beauty2 heart-circle sports-fitness food-nutrition herbs-supplements
Beleza

Alternativas ao retinol para peles sensíveis

9 Agosto 2019

Neste texto:

Retinol é uma substância muito popular, frequentemente usada em regimes de cuidados com a pele para ajudar a reduzir o envelhecimento da pele e a acne. Ele é derivado da vitamina A, que é um antioxidante que pode ajudar a reduzir o estresse oxidativo. 

Diz-se também que o retinol aumenta a produção de colágeno, deixa a pele firme e reduz o aparecimento de rugas. Ele ajuda a esfoliar as células da pele e a remover a pele morta, promovendo um novo crescimento. Ele também pode melhorar o tom da pele e ser prescrito por um dermatologista em altas dosagens.

O problema dos séruns de retinol

O uso de cremes de retinol na pele e no rosto pode ter alguns efeitos impressionantes, mas também pode causar reações adversas para peles sensíveis. 

Isso pode deixar a pele seca, vermelha, inflamada ou descamando. Costuma-se sugerir usar o retinol à noite, devido ao efeito colateral comum de pele seca. Muitos produtos instruem os usuários a lavarem o rosto pela manhã e aplicar um hidratante para combater esse efeito. 

Porém, isso também pode causar mais efeitos colaterais se a pessoa tiver muita exposição ao sol. Recomenda-se que as pessoas usem um protetor solar com retinol. Ainda assim, ele pode ser forte demais para pessoas com a pele sensível.

Alguns efeitos colaterais do retinol incluem:

  • Surtos de acne
  • Amolecimento da pele e dor
  • Aparência de pele seca, coçando e descamando

Cuidados com a pele e peles sensíveis

O retinol pode ser usado como um ingrediente em séruns, cremes noturnos, produtos hidratantes diários ou esfoliantes químicos. Esses produtos podem deixar a pele com uma sensação de nova e fresca, mas também podem causar dor, vermelhidão e aumento da sensibilidade. 

Pessoas com peles delicadas, que reagem a produtos ou substâncias químicas prejudiciais, podem não ser capazes de tolerar o retinol. Os efeitos de dor e surto de acne que o retinol pode causar podem ser muito dolorosos e desconfortáveis. Felizmente, para pessoas que têm essa sensibilidade, existem alternativas vegetais ao retinol.

Por que buscar alternativas ao retinol?

Existem muitas opções de produtos de beleza que podem melhorar consideravelmente a saúde da pele. Opções como esfoliantes de açúcar, óleos naturais e hidratantes que contenham antioxidantes podem ser ótimas alternativas aos produtos à base de retinol sem os efeitos colaterais. Pessoas com sensibilidade ao retinol podem substituir muitos produtos de beleza por estas ótimas alternativas.

Alguns dos benefícios das alternativas ao retinol incluem: 

  • Pouco ou nenhum efeito colateral
  • Produtos naturais de cuidados com a pele
  • Preços mais baixos
  • Possibilidade de usar a qualquer hora do dia
  • Possibilidade de ser combinado a outros produtos, para alcançar um equilíbrio na saúde

Betacaroteno

Muitas pessoas conhecem os benefícios do betacaroteno para a saúde dos olhos, mas ele também oferece proteção para a pele, defendendo-a contra os danos causados pela luz UV. Isso significa menos efeitos prejudiciais causados pelas queimaduras solares, além de uma recuperação mais rápida dessas queimaduras.

Ele também é um poderoso antioxidante, ajudando a combater os efeitos do envelhecimento prematuro. No corpo, o betacaroteno é convertido em vitamina A, fornecendo os mesmos benefícios mas com uma abordagem mais natural.

betacaroteno é a substância que cria o pigmento laranja em cenouras, abóboras e abóboras butternut. As pessoas podem obter esse nutriente dos alimentos, como um suplemento ou em produtos de beleza. 

Óleo de rosa mosqueta

O óleo de rosa mosqueta é colhido da roseira depois que ela termina de florescer. Os pequenos frutos têm sido usados por séculos na medicina popular, por muitos motivos. Um uso comum é por suas propriedades anti-inflamatórias, que podem ajudar a promover a cura da pele e os nutrientes necessários para que ela se torne radiante novamente.

Além de seu conteúdo antioxidante , o óleo d rosa mosqueta contém ácidos graxos essenciais, que podem ajudar a reidratar e reparar a pele. Isso pode levar a menos rugas e a um brilho natural do rosto e de todo o corpo. A rosa mosqueta também tem propriedades adstringentes, podendo ajudar a fechar os poros, uniformizar o tom da pele, fortalecer a pele e reduzir a aparência de cicatrizes. 

Óleo de amêndoas

Apesar de poder parecer que o óleo de amêndoas se encaixa melhor em uma salada, muitas pessoas se impressionam com os benefícios que ele pode ter para a pele. Ele é uma escolha popular quando se trata de alternativas naturais para o óleo de massagem, e pode ser adicionado a uma rotina diária de cuidados com a pele. 

As amêndoas são conhecidas por suas propriedades de auxílio à saúde, contendo, principalmente, muitos minerais necessários para a saúde das células. As gorduras essenciais e suas propriedades antioxidante também contribuem para uma pele mais saudável e vibrante. O óleo também tem a capacidade de reduzir círculos escuros e bolsas embaixo dos olhos.

O óleo de amêndoas costuma ser usado por suas propriedades anti-idade, podendo renovar a aparência opaca da pele e ser usado para proteger o corpo contra a luz UV. Ele é facilmente absorvido e é considerado um óleo leve, o que o torna menos propenso a entupir os poros. Ele pode ser um ótimo remédio para a pele seca, podendo ser adicionado a esfoliantes de açúcar para melhorar os benefícios embelezadores.

Óleo de argan

O óleo de argan é uma escolha popular quando se trata de cuidados com a pele e com os cabelos. Ele é feito dos miolos de uma árvore do Marrocos. Para que se aproveite seus benefícios, o óleo puro pode ser aplicado diretamente à pele ou consumido. Ele é frequentemente aplicado a produtos de cuidados com a pele, além de estar disponível na forma de suplemento.

Ele é conhecido por proteger a pele dos danos do sol, lutando até contra o desenvolvimento de distúrbios de pele ligados ao sol. Devido à sua capacidade de combater os danos dos radicais livres, ele também ajuda a prevenir a hiperpigmentação e as queimaduras.

Ele é frequentemente usado como um hidratante de luxo: Graças ao seu conteúdo de vitamina E, ele pode melhorar a retenção de água da pele, combatendo a desidratação crônica. Ele pode ser usado para tratar alguns problemas, como acne, psoríase e rosácea, devido às suas propriedades anti-inflamatórias.

O óleo de argan é uma ótima escolha para peles sensíveis, graças à sua capacidade de aliviar a irritação, a coceira e a vermelhidão. Ele pode ser mais caro que muitas das alternativas desta lista, e pode não ser a melhor opção para pessoas que gostam de fazer seus próprios produtos de beleza. Porém, um óleo de argan de alta qualidade é encontrado em muitos cremes e hidratantes comerciais, para pessoas que preferem um produto pronto.

Óleo de coco

O óleo de coco tem se tornado amplamente popular nos últimos anos, graças a uma variedade de benefícios impressionantes para a saúde. Ele é um produto popular devido à reputação e à versatilidade dos superalimentos. Ele é usado em muitas receitas caseiras, produtos de beleza para o corpo, remédios naturais e deliciosas receitas.

O óleo de coco é reconhecido por sua capacidade de ajudar a melhorar a saúde do cérebro e dos intestinos, mas esse fantástico óleo também é ótimo para produtos de beleza e cuidados com a pele. Ele contém uma combinação única de gorduras, que é excepcional para o tratamento de doenças de pele. 

Como um produto de beleza, o óleo de coco pode melhorar a impermeabilização da pele e a saúde em geral. Ele tem propriedades anti-inflamatórias, antifúngicas e bactericidas, o que o torna uma ótima escolha para tratar a acne em pessoas com sensibilidade à desidratação e à irritação. O óleo de coco também pode servir como um protetor solar leve, então, usá-lo como um hidratante geral pela manhã pode ser uma boa ideia para pessoas que querem proteger o rosto e o corpo dos prejudiciais raios UV. 

O óleo de coco, assim como muitos outros óleos desta lista, também pode ser usado como um suave removedor de maquiagem. Ele ajuda a remover a sujeita e os resíduos de maquiagem enquanto hidrata a pele.

Óleo de vitamina E

Um equívoco comum é achar que a vitamina E é uma só vitamina. Na realidade, ela é um grupo de vitaminas, que trabalham juntas para fornecer poderosos efeitos antioxidantes. O óleo de vitamina E pode ajudar a clarear pontos marrons na pele e a regenerar as células epiteliais. 

O óleo de vitamina E pode aplicado diretamente ou ingerido. Ele também está disponível na forma de suplemento, fornecendo os mesmos benefícios para a saúde dos órgãos internos e dos olhos. Ele pode ajudar a prevenir danos causados pelo sol, reduzir o aparecimento de rugas e dar às pessoas uma aparência mais jovem.

A vitamina E é usada para tratar a pele seca e descamando, ajudando as células a reterem a hidratação e mantendo a pele firme. Ela também é útil na redução da coceira e no tratamento e da eczema. Um uso popular do óleo de vitamina E é por sua capacidade de reduzir a aparência de cicatrizes, devido às suas propriedades hidratantes. 

Fazendo a escolha certa para sua pele

Para as pessoas que têm dificuldades para encontrar os produtos de beleza certos para peles sensíveis, pode ser necessário um pouco de tentativa e erro até que se descubra o equilíbrio ideal de ingredientes. Muitas das alternativas vegetais ao retinol são suaves, mas cada indivíduo pode ter uma reação diferente a essas opções. 

Escolher opções mais leves, como o óleo de amêndoas, pode ser uma boa ideia para se começar, e adicionar outros ingredientes, como vitamina E, pode ajudar as pessoas a tomar mais passos em direção a um regime de cuidados com a pele mais dinâmico e efetivo. Pessoas que incorporam essas alternativas ao retinol devem tomar o cuidado de observar cuidadosamente a pele em busca de reações, e se ajustar de acordo com os resultados. 

Artigos Relacionados

Ver tudo

Beleza

Melhore a aparência e a saúde com produtos de beleza orgânicos

Beleza

Como escolher o desinfetante para as mãos correto

Beleza

Como criar uma rotina de cuidados com a pele para climas mais quentes