As fragrâncias parecem algo sensacional para o mundo dos produtos de beleza — quer dizer, quem não quer ficar com os cabelos cheirando como um paraíso tropical? Infelizmente, nem todas as fragrâncias são iguais. Alguns produtos são perfumados com óleos essenciais puros ou compostos sintéticos seguros, enquanto outros usam ingredientes questionáveis sob o termo vago de "fragrância". 

Como uma pessoa que ama produtos para a pele atóxicos e limpos, eu estou aqui para compartilhar minha visão sobre as fragrâncias adicionadas, se elas devem ser todas consideradas ruins e como você pode escolher um aroma que seja seguro para você e para o seu corpo. 

O que é uma Fragrância?

Então, o que exatamente é uma "fragrância"? De acordo com a FDA, o termo fragrância representa uma "combinação de agentes químicos que dá a cada perfume ou colônia (incluindo aqueles usados em outros produtos) seu cheiro característico".

Fragrâncias adicionadas podem ser encontradas em produtos de cuidados pessoais, como xampusaboneteprotetor solardesodoranteloçõesmaquiagem, entre outros. É possível encontrar esses aromas nos rótulos de embalagens como "fragrância", "perfume", "aromatizante", "combinação de óleos essenciais" ou "aroma".

Caso você esteja se perguntando se esses rótulos parecem um pouco genéricos demais, esse é exatamente o problema que muitos clientes têm. A FDA considera as fragrâncias como um "segredo de negócio", o que significa que as marcas não têm a obrigação legal de informar seus ingredientes individualmente nos rótulos. 

Isso causa preocupação em muitas pessoas que querem evitar alérgenos e outros produtos químicos que podem afetar negativamente sua saúde. Essa falta de transparência fez com que muitas marcas conseguissem colocar produtos químicos tóxicos em seus aromas — alguns dos quais foram ligados a casos de câncer, desequilíbrio hormonal, problemas de desenvolvimento, sensibilidades na pele, entre outros. 

Se, assim como eu, você tem a pele sensível, é crucial saber quais fragrâncias estão em seus produtos de beleza. Antes de começar minha jornada atóxica, eu tive vários casos de acne e irritação causados por produtos de pele e de beleza com "fragrâncias" misteriosas. 

Recentemente, eu fiz uma viagem em que tive uma dor de cabeça repentina, causada por produtos para banho com aromatizantes artificiais. Tudo isso serve para mostrar que nunca se sabe onde esses aromas podem estar se escondendo! 

Todas as Fragrâncias são Ruins? 

Talvez você esteja pensando que eu já sou do time "todas as fragrâncias são ruins". Porém, isso não é exatamente verdade! Eu acredito que existem ótimas marcas por aí, com fragrâncias seguras e de aroma refrescante. De fato, existem muitos pontos positivos quando se trata de fragrâncias, como:

  • Sentimento de frescor e limpeza
  • Melhora do humor
  • Aromaterapia
  • Melhora da autoestima
  • Um aroma pessoal distinto, único

Porém, é importante lembrar que existem pontos negativos quando se trata de usar perfumes tóxicos e cheios de produtos químicos, incluindo:

  • Alergias
  • Dores de cabeça
  • Problemas respiratórios 
  • Desequilíbrio hormonal 
  • Concentração ruim 
  • Problemas ambientais 

Ingredientes de Fragrâncias Para Tomar Cuidado 

Com tudo isso em mente, devemos aprender sobre as fragrâncias adicionadas em nossos produtos de beleza e cosméticos favoritos. Porém, como exatamente sabemos o que é bom e o que é ruim? 

Em primeiro lugar, ao comprar um novo produto, sempre leia o rótulo. Se uma marca estiver escondendo seus ingredientes por trás da palavra "fragrância", você tem motivos para se preocupar. 

Na minha opinião, nós temos todo o direito de saber quais ingredientes estão nos produtos que usamos. Algumas marcas podem mostrar sua combinação de fragrâncias com uma lista longa de ingredientes, o que pode parecer alarmante, mas isso não significa necessariamente que eles são "sujos". 

Se uma marca decide ser transparente quanto aos ingredientes de suas fragrâncias, ótimo! Porém, esse é apenas o primeiro passo. A partir daqui, você precisará fazer uma pequena investigação para descobrir se essas fragrâncias são realmente seguras ou não. Quando estiver em dúvida, fique com os produtos livres de fragrâncias. Abaixo, eu listarei alguns dos ingredientes mais tóxicos encontrados em fragrâncias e por que você deve evitá-los por motivos de saúde. 

Ftalatos

Um produto químico encontrado em muitas fragrâncias sintéticas são os ftalatos, que apareceram pela primeira vez nos anos 30 e, desde então, foram usados em uma grande variedade de materiais, desde plásticos de PVC até solventes. 

Se isso já não estiver causando preocupações, um estudo do ano 2000 encontrou níveis anormalmente altos de ftalatos no sangue dos indivíduos testados. Desde então, estudos descobriram que os ftalatos também podem afetar negativamente o sistema reprodutor e levar a casos de asma e alergias. Hoje, é possível encontrar esses produtos desagradáveis não só na sua fragrância favorita, mas também em esmaltes de unhas, tintas, purificadores de ar, velas, vinis, brinquedos de criança, entre outros.

Estireno

De acordo com o CDC, o estireno é um agente químico usado para fazer vários produtos, desde látex até borracha sintética. Alguns produtos do cotidiano em que se pode encontrar estireno incluem embalagens plásticas, copos descartáveis, isolantes e, é claro, fragrâncias!

O National Toxicology Program e o Nation Academy of Science até declararam que o estireno pode ser um carcinogênico humano. Estudos mostram que pessoas expostas a grandes quantidades do produto podem sofrer irritações dos olhos, problemas de respiração e até danos ao sistema nervoso.

Benzaldeído

Se você já sentiu um cheiro agridoce de amêndoas nos seus cosméticos ou produtos de cuidados pessoais, você pode ter sentido o cheiro de um líquido oleoso e incolor conhecido como benzaldeído. Apesar de parecer ter um aroma inocente, ele é definitivamente um composto a ser evitado nas fragrâncias adicionadas. 

Encontrado em perfumes, xampus e produtos para o banho, o benzaldeído é tóxico quando respirado ou quando entra em contato com a pele. Ele não só pode irritar o nariz e a garganta — causando falta de ar e tosse — como também pode causar irritações com coceira na pele e inflamação nos olhos.

Diclorometano

Banido pela FDA em 1989 por seus efeitos tóxicos severos, o diclorometano ainda é encontrado em produtos com rótulos que listam uma "fragrância" como um ingrediente. Ainda é possível encontrá-lo em xampus, perfumes e colônias, entre outro. 

Hoje, ele é conhecido como um dos agentes químicos mais comuns em produtos aromatizados, apesar de poder causar dor de cabeça, fadiga, irritação nos olhos e na pele e danos ao sistema nervoso central.

Acetato de Benzila

Quem não ama o aroma doce e floram do jasmim? Você pode se surpreender ao saber que o aroma de jasmim em alguns dos seus produtos não vem do jasmim, e sim de um éster alifático chamado de acetato de benzila. 

O acetato de benzila e o linalol (outro produto químico para se evitar nas fragrâncias!) são os principais ingredientes usados nos óleos sintéticos de jasmim. É possível encontrar esses compostos em uma variedade de produtos, dentre eles perfumes, xampus, purificadores de ar, detergentes e sprays para cabelo. 

O problema é que ele é um produto carcinogênico ligado ao câncer de pâncreas, além de ser uma substância que pode irritar os olhos e causar problemas respiratórios e tosse. Ele também é absorvido diretamente pela pele, o que pode causar efeitos sistêmicos sérios. 

Cetona Musk

Outro ingrediente sintético prejudicial encontrado em muitas fragrâncias modernas é a cetona musk, também chamada de almíscar cetona. o almíscar é um aroma popular, com um cheiro suave, quente e doce quando combinado a outras fragrâncias adicionadas. O problema? O almíscar que você cheira não é almíscar de verdade. 

A cetona musk, um almíscar sintético, pode ser encontrada na maioria das fragrâncias, pois é muito mais barato de se produzir em relação ao composto real. Algumas pessoas podem apresentar dermatite de contato devido à cetona musk, enquanto outras não sentem nenhum efeito. Porém, isso não significa que ela é segura! 

Substâncias como a cetona musk se acumulam no corpo com o tempo e se depositam na gordura. Nos últimos dez anos, pesquisas mostraram que a cetona musk esteve presente no leite materno, na gordura corporal, no sangue, entre outros. A conclusão? Você não vai querer aspirar essa coisa! 

Fragrâncias de óleos essenciais 

Agora, você deve estar pensando onde os óleos essenciais entram nessa história toda. Eles não são uma opção de fragrância mais segura e saudável? A resposta é sim — principalmente se forem orgânicos! Porém, alguns óleos essenciais podem causar irritação dependendo da pessoa. 

Uma reação comum causada pelos óleos essenciais é a dermatite de contato, que pode ser vista na forma de uma irritação na pele. Alguns óleos essenciais que podem causar dermatite de contato alérgica são:

  • Ilangue-ilangue
  • Capim-limão
  • Canela em pau
  • Melaleuca
  • Jasmim 
  • Bálsamo do Peru
  • Cravo-da-Índia
  • Sândalo 

Pessoalmente, eu amo os óleos essenciais — principalmente nos meus produtos de beleza. Porém, infelizmente, eu tive alguns casos de acne esporádicos com eles. Eu aprendi a sempre testar um produto no antebraço antes de usar em outras áreas do meu corpo. Isso já me salvou do que poderiam ter sido casos sérios de acne.

Considerações Finais Sobre Fragrâncias

As fragrâncias adicionadas podem ser algo ótimo, podendo nos ajudar a ter um cheiro e uma sensação melhor! Porém, algumas fragrâncias podem fazer mais mal do que bem.

Muitas empresas que não são transparentes quanto às fragrâncias usam produtos químicos tóxicos, que podem estar ligados a problemas de saúde — principalmente para pessoas que têm alergias. 

Pelo bem da nossa saúde, eu não acho que deveríamos confiar em qualquer marca que esconda seus ingredientes aromáticos sob o termo geral de "fragrância". Se você está em dúvida sobre um produto que inclui fragrâncias, use uma boa fonte, como o aplicativo ThinkDirty ou o site EWG Skin Deep Database, para ter mais informações sobre a toxicidade do produto. 

Mesmo se você tiver encontrado um óleo essencial ou sintético seguro, eu sempre recomendo fazer um teste em uma parte da pele primeiro para ter certeza de que você não tenha uma reação alérgica. Então, para concluir, nem todas as fragrâncias são prejudiciais, mas pode valer a pena evitar algumas delas!