do cérebro. Enquanto este efeito é útil para reduzir a probabilidade de derrame, ele frequentemente faz as pessoas se sentirem cansadas, deprimidas, tontas e esquecidas. O extrato de semente de aipo, por outro lado, demonstrou em estudos com animais não só ajudar a prevenir derrames, mas também a melhorar o fluxo, proteger o cérebro e melhorar a produção de energia cerebral de maneira similar ao extrato de Ginkgo biloba. O extrato de semente de aipo também produziu uma recuperação drástica na função neurológica e cerebral em estudos com animais que estimulam um derrame. Além disto, foi demonstrado que ele aumenta significativamente a expectativa de vida nos animais.

Que outros efeitos foram notados com o 3nB?

O 3nB demonstrou uma tremenda promessa em estudos em animais como um fitonutriente anticancerígeno e apoio para desentoxicação, mas seu uso como um alívio para a dor na artrite, fibromialgia e gota está tomando a maior parte da atenção.

Um extrato de semente de aipo padronizado para conter 85 por cento de 3nB foi avaliado no tratamento de reumatismo - o termo geral usado para dores artríticas e musculares. Neste estudo, a eficácia do 3nB foi avaliada por protocolos clínicos bem estabelecidos usados para medir a efetividade de drogas convencionais em artrites e dores musculares. Estes protocolos permitem medidas objetivas de dores clínicas que podem ser avaliadas estatisticamente e para comparações individuais. Devido à natureza crônica e flutuante do reumatismo, o estudo comparou os resultados com e sem suplementação com 3nB.

Durante o estudo de 12 semanas, 15 sujeitos que sofriam de osteoartrite, osteoporose ou gota receberam 34 mg de extrato de semente de aipo duas vezes ao dia. A dor de cada sujeito foi apresentada por aproximadamente 10 anos de forma remitente ou contínua e isso levou à falta de mobilidade das articulações e dores que impediram continuar com as tarefas domésticas, os hobbies e outras atividades.

Os resultados do estudo foram extremamente positivos e estatisticamente significantes. A chance destes resultados serem devido a um efeito placebo é menor do que uma em 1000. Após três semanas tomando o extrato de semente de aipo, a redução média nas pontuações de dor dos sujeitos foi de 68%, com alguns sujeitos tendo alívio de 100% em sua dor. A maioria dos sujeitos alcançou o máximo do benefício após seis semanas de uso, embora alguns não notaram melhoras com mais uso do extrato. A química do sangue detalhada bem como a avaliação clínica dos sujeitos não demonstraram nenhum efeito colateral. Muitos sujeitos notaram que o extrato de semente de aipo produziu um efeito diurético, mas nenhuma alteração foi notada em seu equilíbrio de sódio e potássio.

Com base nos resultados positivos deste pequeno estudo piloto, um estudo maior com 70 pacientes foi conduzido. Os sujeitos receberam 75 mg de extrato de semente de aipo duas vezes ao dia por três semanas. Em alta dosagem, os sujeitos relataram resultados ainda melhores do que no estudo piloto. Reduções estaticamente e clinicamente significantes foram notadas nas pontuações de dor, mobilidade e qualidade de vida. Novamente, não foi notado nenhum efeito colateral além do efeito diurético sem alteração no equilíbrio de sódio e potássio. O extrato de semente de aipo parece ser particularmente útil para quem sofre de gota, já que o 3nB parece reduzir a produção do ácido úrico que causa gota inibindo a enzima xantina oxidase.

Qual é a dosagem adequada?

Mais de 100.000 pessoas na Austrália usam este extrato de semente de aipo patenteado padronizado a 85% de 3nB sem nenhum relato de efeitos colaterais. A recomendação de dosagem atual, com base nas informações disponíveis de testes bem como experimentos clínicos, são: 

Para o alívio das dores musculares e nas articulações (incluindo dores devido à osteoartrite, artrite reumatoide e fibromialgia): Um comprimido duas a três vezes ao dia.

Para gota: Dois comprimidos duas vezes ao dia. OBSERVAÇÃO: As medidas iniciais de ácido úrico no sangue podem subir em pessoas com gota já que os cristais de ácido úrico começam a dissolver.

Resultados de estudos indicam que desde que o extrato de semente de aipo seja usado, ele mantém a dor afastada. Mas se descontinuado, a dor tende a recorrer.

O quanto eu devo tomar para hipertensão arterial?

A minha recomendação é de consumir oito talos de aipo ao dia ou tomar um extrato de semente de aipo padronizado para conter 85 por cento de 3nB e outros ftalídeos de aipo na dosagem de 75 a 150 mg duas vezes ao dia.

Eu posso tomar o extrato de semente de aipo com drogas anti-inflamatórias convencionais?

Sim. Não parece haver nenhuma reação adversa com as drogas convencionais.

Existe alguma contraindicação?

Já que os efeitos do extrato de semente de aipo não foram avaliados em mulheres grávidas, é geralmente recomendado que não seja usado durante a gravidez ou amamentação. Não há nenhuma outra contraindicação conhecida atualmente. Eu aconselharia como uma recomendação cautelar que pessoas fazendo uso de Coumadina (warfarin) sejam monitoradas de perto por seu médico ao iniciar o uso do extrato de semente de aipo.

Como o 3nB funciona para produzir todos estes benefícios?

Com base em todas as pesquisas existentes, está claro que o 3nB exerce um efeito profundo em muitos sistemas de controle do corpo - principalmente o sistema de prostaglandina. Prostaglandinas são químicos que controlam muitos processos importantes do corpo, incluindo regulagem da inflamação, dor e do inchaço; pressão arterial; e a função do coração, digestiva e dos rins.

 Alguns dos efeitos notados pelo 3nB no sistema de prostaglandina são bem exclusivos. Ao invés de simplesmente inibir a produção de prostaglandinas ao bloquear as enzimas que as produzem - que é o que a aspirina ou inibidores mais caros como aspirinas e Cox-2 fazem - o 3nB parece ajudar a restaurar o equilíbrio no sistema de prostaglandinas. A exata maneira como ela completa isso ainda é um mistério. As empresas farmacêuticas estão pesquisando os efeitos únicos do 3nB para desenvolver drogas que possam ser patenteadas por um bom lucro. Não parece que uma linha de pesquisa seja necessária, no entanto.

Referências:

  1. Le QT and Elliott WJ: Hypotensive and hypocholesterolemic effects of celery oil may be due to BuPh. Clin Res 1991;39:173A.
  2. Tsi D and Tan BKH: Cardiovascular pharmacology of 3-n-butylphthalide in spontaneously hypertensive rats. Phytotherapy Research 1997;11:576-82.
  3. Le QT and Elliott WJ: Dose-response relationship of blood pressure and serum cholesterol to 3-n-butylphthalide, a component of celery oil. Clin Res 1991;39:750A.
  4. Mimura Y, Kobayashi S, Naitoh T, Kimura I and Kimura M:The structure-activity relationship between synthetic butylidenephthalide derivatives regarding the competence and progression
of inhibition in primary cultures proliferation of mouse aorta smooth muscle cells. Biol Pharm Bull 1995;18:1203-6.
  5. Yu SR, Gao NN, Li LL,Wang ZY, Chen Y and Wang WN:The protective effect of 3-butyl phthalide on rat brain cells.Yao Hsueh Hsueh Pao 1988;23:656-61.
  6. Chong ZZ and Feng YP: dl-3-n-butylphthalide improves regional cerebral blood flow after experimental subarachnoid hemorrhage in rats. Chung Kuo Yao Li Hsueh Pao 1999;20:509-
12.
  7. Chong ZZ and Feng YP: dl-3-n-butylphthalide attenuates reperfusion-induced blood-brain barrier damage after focal cerebral ischemia in rats. Chung Kuo Yao Li Hsueh Pao
1999;20:696-700.
  8. Yan CH, Feng YP and Zhang JT: Effects of dl-3-n-butylphthalide on regional cerebral blood flow in right middle cerebral artery occlusion rats. Chung Kuo Yao Li Hsueh Pao
1998;19:117-20.
  9. Lin JF and Feng YP: Effect of dl-3-n-butylphthalide on delayed neuronal damage after focal cerebral ischemia and intrasynaptosomes calcium in rats.Yao Hsueh Hsueh Pao
1996;31:166-70.
  10. Liu XG and Feng YP: Protective effect of dl-3-n-butylphthalide on ischemic neurological damage and abnormal behavior in rats subjected to focal ischemia.Yao Hsueh Hsueh Pao
1995;30:896-903.
  11. Zhang LY and Feng YP: Effect of dl-3-n-butylphthalide (NBP) on life span and neurological deficit in SHRsp rats.Yao Hsueh Hsueh Pao 1996;31:18-23.
  12. Zheng G, Kenney PM, Zhang J and Lam KT: Chemoprevention of benzopyrene-induced forestomach cancer in mice by natural phthalides from celery oil. Nutr Cancer 1993;19:77-86.
  13. Soundararajan S and Daunter B: Ajvine: Pilot biomedical study for pain relief in rheumatic pain. School of Medicine,The University of Queensland, Brisbane, Queensland, Australia, 1991-
92.
  14. Venkat S, Soundararajan S, Daunter B and Madhusudhan S. Use of Ayurvedic medicine in the treatment of rheumatic illness. Department of Orthopaedics, Kovai Medical Center and
Hospitals, Coimbatore, India, 1995. 
  15. Hu D, Huang XX and Feng YP: Effect of dl-3-n-butylphthalide (NBP) on purine metabolites in striatum extracellular fluid in four-vessel occlusion rats.Yao Hsueh Hsueh Pao
1996;31:13-7
  16. Chong ZZ and Feng YP: Effects of dl-3-n-butylphthalide on production of TXB2 and 6-keto-PGF1 alpha in rat brain during focal cerebral ischemia and reperfusion. Chung Kuo Yao Li
Hsueh Pao 1997;18:505-8.

Artigos Relacionados

Ver tudo

Bem-estar

Um guia rápido sobre a luteína e zeaxantina

Bem-estar

Dicas para se manter saudável durante o jet lag

Bem-estar

Mix de óleos essenciais inspirados pelo amor